+Design

Categoria: artesanato


12:26 · 04.08.2018 / atualizado às 12:26 · 04.08.2018 por

A 8ª edição da mostra 100% DESIGN, traz a exposição das rendas cearenses, o espaço que leva a assinatura da arquiteta Mirian Bastos, tem a intensão foi mostrar de uma forma simples e autoexplicativa as rendas que são produzidas no Ceará, de forma sutil, contando um pouco da história das rendas que são Crochê, Recheliux , Labirinto, Filé e Renda de Bilro, com texto informativo, assim como a exposição de peças inteiras como um tecido e outas peças já finalizadas como vestidos, toalhas de mesa, panos de bandeja para que o visitante conseguisse destingir os produtos. A intensão da cor laranja no ambiente, foi a de remeter um pouco a cor da terra do sertão onde geralmente as rendas são produzidas pelas rendeiras, o espaço ficou clean para que as peças fossem destacadas, mas com personalidade, também foi pensada uma circulação livre e banquinhos em madeira e couro para que os visitantes pudessem apreciar esse trabalho tão rico e único que são as rendas do Ceara!

Pesquisa e texto: Omar de Albuquerque   Fotos: Diário do Nordeste.

 

23:56 · 19.02.2018 / atualizado às 23:56 · 19.02.2018 por

A mistura de cerâmica com papel, criou a técnica de uma cerâmica inovadora e contemporânea. Suas formas e cores vivas dão vida a coleção de objetos decorativos “Cartocci” ou “rolo de papel” em português.

 

Durante a última edição da Maison e Objet, evento de decoração internacional que acontece nos arredores de Paris, a artista plástica italiana, Paola Paronetto lançou a coleção “ O Cartocci”. São objetos emoldurados feitos em cerâmicas e técnicas de papel machê, dando assim uma nova expressão a esse tipo de objeto de decoração.

Os novos trabalhos de Paola Paronetto misturam recipientes e conteúdos, fazendo vasos e garrafas que se cruzam, formando quadros e formas inusitados. As composições qualificadas desses objetos são de fato recebidas como inovação para o uso dessa técnica aplicada.

A esta nova fase de sua produção, Paola Paronetto adiciona outras mudanças em termos de cores e proporções. Poesia infinita em pesquisa em argila de papel – uma técnica que mistura diferentes materiais de papel com argila, resultando nessa criativa coleção de objetos decorativos.

Paola Paronetto é um ceramista capaz de combinar perfeitamente novidade e continuidade, inovação estética e tradição da arte antiga da cerâmica. Ela nunca parou de desenvolver sua pesquisa e aperfeiçoar suas habilidades artísticas, atualmente preferindo a técnica de argila de papel, através de sua particular sensibilidade e criatividade feminina, criando objetos que atendem e antecipam novas tendências no design contemporâneo. Assim, nascem trabalhos ricos em uma forte personalidade expressada através dos materiais mais diversos, desde porcelana até argila de papel. A produção artesanal com um delicado sabor moderno varia desde a arte e o objeto puramente decorativo de vários tipos para o objeto de uso diário do nosso cotidiano.

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque      Fotos: Sabine Schweigert assessoria

 

11:31 · 29.12.2017 / atualizado às 11:31 · 29.12.2017 por

A Associação de Artesãs de Apiaí ajuda as famílias da comunidade do Vale do Ribeira a melhorar sua qualidade de vida com seu trabalho. A coleção Apiaí, com produtos de cerâmica feitos à mão pelas mulheres da Associação de Artesãs de Apiaí, localizada no alto do Vale do Ribeira. Os itens da linha Apiaí possuem funções que vão além de decorar ambientes. Por serem feitos com tratamento especial,  podendo ter contato desde o fogo ou forno tradicional até o fogão de lenha. Além disso, a linha conta com a brasilidade e sabedoria de uma arte passada de mãe para filha há mais de 200 anos. Confira os produtos que estão disponíveis na coleção.

Pesquisa e texto: Omar de Albuquerque   Fotos:  MktMix Assessoria de Comunicação

 

12:35 · 11.12.2017 / atualizado às 12:35 · 11.12.2017 por

Pedras naturais são o DNA da artista Graziela Dias, a designer desenha móveis e peças de design para a decoração da casa que são verdadeiras joias da decoração.

