+Design

Categoria: paisagismo


10:38 · 01.12.2015 / atualizado às 10:38 · 01.12.2015 por

Quem vê os belos jardins com plantas exuberantes por toda a cidade de Fortaleza não imagina o trabalho de elaboração e os profissionais envolvidos para o planejamento e a execução desses espaços de contemplação. O arquiteto e paisagista Salomão Nogueira é o responsável por boa parte da autoria de grandes projetos de paisagismo por todo o estado do Ceará. Paisagista que responde pela empresa Jardins da Cidade que tem no seu portfólio a execução do Jardim Japonês localizado na avenida Beira Mar de Fortaleza. O espaço que antes era uma simples ladeira revestida de grama foi transformado em uma exuberante praça que hoje serve de contemplação do mar e do pôr do sol. Entre plantas exóticas, jardins verticais de plantas tropicais e espelho D’Água que caem feito cascatas, o jardim japonês se destaca por ser um projeto de paisagismo temático, já que homenageia a cultura japonesa. Salomão Nogueira é arquiteto, urbanista e paisagista com pós-graduação em gestão ambiental, residiu na cidade de Kanazawa no Japão onde estudou paisagismo, por isso, todos os seus projetos sofrem influências da cultura japonesa e oriental em geral, onde é cultuado elementos naturais como, madeira, pedras ornamentais, espelhos D’água e um bem planejado projeto de iluminação. Atualmente é professor universitário, onde passa aos futuros arquitetos e paisagistas todo o seu conhecimento sobre o assunto. Recentemente Salomão projetou o paisagismo internos do novo SPA do Hotel Gran Marquise, onde o seu ponto alto são os musgos permanentes aplicados como revestimentos nas paredes e os vasos Vietnamitas, que dão um colorido a parte na decoração.

Croqui original do projeto do Jardim Japonês localizado na Avenida Beira Mar de fortaleza. O projeto e a execução foram bancados pelo Ministério do Turismo.
Croqui original do projeto do Jardim Japonês localizado na Avenida Beira Mar de fortaleza. O projeto e a execução foram bancados pelo Ministério do Turismo.
Jardim Japonês 1
Jardim Japonês 2

Jardins da Cidade 1

Paisagismo do SPA Gran Marquise 1
Paisagismo do SPA Gran Marquise 1
Paisagismo do SPA Gran Marquise 2.
Paisagismo do SPA Gran Marquise 2.

 

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque

 

 

02:21 · 10.11.2015 / atualizado às 02:21 · 10.11.2015 por

Muitos estudiosos acreditam que o ar possa está mais pesado e poluído dentro de uma casa do que mesmo na rua. Uma das formas de amenizar ou mesmo acabar com a poluição interna de um ambiente fechado, além da substituição dos produtos de limpeza industrializado que em geral existem no mercado para fazerem essa tarefa de despoluir o ar seria o uso de plantas que tem essa função natural. As plantas rompem as barreiras do paisagismo e da decoração e entram na sua causa com um propósito mais nobre, são os efeitos terapêuticos e outras beneficias que uma planta pode trazer a um ambiente. São muitos seus benéficos, basta que se uso da planta certa para cada propósito. Essas plantas podem fazer o papel de purificadores naturais do ar, com índices de qualidade do ar sempre tão críticos, ambientes bem ventilados também têm quantidade razoável de resíduos químicos, e ai que entra o efeito purificante de uma planta no ambiente. Mesmo em ambientes que não recebam muita ventilação natural e exposição de luz solar como escritórios e outros ambientes corporativos, é possível cultivar determinadas espécies que ajudem a reduzir a toxidade. Ainda ajuda a filtrar poluentes derivados de pinturas e produtos químicos usados na limpeza por exemplo. Por outro lado, o efeito terapêutico de uma planta em um ambiente frio e sem vida pode ter o efeito de amenizar processos de depressão. Há quem acredite também nos efeitos repelentes, que afastam más energias e mal olhado, existem determinadas plantas que já fazem parte de um folclore popular, como: Comigo ninguém pode, espada de São Jorge e Arruda, na dúvida não custa nada tentar, no mínimo teremos casas com toque de natureza e o ar mais purificado.

Espada de São Jorge: Muito boa na absorção de óxidos de nitrogênio.
Espada de São Jorge: Muito boa na absorção de óxidos de nitrogênio.
Ficus benjamina, a planta mais popular no mundo, pelo seu fácil manuseio.
Ficus benjamina, a planta mais popular no mundo, pelo seu fácil manuseio.
Palmeira Areca ou palmeira Bambu: Uma das melhores plantas de purificação e limpeza do ar em geral.
Palmeira Areca ou palmeira Bambu: Uma das melhores plantas de purificação e limpeza do ar em geral.
Planta Aranha, ideal para eliminar o monóxido de carbono e outras toxinas e impurezas.
Planta Aranha, ideal para eliminar o monóxido de carbono e outras toxinas e impurezas.
Samambaias, sempre foram as plantas queridinha dos decoradores na decoração.
Samambaias, sempre foram as plantas queridinha dos decoradores na decoração.

Samabaias-na-decoração-de-festas

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque  Fotos: divulgação.

 

00:27 · 02.07.2015 / atualizado às 00:27 · 02.07.2015 por

Coletor Eco Fusion é um reservatório super charmoso e com design diferenciado para coleta de água, conectado diretamente na calha. Pensando na proteção da sua família, vem com uma tela de aço que impede a entrada de insetos e qualquer tipo de sujeira que esteja na água.  Além disso, o vaso possui uma tampa que serve de cachepot para vasos pequenos, em cores clássicas, um mimo para as casas! O Eco Vaso é fabricado em resina de polietileno e tem capacidade de armazenamento de 120 litros de água. A água armazenada pode ser reutilizada para rega de hortas, jardins e lavagem de áreas externas. Uma novidade que está decorando o Shopping Garden de São paulo.

Coletor Eco Fusion1 baixa

Coletor Eco Fusion2 baixa

Coletor Eco Fusion3 baixa

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque   Fotos: Divulgação/ assessoria de imprensa

10:30 · 08.06.2015 / atualizado às 10:30 · 08.06.2015 por

Todos os encantos da região chamaram a atenção dos empresários e também praticante de esportes náuticos, A primeira ideia dos idealizadores do Coloso Lake Lounge, foi aproveitar a lagoa para a prática de esportes aquáticos, mais especificamente o wakeboard. O lugar paradisíaco localiza no coração da cidade, no bairro Edson Queiroz acabou atraindo outros os tipos de frequentadores, já que o lounge proporciona baladas e uma boa gastronomia nos finais de semana. A decoração com referências asiática é o ponto alto do espaço, que foi todo projetado ao ar livre. Todas as peças, esculturas, objetos, luminárias e móveis vieram de Bali, da índia e do Oriente Médio. Com destaque para um Buda de aproximadamente uma tonelada, que fica na área de acesso aos toaletes. O projeto conta com espaços amplos, referências na arquitetura indiana e com toques asiáticos, aliado ao clima tropical. Executado em local único e privilegiado em plena capital cearense com bases na sustentabilidade ecológica, respeito pela cultura local, colocando sempre como princípio a harmonia com a natureza. Os espaços garantem aconchego e privacidade, com sofisticação e absoluto conforto. Por se tratar de um equipamento total planejado em uma área externa, o paisagismo impera e se integra as belezas naturais da Lagoa. Pode se perceber facilmente especiais de plantas nativas em abundância, além de complementos de plantas com o buganvileas que dão um colorido especial a entrada, na lagoa, uma grande quantidade de vitória Regias florando botões de flores brancas arrematam o exuberante paisagismo do local.

Fortaleza 20 de agosto de 2014. Lagoa do Colosso,paisagismo.

Zoeira

Zoeira

Zoeira

Zoeira

Zoeira

Zoeira

Zoeira

Fortaleza 20 de agosto de 2014. Lagoa do Colosso,paisagismo.

 

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque    Fotos: Erika Fonseca/ Diário do Nordeste

 

 

00:37 · 20.02.2015 / atualizado às 00:37 · 20.02.2015 por

Para quem gosto de paisagismo e tem espaço em casa, a ideia de ter um lago ornamentando no jardim é uma ideia “refrescante” e mais do que bem-vinda. E se esse lago fosse feito por você? A ideia seria também econômica, já que os custos que você teria, seriam somente de materiais para executá-lo. São técnicas caseiras, fáceis que não requer muito trabalho nem mesmo ferramentas profissionais. Basta um pouco de boa vontade, e claro! De criatividade e a escolha dos elementos certos para finalizar o lago, como: Pedras, plantas aquáticas e peixes ornamentais, por que não! Eles vão dá um colorido a mais no seu laguinho. Siga as instruções do vídeo, que também indica o uso de cada material para cada etapa, e bom trabalho!

YouTube Preview Image

 

00:19 · 21.01.2015 / atualizado às 00:19 · 21.01.2015 por

O uso de arvores e plantas artificiais são cada vez mais utilizadas em decorações de ambientes internos ou mesmo externos, principalmente em casos onde a manutenção das plantas ficam cada vez mais difíceis. O paisagismo artificial dispõe de opções de arvores e plantas que substituem sem nenhuma diferença as plantas naturais na questão do visual. As opções disponíveis no mercado vão de arvores como palmeiras, coqueiros ou bananeiras em amanho e escala natural, com espécies que usam até o troco de materiais orgânicos como raspas de madeira e tear natural de fibra de coqueiro, somente as folhas são feitas em tecidos de seda ou silicone, o efeito é bem semelhante de uma arvore natural. A beleza está nos pequenos detalhes dos artefatos, tais como a textura dos troncos, os tons de cores das flores, e o tamanho e forma de cada uma das folhas, seguindo à risca a semelhança da sua espécie. Não existem regras nesse uso nesse tipo de paisagismo, muito menos um padrão de arvore que podem ser misturadas entre as plantas naturais e artificiais, essas principalmente para ambiente que não dispõe de sistemas de irrigações e manutenções. As arvores artificiais fazem toda a diferença em qualquer decoração e paisagismo, seja comercial ou residencial, principalmente pela facilidade da falta de manutenção e irrigação que elas proporcionam.

Um velho conhecido, o fícus, também recebeu sua versão artificial, sendo o troco natural e suas folhagens em tecido de seda ou silicone.
Um velho conhecido, o fícus, também recebeu sua versão artificial, sendo o troco natural e suas folhagens em tecido de seda ou silicone.
Bambu Mossô, muito usado por decoradores em decorações clean e paisagismo orientais.
Bambu Mossô, muito usado por decoradores em decorações clean e paisagismo orientais.
Cachepôs com buchinhos de material plástico, também podem ser usados na decoração da sala.
Cachepôs com buchinhos de material plástico, também podem ser usados na decoração da sala.
Buchinhos em vasos altos.
Buchinhos em vasos altos.
Palmeira anã podada.
Palmeira anã podada.
Diversividade de especies de plantas artificiais.
Diversividade de especies de plantas artificiais.
Plantas diversas 2
Plantas diversas 2
Bananeiras em tamanho natural, devido a grande semelhança a bananeira natural, pode até ser confundida com uma.
Bananeiras em tamanho natural, devido a grande semelhança a bananeira natural, pode até ser confundida com uma.
Plantas tipo palmeias artificiais 2
Plantas tipo palmeias artificiais 2
Palmeira Fênix, Tamareira Anã, facilidade no uso em qualquer espaço, devido ao seu tamanho compacto.
Palmeira Fênix, Tamareira Anã, facilidade no uso em qualquer espaço, devido ao seu tamanho compacto.

 

Serviço:  As lojas Manix Flores e decorações dispõem de uma linha de arvores em espécies e tamanhos diversos.

Loja Manix Bairro de Fátima: (85) 3452-6827 e Bairro Cocó: (85) 34526831

Textos e pesquisa: Omar de Albuquerque    Fotos: www.espacomanix.com.br

01:18 · 05.12.2014 / atualizado às 01:18 · 05.12.2014 por

Como de costume, vamos mostra mais uma curiosidade de uma criação de design, o design em destaque.A forma é inusitada, assim como seu uso e utilidade, de primeira vista não dá para definir se é um objeto, uma lâmpada ou um jardim no melhor estilo oriental bonsai. A coleção Domsai, são peças de vidro soprados em forma de cúpulas no lugar da cabeça, já o corpo é feito em material sintético com acabamento brilhante que lembra uma louça. O resultado são obras bem interessantes e bacanas, assinadas pelo designer Matteo Cibic.

Domsai 1 + DESIGN

Domsai 2 + DESIGN

Domsai 3+ DESIGN

Domsai 4 + DESIGN

Domsai dourado + DESIGN 6

Domsai 5 + DESIGN

Domsai 7 + DESIGN

 

Pesquisa e texto: Omar de Albuquerque    Fotos: http://www.visualnews.com/

10:45 · 07.10.2014 / atualizado às 10:45 · 07.10.2014 por

O paisagismo sempre está ligado a espaços abertos como jardins de casas, fachadas de edifícios ou varandas de apartamentos, onde em geral são os locais mais prazerosos e aconchegantes para o convívio familiar ou mesmo para receber amigos. A maior novidade do momento em termos de paisagismo, são os jardins verticais, que fugiram totalmente das regras e são montados em hall de entradas, salas e quartos. Não existem regras nesse novo conceito de paisagismo, muito menos um padrão de plantas que podem ser feitos de plantas naturais e artificiais, essas já são as mais procuradas, principalmente para ambiente que não dispõe de sistemas de irrigações e manutenções. Basta uma parede disponível para que os jardins subam as paredes cheios de charme, clorofilas e gás carbônico, e façam toda a diferença em qualquer decoração, seja comercial ou residencial.

