Busca

Tag: saúde


19:12 · 20.06.2017 / atualizado às 19:12 · 20.06.2017 por

O procurador da República Adalberto Delgado Neto, do Ministério Público Federal (MPF), vistoriou quatro unidades básicas de saúde (UBS) no município de Crateús. As visitas objetivavam verificar o cumprimento de recomendações feitas em 2014 à Secretaria de Saúde do município, e que, conforme denúncias, não estavam sendo observadas. As recomendações determinavam o controle de ponto dos profissionais de saúde e o fornecimento de certidões para os usuários não atendidos.

Durante a vistoria, constatou-se que os médicos não batiam o ponto eletrônico, bem como nenhum posto de saúde estava apto ao fornecimento de certidões para usuários não-atendidos. Além disso, o procurador ouviu profissionais da saúde e usuários para saber as principais demandas e assim poder cobrar a Secretaria de Saúde do município, tendo em vista que a verba investida na saúde é, em sua grande maioria, de origem federal.

 Apurou-se, em todas as unidades visitadas (Maratoan, CAIC I e CAIC II, Posto dos Venâncios e Curral Velho), que faltam medicamentos e insumos básicos para a prestação adequada do serviço. Também foi falado que os equipamentos demoram muito a serem consertados, gerando dificuldades para os usuários. Os prestadores de saúde ainda reivindicaram a instalação de internet em todos os postos de saúde para que possam executar o Programa de Prontuário Eletrônico, essencial para uma melhor organização do serviço.

De posse dos dados, o procurador Adalberto Neto requisitou uma reunião com a secretária de Saúde do município, Diná Braga Machado, que ainda contou com a presença do representante do Ministério Público Estadual, Lázaro Santana. Na reunião, acordou-se que a Prefeitura cumpriria integralmente as recomendações, bem como agilizaria o processo de compra de medicamentos e insumos.

Entenda –

A vistoria às UBS em Crateús foi realizada para instruir o Procedimento Administrativo de Acompanhamento instaurado ainda em 2015 para fiscalizar o cumprimento das recomendações. Segundo o procurador da República Adalberto Delgado Neto, o procedimento se refere apenas a Crateús, mas em um futuro próximo será estendido para todos os demais municípios abrangidos pela PRM Crateús. São eles: Ararendá, Catunda, Independência, Ipueiras, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa, Novas Russas, Novo Oriente, Poranga e Tamboril.

19:09 · 20.06.2017 / atualizado às 19:09 · 20.06.2017 por

Participar de atividades físicas com regularidade traz benefícios ao organismo, promovendo a prevenção de doenças e a melhoria da qualidade de vida. Pensando nisto, a Secretaria de Saúde e equipes de profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), implantaram nesta segunda-feira, 19 de junho, o projeto “Saúde é vida”.

A ideia é oferecer acompanhamento especializado para as atividades serão desenvolvidas na academia ao ar livre, por meio de orientação de educadores físicos e nutricionistas em horários de maior movimentação.

As aulas do projeto acontecerão de segunda a quinta-feira, nos turnos manhã e noite na Praça Antônio Marques.  Para participar, o morador deverá comparecer nos horários e preencher a ficha a inscrição, além de apresentar a carteira de identidade e Cartão do SUS.

A coordenadora do NASF, Izlia Alencar, reforça o objetivo do projeto em promover melhoria na qualidade de vida da população. “É importante que as pessoas deixem o sedentarismo, melhorem sua qualidade de vida com hábitos e comidas mais saudáveis e prática regular de exercícios, principalmente para a população da terceira idade. Este projeto apresenta vários benefícios”.

A secretária de Saúde de Cedro, Sayonara Mora, explica que a Prefeitura de Cedro vem ampliando os espaços públicos que colaboram como ferramentas de saúde. “É notória a ampliação de espaços de lazer no município, está é uma maneira para que as pessoas possam utilizar seu tempo livre, dedicando-se a prática de atividades variadas e que tragam satisfação para a sua vida”.

10:46 · 14.06.2017 / atualizado às 10:46 · 14.06.2017 por

A Prefeitura de Cedro realiza curso de capacitação para Agentes Comunitários de Saúde (ACS), por meio de parceria com o Centro de Educação Profissional Ivens Dias Branco (Senac). O foco da capacitação é promover a saúde e prevenir doenças através de processos educativos em saúde.

Com carga horária de 400 h/aula e duração de seis meses, o curso promoverá para os profissionais atividades práticas relacionadas à atuação do ACS, tais como: estudos de casos, trabalhos em grupo e simulações de trabalhos de campo na comunidade, propiciando ao estudante o contato ativo e crítico do fazer profissional da área.

Atualmente, o município de Cedro dispõe de 54 Agentes Comunitários de Saúde. Ao todo, 20 profissionais foram selecionados para participarem deste curso, e o critério de seleção esta correlacionado a atuação nas areas aprovadas no último concurso público, realizado em 2014.

A Secretária de Saúde de Cedro, Sayonara Moura, explica que, futuramente, a categoria de ACS’s terá novas atribuições, promovendo a prevenção e o acompanhamento das pessoas que apresentarem riscos. “Atividades como aferição da pressão arterial e medição de glicemia capilar, serão realizadas na visita domiciliar, além de outras atividades. O curso é importante para que agilizar ainda mais o conhecimento nestas áreas”, frisou.

Entre os diversos assuntos do curso, podemos destacar: territorialização, gestantes, crianças, hipertensão, diabetes, pré-natal, hanseníase, tuberculose, entre outros temas que buscam a atualização de conhecimentos em todas as áreas da atenção básica.

De acordo com a presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, Cícera Matos, a iniciativa da gestão municipal em proporcionar qualificação dos profissionais é fundamental para o melhor atendimento à população.

O prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz ressaltou que a qualificação dos profissionais do serviço público é essencial para ampliação e melhor utilização dos seus conhecimentos.

17:27 · 13.06.2017 / atualizado às 17:34 · 13.06.2017 por

Foi realizado, nesta terça-feira, 13, no auditório do Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira, na cidade de Iguatu, a Conferência Municipal de Saúde das Mulheres. O evento em sua primeira edição teve como tema central ‘Saúde da Mulher – desafio para integridade com equidade’.

A Conferência foi promovida pela Prefeitura de Iguatu, SUS e Conselho Municipal de Saúde. Uma das temática abordadas foi ‘O papel do Estado no desenvolvimento socioeconômico e ambiental e seus reflexos na vida e na saúde das mulheres’.

Estudantes e integrantes de conselhos municipais participaram do evento. Francisca Saraiva, do Conselho Municipal de Saúde, destacou a importância do evento, o nível de discussão e as propostas definidas que serão levadas para a conferência estadual.

16:21 · 05.06.2017 / atualizado às 16:44 · 05.06.2017 por

O secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, acaba de anunciar o envio de quatro mil doses de vacina contra a meningite para o município de Parambu. A medida é o início da operação epidemiológica contra a doença que já tem seis casos confirmados na cidade.

A segunda etapa da vacinação acontecerá com o envio de mais sete mil doses da vacina.

O titular da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) esteve na manhã de hoje e início da tarde na cidade de Parambu, acompanhando a situação e reunido com autoridades locais e técnicos da Saúde.

As providências são fruto de uma reunião de emergência realizada, nesta segunda-feira, 5, às sete horas, em Fortaleza, entre o secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, e a equipe de epidemiologistas que acompanha o surgimento dos casos de meningite no município da região dos Inhamuns.

Antes, em contato com o governador Camilo Santana, o deputado Audic Mota, primeiro secretário da Assembleia Legislativa, alertou para a gravidade da situação e a ansiedade popular diante da confirmação dos casos da doença.

Reunião 

Ainda hoje, pela manhã, após o encontro em Fortaleza, o secretário de Saúde foi a Parambu, onde esteve acompanhado do parlamentar  e da deputada, Aderlânia Noronha, lideranças comunitárias e políticas locais.

A Sesa está acompanhando e tomando todas as medidas necessárias desde o mês passado sobre os seis casos de meningite registrados em Parambu.

O encontro ocorreu no auditório da Escola Francisco Alves Teixeira.

Ficou decidido que inicialmente será vacinado o público masculino entre 20 e 49 anos de idade, já a partir desta terça-feira, 6. Serão ofertadas quatro mil doses.

Depois, a mesma quantidade de vacina para o público feminino na mesma faixa etária.

Um paciente está internado em situação estável no Hospital São José, da rede pública do governo do Ceará. O hospital é referência em doenças infecciosas e tratou outros quatro pacientes que vieram de Parambu com meningite. Dois casos levaram a óbito.

A situação configura um aumento inesperado da doença, já que há pelo menos sete anos não havia registro de meningite no município.

OUTRA COBRANÇA 

O deputado estadual Leonardo Araújo (PMDB) comunicou que emitiu um ofício no dia 29 de maio de 2017 destinado ao Secretário de Saúde do Ceará, Henrique Jorge Javi de Sousa, requerendo a adoção de medidas de vigilância, prevenção e controle da meningite em Parambu-CE.

Para Leonardo”é imprescindível que seja realizada uma vacinação comunitária em toda a população de Parambu e que sejam adotadas estratégias de prevenção e medidas educativas para informar a população sobre as formas de contágio e principais sintomas da meningite”, ressaltou.

(Com colaboração de Amaury Alencar)