Quando pensamos em peças de decoração produzidas com pedras naturais, logo o que vem à mente é a ideia de objetos frios e com possibilidades limitadas de design. Essa é uma imagem ultrapassada, pois as pedras naturais se integram às diferentes linguagens do design, aliando linhas retas e curvas sinuosas numa fluidez sofisticada. A designer Graziela Dias entende como ninguém dessa façanha, pois desenvolve móveis com pedras que variam de gemas de ágata, ametista, citrino ao cristal de rocha, conhecendo assim o desenvolvimento de uma peça sempre pela pedra. A ideia é valorizar e evidenciar a beleza do material natural, seu desenho e sua cor. A gaúcha, que comanda o estúdio GD, em Porto Alegre no Rio Grande do Sul, desenvolve mesas, abajures, arandelas, aparadores de livros, bandejas, quadros, entre outras coisas, com pedras semipreciosas. Tudo misturado a materiais nobres como a madeira, o metal e o acrílico. O processo de criação passa por diversos artesãos antes de chegar à fase final, e cada artesão é especializado em um tipo de material. O caminho das pedras, literalmente, segundo a artista, se deu quando saiu de Porto Alegre, em 2011, para uma temporada em Londres. Uma época, já tinha em mente fazer algo diferente, e em Londres, começou a fazer short courses voltados para mercado de luxo. Durante esse período que ela chama de “detox”, se dedicou a leituras dos mais variados assuntos, principalmente nas áreas de decoração e design. E, durante suas andanças pela Europa e Estados Unidos, visitando antiquários e lojas-boutique de decoração, chamavam sua atenção as peças de design que continham pedras ou, simplesmente, as pedras brutas sendo comercializadas. E para a sua surpresa, a origem das pedras e a resposta sempre era a mesma: “From Brazil”.

De volta em terras brasileiras, após constatar o valor da matéria-prima do Brasil no exterior, partiu em uma verdadeira expedição pelas Brasil a foral em busca de fornecedores e também para entender o processo de extração das pedras e seus beneficiamentos. Para desenvolver seus produtos, a artista seleciona pessoalmente o material natural para cada criação. Seu critério é bater o olho e amar. É o desenho da natureza na lâmina de ágata, o brilho quando tem geodo. É surreal o que a natureza cria.

Contato: www.grazieladias.com.br

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque   Fotos: Mariana Amaral Comunicação

 

 

17:28 · 07.02.2017 / atualizado às 17:28 · 07.02.2017 por

A arte e a arquitetura da cidade de Icó no Ceará, estampadas em trabalhos de artesãs cearenses em ponto cruz. É o design aliado a arquitetura ao artesanato e a arte local. O sertão do Nordeste nos reservas gratas surpresas, como no caso do município de Icó, localizado no sertão central do Estado do Ceará, possui um conjunto arquitetônico e urbanístico tombado pelo Iphan, desde 1998. A cidade foi a primeira a receber este tipo de tombamento no estado. O conjunto de fachadas de casas de arquitetura popular, concentradas em pontos principais da cidade com aproximadamente, 320 imóveis, já foi considerado o melhor da arquitetura do Ceará. Os ricos desenhos dos azulejos portugueses, aplicadas como revestimentos nas fachadas das casas em estilo colonial, sinalizavam o status social das famílias mais abastardas da cidade. Foi influenciado pelos ricos desenhos desses azulejos portugueses que o designer cearense, com formação em Londres, Érico Gondim, desenvolveu um trabalho de pesquisa iconográfica, unindo o design ao artesanato, assim conseguiu resgatar para o trabalho elementos da arquitetura histórica da cidade de Icó.

Para criar uma identidade aos produtos de tapeçaria. Os azulejos portugueses, foco do trabalho, hoje patrimônio cultural brasileiro, foram adaptados para o ponto cruz em produtos como a tapeçaria. Érico Gondim contou com o apoio do Sebrae e a colaboração de duas artesãs da comunidade local, Dona Maria Soares e Vivalda Souza. Foram desenvolvidos produtos como; Almofadas, tapetes, jogos de mesa e Suplat, dentre outros, hoje expostos e a venda em locais como A Ceart (Centro de artesanato) em Fortaleza. O resultado final do trabalho, expõe duas riquezas locais, nossa arquitetura nem sempre reverenciada, e principalmente o delicado trabalho de rendeiras e artesãs cearenses que tão bem representam nossa arte e identidade local.

 

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque   Fotos: Érico Gomdin

 

01:16 · 26.07.2016 / atualizado às 01:16 · 26.07.2016 por

Um dos inúmeros destaques da feira Abimad desse ano foram os vasos e Adornos em cerâmica de cerâmica  terracota em forma de bonecos e outros formatos inusitados, como essa cabeça de mulher que serve de cachepô para vasos de plantas, no caso as coloridas pimenteiras, que deram um efeito criativo e alegre ao vaso, como se fosse cabelos produzidos na cabeça de mulher. Os adornos e Vasos em terracota são da empresa Wharehouse.

Vaso em ceramica com pimenta 2 baixa

Vaso de ceramica com pimenta baixa

Adornos e forma de bonecos terracota baixa

Vaso em ceramica 2 baixa

Pesquisa, textos e fotos: Omar de Albuquerque

 

 

11:50 · 23.11.2015 / atualizado às 11:50 · 23.11.2015 por

A Ceart, centro de artesanato do Ceará, como já virou tradição, lançou nesse mês de Novembro a sua linha de produtos para decoração natalina, são peças de artesanato feitas por artesões de diversas regiões do estado do Ceará que podem ser usados para montar mesas natalinas como para a própria decoração de natal, os itens vão de árvores, bolas, estrelas, jogos e centros de mesas. Em todas as criações dos artesões são usadas matéria-prima como fibras naturais, cipó, rendas, bordados, madeiras e garrafas recicladas, tornando a decoração exclusiva e única. A Ceart fica nos quadriláteros das Carlos Vasconcelos,  Monsenhor Bruno e Avenida Santos Dumont. Também conhecida como praça Luíza Távora. 

Natal Ceart 1

Natal Ceart 2

Natal Ceart 3

Natal Ceart 4

Natal Ceart 5

Pesquisa, textos e Fotos: Omar de Albuquerque

08:07 · 01.06.2015 / atualizado às 08:11 · 01.06.2015 por

Que tal ter um jardim particular que você possa levar consigo mesma? A ideia do designer é envolver o ser humano cada fez mais com a natureza, criando micros jardins em forma de bijuterias. São brincos, pulseiras, anéis e pingentes que sempre levam um elemento da natureza como matéria-prima principal, que vai da madeira a uma planta, ou até mesmo a água. A coleção completa de peças únicas está nas fotos abaixo.
Bijur de Plantas 1
Bijur de Plantas 2
Bijur de Plantas 3
Bijur de Plantas 4
Bijur de Plantas 5
Bijur de Plantas 6
Bijur de Plantas 7
Bijur de Plantas 8
Bijur de Plantas 9
Bijur de Plantas 10
Bijur de Plantas 11
Bijur de Plantas 12

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque Fotos: http://dangerzone40.livejournal.com/

00:11 · 28.04.2015 / atualizado às 00:11 · 28.04.2015 por

 

A notícia que mais se lê sobre no universo do design é da parceria entre o artesão cearense e os top designers brasileiros Fernando e Hugo Campanas. Os irmãos campanas estiveram no atelier de Espedito Seleiro na cidade de Nova Olinda, na região do Cariri, e acabaram firmando uma parceria que resultou em uma coleção de móveis, exposta no Salão de Design de Milão na Última semana. Aqui em Fortaleza a arte de Espedito Seleiro aplicada em móveis e acessórios, pode ser vista na Exposição 100% DESIGN Cearense, em cartaz no Stand de vendas do BS DESIGN. AS peças foram gentilmente cedidas pela Ceart (Centro de artesanato do Ceará).

 

Gibão e cadeiras feitas por Espedito Seleiro em exposição na 100% DESIGN Cearense.
Gibão e cadeiras feitas por Espedito Seleiro em exposição na 100% DESIGN Cearense.
Detalhe do Gibão de couro.
Detalhe do Gibão de couro.
Cadeira criado pelas designers Campanas em parceria com Espedito Seleiro, exposta no Salão de Milão 2015.
Cadeira criado pelas designers Campanas em parceria com Espedito Seleiro, exposta no Salão de Milão 2015.
Detalhe do trabalho artesanal do artesão cearense da região do Cariri.
Detalhe do trabalho artesanal do artesão cearense da região do Cariri.

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque  Fotos: Divulgação e Iratuã Freitas

 

00:31 · 23.04.2015 / atualizado às 00:34 · 23.04.2015 por

Essa dica foi pescada no site da empresa HP Impressoras, no mundo de ideias da HP. A ideia é bem simples e ao mesmo tempo divertida e colorida. São recortes de silhuetas de diversos animais como Cães, gatos entre outros felinos. O resultado é bem divertido, dá até para fazer uma espécie de catalogação dos livros através das cores dos recordes. O site foi além da dica bacaninha, pois ainda disponibilizou os moldes para os recortes que também vamos disponibiliza-los para download aqui no blog.

Recortes 1

Escolha as cores das folhas de papel.
Escolha as cores das folhas de papel para impressão.

Recortes 3

Recortes 4

Recortes 5

 

Links dos moldes para download.

Pesquisa e texto: Omar de Albuquerque   Fotos e download: Site HP para o Lar.

 

 

Pesquisar

+Design

Tudo sobre design, arquitetura, interiores e decoração.
Posts Recentes

01h10mMini Adegas

11h10mPorcelana Da Villa

11h10mDesign Office

11h10mVaranda Iguatemi

10h09mCasa Niemeyer

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs