Busca

Tag: socorro


19:55 · 08.09.2018 / atualizado às 19:56 · 08.09.2018 por

 

Devotos conduzem o andor em procissão. Fotos de Honório Barbosa

Foi encerrada no início da noite deste sábado, 8, após procissão pelas ruas do bairro Prado, na cidade de Iguatu, a festa religiosa dedicada à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Ao final, houve show pirotécnico.

 

Imagem Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Centenas de devotos participaram do novenário, que neste ano teve como temática central ‘Com Nossa Senhora do Perpétuo Socorro somos cristãos, sujeitos na Igreja em saída’.

A festa começou no último dia 30. Na manhã deste sábado, houve missa solene de encerramento às 9 horas na Igreja Matriz. No fim da tarde, procissão com a condução do andor com a santa padroeira, bênção do Santíssimo Sacramento (Jesus eucarístico) e por último queima de fogos de artifício.

O padre João Batista Moreira destacou a intensa participação dos devotos a a fé crescente na mãe de Jesus, Maria, com o título de ‘Nossa Senhora do Perpétuo Socorro’.

 

 

 

18:02 · 01.09.2018 / atualizado às 18:03 · 01.09.2018 por

 

Momento de fé na novena dedicada à padroeira do Prado. Fotos de Honório Barbosa

Os católicos da Paróquia do Prado, na cidade de Iguatu, participam do com fé e devoção dos festejos religiosos dedicados à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O novenário começou no último dia 30 e prossegue até o próximo dia 8, quando haverá missas e procissão com a condução do andor da santa padroeira por ruas do bairro.

Neste ano, o novenário tem como temática central ‘Com Nossa Senhora do Perpétuo Socorro somos cristão, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do reino de Deus”. 

O padre João Batista Moreira, pároco da Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, evidenciou que a festa é bem participativa e atrai a cada noite centenas de devotos. “É um momento rico, de oração, de caminhada e fortalecimento da fé, segundo os ensinamentos de Jesus Cristo”, pontuou.

Na noite deste domingo, 2, haverá leilão popular com prendas e preços tabelados. A programação do novenário inclui novenas, caminhadas pela madrugada em direção aos bairros, missas, leilão e a tradicional procissão.

Celebrantes da novena dedicada à N. Sra. Perpétuo Socorro

 

Participantes da novena – grupos de leigos

12:19 · 08.09.2017 / atualizado às 12:24 · 08.09.2017 por
Missa solene marcou último dia dos festejos dedicados a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro no Prado. Foto de Honório Barbosa

Na manhã desta sexta-feira, 7, foi celebrada missa solene de encerramento da Festa da Padroeira da Paróquia do Prado, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Iguatu. Nove padres participaram da cerimônia religiosa.

A Igreja Matriz esteve lotada de devotos. Logo mais às 17 horas haverá procissão com a condução do andor e a imagem da santa por ruas do bairro Prado.

O pároco, João Batista, destacou a importância das festas religiosas em louvor aos padroeiros. “É um momento de celebrar a Palavra de Deus, renovar e fortalecer a fé”, frisou. “Através dos santos e santas, nos aproximamos ainda mais de Jesus”.

Cariús e Arneiroz também encerram festas de padroeiras 

No âmbito da diocese de Iguatu, as cidades de Cariús e de Arneiroz também têm programação religiosa nesta sexta-feira, de encerramento de festas religiosas. Cariús celebra Nossa Senhora Auxiliadora e Arneiroz, Nossa Senhora da Paz.

 

11:33 · 04.09.2017 / atualizado às 11:33 · 04.09.2017 por

Católicos de Iguatu participam da festa religiosa em louvor a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira do paróquia do Prado. O novenário começou no último dia 30 de agosto e prossegue até o próximo dia 8. O tema neste ano é “Com a Virgem Maria, proclamamos as maravilhas de Cristo”. 

A proclamação inclui novenas, caminhadas, missa, leilão, quermesse e procissão, que será realizada no próximo dia 8, no fim da tarde.

O padre João Batista, pároco da Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, disse que a festa está bem participativa. “Observamos um crescimento no número de devotos”, pontuou. “É um crescimento da fé, de aproximação com Jesus Cristo”.

Hoje à noite, o pregador da novena será o padre José Ricardo Pompeu, da paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Orós.

 

 

16:20 · 26.12.2016 / atualizado às 16:21 · 26.12.2016 por

 

Presépio ocupa quase todo o espaço da capela do Socorro e atrai moradores e visitantes. Foto: HB
Presépio ocupa todo o espaço da Capela do Socorro e atrai moradores e visitantes. Foto: HB

A tradição cristã de montagem de presépio se mantém viva na cidade de Icó graças ao esforço de dois irmãos, Márcio e Marciano Tavares, que há mais de 50 anos montam uma enorme lapinha.

A instalação é feita a cada ano na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada nos fundos da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Expectação, no sítio histórico. A lapinha atrai moradores que diariamente visitam o conjunto de imagens. A atenção está voltada para a presença do Menino Jesus na manjedoura.

Esta cidade apresenta forte religiosidade popular. As festas religiosas atraem milhares de devotos. O presépio instalado na Capela do Socorro é uma mostra desse costume. Embora tenha começado pequeno, há mais de 50 anos, hoje reúne três mil peças, distribuídas num espaço de 30 metros quadrados.

A montagem do presépio foi uma iniciativa do então funcionário público federal, Almério Silva, que faleceu em 1996, aos 72 anos. “Era um homem de forte religiosidade, havia sido seminarista e sentiu a motivação em montar um presépio para homenagear o nascimento de Jesus Cristo”, conta o comerciário e filho adotivo, Marciano Pereira Tavares. “Todos os anos ele se dedicava a fazer a montagem, com gosto e devoção”.

Marciano cresceu vendo a lapinha ser montada. Após a morte do pai adotivo, sentiu-se impulsionado a dar continuidade ao trabalho. “É uma tradição que não pode morrer”, disse. Juntamente com o irmão, Márcio Tavares, manteve o costume. Os dois trabalham uma semana na montagem do presépio. “Vale a pena”, disse Marciano. “É um trabalho que dá prazer”.

Funcionamento

O presépio funciona diariamente das 7 às 11 horas e das 17 às 22 horas, mas há dias em que fica aberto até a meia-noite. Atrai os católicos que retornam das novenas em louvor à Padroeira Nossa Senhora da Expectação e ao Senhor do Bonfim, cuja festa começou no último dia 23. Em meio aos milhares de personagens, ecoa no ambiente a voz grave do locutor Cid Moreira, que faz a narração de passagens bíblicas.

O presépio reúne peças variadas. Além dos tradicionais personagens, indispensáveis, dos reis magos e da família sagrada, há camponeses, pastores e milhares de animais de gesso e madeira. Bichos de várias espécies. Réplicas de casarões antigos do Icó, em madeira, compõem o cenário, e dão um toque dos traços do urbanismo local à lapinha.

No teto, estão pendurados dezenas de anjos, bonecos de louças, vindos do Rio de Janeiro. Vestidos com roupas que reluzem a iluminação, as peças dão um toque especial. Representação de lagos, vegetação, pedras e areia formam a paisagem que remete à época do nascimento de Cristo, na antiga cidade de Belém, segundo a tradição cristã.

Há um lago e um chafariz, que remove água no moinho e chama a atenção dos visitantes. O presépio do Icó é um local de adoração ao Menino Jesus. Jovens e idosos, param, olham, rezam, fazem preces, pedidos e agradecimentos. Outros contemplam, simplesmente, mas todos saem com o espírito repleto de paz. “É muito bonito, nos traz um sentimento de paz”, disse a educadora, Eleneuda Souza. “Venho todos os anos e fico admirando”.

19:40 · 08.09.2016 / atualizado às 19:40 · 08.09.2016 por

 

Procissão percorreu ruas do Prado. Foto de Honório Barbosa
Procissão percorreu ruas do Prado. Foto de Honório Barbosa

Católicos na cidade de Iguatu participaram no início da noite desta quinta-feira, 8, da procissão que assinou o encerramento da Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Prado, na cidade de Iguatu.

O tema do novenário deste ano foi ‘Com Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, sejamos misericordiosos como o Pai”. Os festejos começaram no último dia 30 de agosto e o encerramento ocorreu na noite desta quinta-feira, 8.

O padre João Batista, pároco da Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e o bispo da diocese de Iguatu, dom Édson de Castro Homem, participaram da caminhada com a condução do andor com a imagem da santa padroeira da paróquia do Prado.

22:33 · 08.09.2015 / atualizado às 22:33 · 08.09.2015 por
Imagem da santa foi conduzida em andor pelas ruas do bairro. Foto:HB
Imagem da santa foi conduzida em andor pelas ruas do bairro. Foto:HB

Católicos participaram no fim da tarde desta terça-feira, 8, da procissão de encerramento dos festejos religiosos em louvor a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Prado, em Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará.
Um grupo de fieis conduziu o andor com a imagem da padroeira da Paróquia do Prado pelas ruas do bairro. Uma multidão seguiu em caminhada, que durou quase duas horas.
Ao final, houve bênção do Santíssimo Sacramento, na praça dos Redentoristas.
O novenário foi participativo, superando a expectativa, segundo o pároco Afonso Queiroga.
Pela manhã, às 9 horas, o bispo emérito da diocese de Iguatu, dom José Mauro Ramalho presidiu missa solene do novenário.

12:16 · 08.09.2014 / atualizado às 12:17 · 08.09.2014 por

 

IMG_3056 - CopiaParóquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro encerra festejos nesta segunda-feira, dia 8. Pela manhã foram celebradas duas missas, às 6 horas, presidida pelo bispo dom João Costa; e às 9 horas pelo bispo emérito dom José Mauro Ramalho.

A partir das 17 horas haverá a tradicional procissão com a condução do andor da santa padroeira. Cerca de três mil pessoas devem participar da caminhada. No encerramento, haverá a bênção do Santíssimo Sacramento em ato campal, no entorno da Igreja Matriz, na Praça dos Redentoristas.

O padre Afonso Queiroga ressaltou as comemorações dos 50 anos da paróquia. “A festa religiosa neste ano está ligada ao Jubileu de Ouro, de fundação da paróquia”, ressaltou.   

09:41 · 06.09.2014 / atualizado às 09:41 · 06.09.2014 por
Devoção e fé no novenário. Foto: Honório Barbosa
Devoção e fé no novenário. Foto: Honório Barbosa

A Paróquia do Prado, na cidade de Iguatu, promove o novenário em louvor a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Neste ano, a festa religiosa assina o Jubileu de Ouro, 50 anos de criação da paróquia.

O tema da festa religiosa é ‘Unidos a Cristo Videira, para produzirmos frutos como verdadeiros discípulos’.  

De acordo com o pároco, padre Afonso Queiroga, a festa está bem participativa e animada. “Todas as noites a Igreja está lotada de devotos e a quermesse com programação social atrai um bom número de pessoas”, disse. “São 50 anos de evangelização, de pregação da fé na comunidade local”.

O quadro original com o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi resgatado e agora está exposto em uma moldura de vidro e madeira, na Igreja.

Hoje (sábado) acontece o leilão, após a celebração da novena. Nesta segunda-feira, dia 8, é o encerramento da festa religiosa com celebração de missas pela manhã. Às 6 horas será presidida pelo bispo dom João Costa e às 9 horas, pelo bispo emérito dom José Mauro Ramalho.

No fim da tarde, a partir das 17 horas haverá procissão pelas ruas dos bairros Prado e Santo Antonio. Depois da caminhada, bênção do Santíssimo Sacramento.

21:43 · 08.09.2013 / atualizado às 21:51 · 08.09.2013 por

Procissão com andor da santa padroeira atraiu milhares de fiéis. Foto: HB
Procissão com andor da santa padroeira atraiu milhares de fiéis. Foto: HB

     Com fé e entusiasmo, católicos celebraram na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul o novenário em louvor à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Prado.

      No fim da tarde e início da noite deste domingo, milhares de devotos saíram em procissão pelas ruas do bairro Prado, conduzindo o andor da santa padroeira. Depois houve bênção do Santíssimo Sacramento.  

A festa foi coordenadora pelo padre Afonso Queiroga, vigário geral da diocese de Iguatu. A programação incluiu novenas, caminhadas, missa, procissão, quermesse e leilão.

A festa religiosa começou no último dia 30 e prosseguiu até hoje. O padre Queiroga disse que a celebração festa representa um momento de crescimento na fé, de devoção aos santos, de confraternização entre os devotos e uma oportunidade de ampliar laços afetivos de amizade. “É uma festa antiga, que começou mesmo antes da antiga capelinha e marca a vida religiosa dos moradores da paróquia”.

Na manhã de hoje, às 9 horas, foi celebrada missão solene de encerramento dos festejos.