Especies de cactos concentrados em estrutura de madeira.
Especies de cactos concentrados em estrutura de madeira.
Parede divisora de ambientes totalmente forrada de samambaias, devido à localização da TV, foram usadas plantas artificiais.
A parede do restaurante foi totalmente revestida com diversas espécies de plantas rasteiras e de pequeno porte. O paisagismo somado a iluminação resultou em um efeito surpreendente.
Parede divisora de ambientes totalmente forrada de samambaias, devido à localização da TV, foram usadas plantas artificiais.
Parede divisora de ambientes totalmente forrada de samambaias, devido à localização da TV, foram usadas plantas artificiais.
Jardins verticais, trazendo a natureza para ambientes internos.
Jardins verticais, trazendo a natureza para ambientes internos.
Divisória tipo jardim vertical, com estrutura de madeira em torras e plantas trepadeiras coloridas.
Divisória tipo jardim vertical, com estrutura de madeira em torras e plantas trepadeiras coloridas.
Coluna transformada em jardim vertical de folhagens e orquídeas artificiais. E  Estrutura sanfonada de bambu com folhas de parreira. Peças individuais de até dois metros, fáceis de serem montadas.
Coluna transformada em jardim vertical de folhagens e orquídeas artificiais. E estrutura sanfonada de bambu com folhas de parreira. Peças individuais de até dois metros, fáceis de serem montadas.

Serviço:  As lojas Manix Flores e decorações dispõem de uma linha de folhagens, flores e uma equipe de montagem delivery, que deixam o jardim totalmente montado em casa. Loja Manix Bairro de Fátima: (85) 3452-6827 e Bairro Cocó: (85) 34526831

 

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque  Fotos: www.cemporcentodesig.com.br

00:24 · 12.09.2014 / atualizado às 00:24 · 12.09.2014 por

Nas minhas eternas buscas por jardins inusitado, me deparei com essa junção de paisagismo com móveis de estilo clássico. O designer Sidney Viana, customizou cadeiras clássicas, tipo medalhão, que resultou nesse paisagismo fantástico, fetos diretamente no acento das cadeiras. A vegetação foi todo pensada em musgos e cactos, plantas que não precisam ser regadas sempre, facilitando assim a manutenção, e  aumentando a durabilidade do jardim. A ideia genial pode ser usada tanto em áreas internas e externas como se vê nas fotos.

Duas cadeiras clássicos com desenhos diferenciados uma da outra, transformada em um belo jardim.
Duas cadeiras clássicos com desenhos diferenciados uma da outra, transformada em um belo jardim.
Jardim inusitado, usado em área externa.
Jardim inusitado, usado em área externa.
Mini jardim para mesa.
Mini jardim para mesa.

Jardim inusitado Sidney

Os jardins inusitados, criado pelo designer Sidney Viana, estão expostos na loja Reforma e arte

e podem ser feitos sobre encomenda. Rua Vicente Linhares, 1218 – Fone: (85) 3224-5841

 

Pequisa textos e fotos: Omar de Albuquerque

00:14 · 24.07.2014 / atualizado às 00:14 · 24.07.2014 por

Hoje vamos fazer um culto a natureza e a criatividade, expondo alguns exemplos de jardins inusitados, aproveitando a onda do ecologicamente corretor, fazendo um reaproveitamento básico de objetos que não tem mais utilidade em casa. Um Móvel de época, um cabide sem utilidade, uma escada encostada e algumas plantas bonitas. Juntando tudo deu nesses jardins inusitados e criativo que pode recepcionar seus Convidados no hall de entrada ou na varanda de qualquer apartamento, fazendo bonito com todo charme e elegância.

A velha comoda em estilo chipandelle, recebeu algumas plantas de diversas especie e acessórios de metal para pendurar outras plantas.
A velha comoda em estilo chipandelle, recebeu algumas plantas de diversas especie e acessórios de metal para pendurar outras plantas.

 

Algumas conchas e alguma plantinhas e ervas, e está feito o mini-jardim da cozinha, lindo e útil na hora de cozinha.
Algumas conchas e alguma plantinhas e ervas, e está feito o mini-jardim da cozinha, lindo e útil na hora de cozinha.
Micros-jardins feitos dentro de vidros de lampadas escandescentes.
Micros-jardins feitos dentro de vidros de lampadas escandescentes.
A peça parece um soco inglês, mas na verdade é um anel com mini plantação de musgos.
A peça parece um soco inglês, mas na verdade é um anel com mini plantação de musgos.
Mias uma ideia para se fazer com lâmpadas escandescentes reaproveitadas, só que dessa vez como cachepô para pequenos arranjos de flores.
Mais uma ideia para fazer com lâmpadas escandescentes reaproveitadas, só que dessa vez como cachepô para pequenos arranjos de flores.

 

Textos e pesquisas: Omar de Albuquerque    Fotos: www.cemporcentodesign.com.br

Pesquisar

+Design

Tudo sobre design, arquitetura, interiores e decoração.
Posts Recentes

01h10mMini Adegas

11h10mPorcelana Da Villa

11h10mDesign Office

11h10mVaranda Iguatemi

10h09mCasa Niemeyer

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs