Busca

Categoria: Esporte


13:36 · 21.07.2015 / atualizado às 13:24 · 22.07.2015 por

Para os papais que trabalham o dia inteiro, uma preocupação surge no mês de julho: onde e com quem deixar a criançada num ambiente sadio e seguro? As colônias de férias são uma ótima opção para preencher o tempo livre dos filhos.

Atividades recreativas e esportivas fazem parte das programações das colônias organizadas por escolas e clubes pela capital.

Batalhão da Diversão

Diversão e saúde na Colônia de Férias do Farias Brito
Diversão e saúde na Colônia de Férias do Farias Brito

Um grito de guerra forte e animado para começar o dia. É assim que as crianças da Colônia de Férias do Colégio Farias Brito iniciam as diversas atividades programadas para a turminha. Atração é o que não falta. Oficina de pipa, cozinha, futebol de sabão, brincadeira na piscina e cama elástica são algumas das atrações que a criançada poderá ter para se divertir durante duas semanas. A colônia funciona em três sedes diferentes, em sistema de turnos ou integral e recebe a garotada de quatro a onze anos. Todas as atividades são acompanhadas por monitores e professores treinados para orientar as brincadeiras.

Para a coordenadora da sede Farias Brito Seis Bocas, Viviane Rissi, a colônia é uma opção segura para os pais que passam o dia no trabalho. “Nós observamos as dificuldades dos pais na hora das férias das crianças. A maioria deles não está em época de férias e acaba não dedicando o tempo necessário para os filhos. As crianças acabam ficando em casa, na frente do videogame, televisão, podendo ficar ociosas. Os pais ficam tranquilos deixando as crianças aqui, já que oferecemos uma programação animada e uma alimentação saudável. Tudo é detalhadamente programado e acompanhado pela nossa equipe”, afirma.

Para Zaira Batista, 7, a colônia de férias traz a oportunidade de rever os coleguinhas de classe e fazer atividades que não conhecia. “Eu acho muito legal. Todos os meus amigos estão aqui e a gente brinca toda hora. O que eu mais gosto é da piscina”, explica.

Raquel Brandao, com a filha Mariana
Raquel Brandão, com a filha Mariana

Raquel Brandão, mãe da pequena Mariana, 4, se rendeu à opção de lazer. “Acho que vale muito. Sempre trago a Mariana e ela adora as atividades. Fico bem tranquila porque sei que ela está segura aqui. A colônia tem uma alimentação regular, acompanhada por um nutricionista. No fim do dia minha filha está cheia de histórias para contar”, revela.

Pé na areia, é hora de brincar

Colônia de Férias do Ari de Sá
Colônia de Férias do Ari de Sá

A Colônia de Férias do Colégio Ari de Sá Cavalcante não mediu esforços para trazer o melhor da diversão para a criançada. Banho de Mangueira, escorrega de sabão, casa dos monstros, escorrega inflável, muita música e até monitor estrangeiro para incentivar a fluência da língua inglesa durante as atividades. As irmãs Lara e Luíza Almeida, 11, são integrantes fiéis da colonia Ari desde os três anos. “Todos os anos a gente vêm pra colônia porque é muito bom, tem muita brincadeira, a gente faz novos amigos, além disso tudo já ensinamos as crianças mais novas algumas atividades”, diverte-se Lara.

O coordenador de esportes da colônia de Férias do Ari de Sá, Rafael Filgueiras, explica que as brincadeiras são elaboradas por um equipe de professores especializados em atividades esportivas e recreativas infantis com o objetivo de estimular a criatividade e a sociabilização.

“A programação da colônia de férias é voltada para o desenvolvimento social, motor e sensorial da criança. Procuramos estimular todos esses sentidos, por isso aqui tem pé no chão, na grama e na areia. As atividades são acompanhadas por profissionais e trabalhadas para incentivar o raciocínio e a lógica. Também resgatamos as brincadeiras tradicionais de rua e elas são importantes porque muitos deles experimentam essas atividades pela primeira vez. Todo o espaço e a atenção da equipe, durante esta temporada, é voltado para a satisfação deles. Saber que eles estão felizes e que voltam para casa na expectativa do que vai ter no outro dia é recompensador”, explica Rafael Filgueiras.

Todas as atividades da Colônia de Férias do Ari de Sá foram acompanhadas por monitores e professores treinados  Fotos: Everton Lemos/ Agência Diário
Todas as atividades da Colônia de Férias do Ari de Sá foram acompanhadas por monitores e professores treinados Fotos: Everton Lemos/ Agência Diário

A colônia de férias do colégio Ari de Sá Cavalcante é aberta ao público e, este ano já recebeu 112 crianças, entre três e 12 anos de idade. Funciona durante o turno da manhã na sede Aldeota.

É um, é dois, é três e já!

A colônia do Christus Sul se revestiu da temática junina
A colônia do Christus Sul se revestiu da temática junina

Muitas gargalhadas e história para contar foi o que rendeu à Colônia de Férias do Colégio Christus. Lá, a diversão reinou durante duas semanas e contagiou os espaços da sedes sul e Dionísio Torres. Este ano, a família Christus resgatou as tradições de atividades recreativas ao ar livre para aproveitar o espaço que a escola dispõe e estimular a socialização entre os pequenos.

“Procuramos atender as necessidades dos pais principalmente neste período de férias. Para que as crianças não passem o dia ocioso preparamos com muito amor a programação da Colônia de Férias Christus. Tivemos atividades diferentes durante todos os dias, dirigidos por uma equipe de professores e monitores.

A colônia funciona como uma extensão educacional da escola e por isso as atividades fora, orientada e participativas. Tivemos uma procura mais que esperada e ficamos felizes por este retorno. Já estamos de olho nas férias de dezembro. A colônia Christus estará de portas abertas para receber os pequenos”, ressalta Caroline Rocha, coordenadora da Colônia de Férias Christus.

Competição saudável e muita torcida na colônia do Christus Sul
Competição saudável e muita torcida na colônia do Christus Sul

A pequena Andréia Ribeiro, 8, aproveitou todos os dias da Colônia e aprovou. “Foi ótimo, pena que já acabou. Eu queria voltar mais vezes porque aqui a gente brinca demais, se diverte e todos os meus amiguinhos da sala estão aqui”, comenta.

Compromisso pedagógico

Outra Colônia de Férias de referência é a realizada pelo Colégio Oliveira Lima. Com programação destinada a crianças com idade entre dois e 10 anos, oferece atividades como circo, brincadeiras recreativas, culinária, gincana, contação de histórias, sessões de filmes entre outros.

Oficina de circo foi uma das atividades que marcou a colônia de férias do Colégio Oliveira Lima Foto: Divulgação
Oficina de circo foi uma das atividades que marcou a colônia de férias do Colégio Oliveira Lima Foto: Divulgação

Durante a colônia, os participantes tem, a cada dia, um tema diferente. Em meio ao assunto escolhido, a criançada tem a oportunidade de construir seu próprio instrumento, participar de gincanas, teatro, jogos e brincadeiras diversas, entre outras dinâmicas que, além de recreativas, foram pensadas pedagogicamente.

“Em nossa escola a ideia da colônia de férias como ajuda aos pais é secundária. O foco é que haja primeiramente um serviço para criança. O objetivo é que esses 15 dias possam fazer diferença na vida dela e que o aprendizado fuja do superficial. E isso é possível, mesmo que o pai pense que seja pouco tempo”, diz o diretor da escola, Lauro Lima.

Segurança das crianças e atividades criativas

A Creche Gira Mundo pensa na segurança que pais precisam ter na hora de escolher onde deixar os filhos nas férias. As brincadeiras e atividades lúdicas ditam a programação, que também não deixa de incluir momentos de aprendizado.

Brincadeiras lúdicas da Creche Gira Mundo Fotos: Divulgação
Brincadeiras lúdicas da Creche Gira Mundo Fotos: Divulgação

Entre as ações que os alunos desenvolvem no período estão aulas de culinária infantil, teatro de fantoches, oficinas de sucatas, sessões de filmes, recreação literária, teatro infantil, bailes à fantasia e até atividades esportivas não convencionais, como o slackline.

Serviço
Colégio Ari de Sá
Atividades: oficina de arte, culinária, informática, jogos de futebol, voleibol e basquetebol, entre outras atividades.
Para crianças de três a 10 anos
Informações:
Sede Washington Soares: 3477 2008
Sede Aldeota: 3486 8405

Colégio Farias Brito
Atividades: oficina de arte, culinária, recreação.
Para crianças do infantil 4 ao 5º ano
Informações:
FB Júnior Central: 3464 7888
FB Júnior Seis Bocas: 3064 2818
FB Júnior Aldeota: 3486 9038
FB Júnior Sobralense: (88) 3677 8003

Colégio 7 de Setembro
Atividades: passeios, histórias, teatro, esportes, brincadeiras aquáticas, oficinas de arte e culinária
Para crianças de um a 12 anos
Informações:
Centro e Aldeota: 4006 7777

Veja vídeo de algumas colônias:

Colégio Master
Atividades: oficinas, jogos, passeio, gincanas, shows circense e de mágica, entre outras atividades
Para crianças de três a 10 anos
Informações: 4011 1224

Colônia de Férias Brincando de Artista, ação do Cria – Espaço Multiarte
Atividades: recreativas e artísticas, como a dança, teatro, pintura, escultura em argila, contação de histórias, além de ioga e culinária.
Para crianças de 4 a 10 anos
Informações: 99995 8890 ou 98834 0450

Paraíso da Perê – Círculo Militar
Quando: até 31/7 (manhã, tarde e período integral)
Atividades: oficinas de arte, jogos, gincanas, shows, entre outras atividades
Para crianças de 3 a 13 anos
Informações: 3088 9160 /8832 0269

Escola Creche Gira Mundo
Rua Padre Chevalier, 745, bairro Joaquim Távora
Informações: (85) 3244.7904
Para crianças de 1 a 7 anos (da própria escola) / de 3 a 7 anos (de fora da escola)

Colégio Oliveira Lima
Sempre em janeiro e julho: manhã, tarde e integral
Rua Barbosa de Freitas, 705, Meireles
Instagram: @construtivista/ (85) 3264.2337

Colégio Christus
Diversas Sedes
Sede Sul: (85) 3251.4100
Dionísio Torres: (85) 3277.1500

12:57 · 29.06.2015 / atualizado às 12:57 · 29.06.2015 por

diarinho futebolPara os garotos que desejam aproveitar as férias para aprender ou aperfeiçoar o seu futebol, o Delta Futebol Clube preparou um mês de treinamentos especiais que vão desenvolver técnicas, coordenação motora e habilidades, além de ocupar o tempo das crianças e adolescentes e promover a socialização entre indivíduos da mesma faixa etária.

Os treinos, direcionados para atletas entre seis e 17 anos, acontecem duas vezes por semana em campo society, permitindo o exercício do raciocínio rápido num curto espaço.

Durantes as atividades e os coletivos, identificamos o perfil e o diferencial de cada atleta, por meio da força, estatura, porte físico e habilidade”, explica David Jonathas, técnico do Delta Futebol Clube.

Treino para o projeto social Delta Futebol Clube, em Fortaleza (Foto: Divulgação)
Treino para o projeto social Delta Futebol Clube, em Fortaleza (Foto: Divulgação)

Entre as posições existentes no futebol estão: goleiro, lateral direito e esquerdo, zagueiro central, quarto zagueiro, volante, ponta direita e esquerda, meia direita e esquerda e centroavante. “Além da avaliação física, a capacidade de raciocínio é fundamental para atuar em cada posição”, ressalta David.

Em uma hora e meia de treino é realizado aquecimento, que prepara o corpo dos atletas para receber a carga de exercícios; fundamento, desenvolve a coordenação motora e o raciocínio com a utilização de cones, pratos e bolas; físico, atividade que desenvolve arrancada e agilidade de locomoção na hora da partida; coletivo, que aprimora a parte tática de posicionamento colocando em prática os ensinamentos e alongamento, para relaxar os músculos trabalhados ao longo das atividades.

Serviço:
Escolinha de Futebol de Férias
Delta Futebol Clube
Período: 7 a 28 de julho de 2015 – toda terça e quinta
Horário: 8 horas
Local: Fair Play Society (Nenê Gonçalves Barreira, 260, Cambeba –
próximo ao Mercadinho São Luiz da Avenida Washington Soares).
Investimento: R$ 120,00 (inclui matrícula + kit uniforme + mensalidade)
Informações: 85 98612 9517 / 85 99817 7785 David Jonathas

15:50 · 16.10.2014 / atualizado às 15:50 · 16.10.2014 por

Galerinha, preparem-se para a “I Maratoninha” que irá ocorrer no Cuca Mondubim. As inscrições ocorrem entre os dias 21 e 24 de outubro e o  evento, que acontece às 18h do dia 1º de novembro, é voltado para crianças e adolescentes com idade entre sete e 15 anos.

maratoninha2

Ao todo, serão 60 vagas, distribuídas em três categorias: de sete a nove anos; de 10 a 12 anos; e de 13 a 15 anos. Os interessados deverão comparecer a sala de matrículas do Cuca Mondubim portando as cópias de um documento de identificação com foto e comprovante de endereço da criança e do seu responsável; ficha de inscrição e a autorização assinada pelo responsável. As inscrições são gratuitas e todos os participantes da corrida receberão certificado ao término da competição.

A maratoninha, que acontecerá na Pista Vermelha do Cuca Mondubim, faz parte da programação do Festival de Esporte da Rede Cuca (FestECuca). O evento tem o objetivo de promover a integração através de competições esportivas entre os alunos como também com a comunidade, incentivando o esporte como forma de inclusão social e estimulando a participação em atividades esportivas e atividades oferecidas pela Rede Cuca.

Categorias:
De sete a nove anos (20 vagas);
De 10 a 12 anos (20 vagas);
De 13 a 15 anos (20 vagas).

Serviço
Inscrições para a I Maratoninha do Cuca Mondubim
Local: Sala de Matrículas do Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, s/nº – Mondubim)
Período de inscrições: De 21 a 24 de outubro
Horário: De 8h às 20h
Inscrição gratuita

16:54 · 10.07.2014 / atualizado às 16:59 · 10.07.2014 por

O Brasil perdeu para a Alemanha por um placar nada bonito – foram os 7×1 que vamos passar muito tempo para esquecer – mas nem por isso a Seleção Brasileira  deixou de ter o suporte e o amor da criançada.

Todo o amor de Pedrinho pelo Brasil (Fotos: Agência Diário/ Fabiane de Paula)
Todo o amor de Pedrinho pelo Brasil (Fotos: Agência Diário/ Fabiane de Paula)

Nesse ponto, temos muito o que aprender com eles! O “pequeno David Luiz“, Pedro Onias Romualdo, de 4 anos, que o diga. O garoto ficou triste com a derrota dos nossos canarinhos, assim como a irmã, Alexia Alves Romualdo, 9. A menina até chorou decepcionada. Mas os pais, Alex Romualdo e Suderly Alves, não permitiram que o negativismo tomasse conta dos filhos.

“Pedrinho ficou impressionado em ver o David Luiz, de quem tanto gosta, chorando. A Alexia chorou porque já entende que o time jogou mal e a derrota foi feia. Mas, mesmo assim, explicamos que no esporte perder faz parte e procuramos não falar do 7 a 1”, comenta o pai.

Após o jogo, Pedrinho apontava para a televisão e dizia: “meu capitão está chorando. Não gosto de ver isso. Ele (David Luiz) para sempre vai ser o meu capitão“.

O garoto, que já participou de dezenas de programas de TV e foi entrevistado por jornais locais e nacionais sobre sua semelhança com o zagueiro da Seleção, adora os cabelos enrolados – que fazem o seu estilo, e desde a Copa das Confederações, ano passado, ouve os parentes e amigos comparando-o ao camisa 4 do Brasil.

Com a Copa do Mundo e a transformação de David Luiz em ídolo nacional, Pedrinho ficou ainda mais visado. O jornalista esportivo Tom Barros, inclusive, virou uma espécie de padrinho do rapaz, na tentativa de fazê-lo se encontrar com os jogadores brasileiros.

“No começo não achava que ele conseguiria chegar perto do time, mas, com o apoio do Tom e de outros repórteres, criou-se uma corrente em prol desse encontro. Foi quando comecei a acreditar que isto seria possível”, revela Alex.

 

Pedrinho e seu ídolo, o jogador David Luiz. O encontro aconteceu quando a Seleção veio a Fortaleza por conta do jogo Brasil x Colômbia (Foto: Arquivo Pessoal)
Pedrinho e seu ídolo, o jogador David Luiz. O encontro aconteceu quando a Seleção veio a Fortaleza por conta do jogo Brasil x Colômbia (Foto: Arquivo Pessoal)

Não dizem que sonhar e acreditar é poder? Pois Pedrinho chegou lá! Por conta do jogo Brasil x Colômbia na Arena Castelão, em Fortaleza, o menino visitou o hotel onde a Seleção esteve hospedada mais uma vez e não é que a mágica aconteceu? O jornalista Paulo César Norões apareceu na TV, conversando com o fã, e atiçou: “desce aqui, David Luiz!”

Em seguida, talvez por conta da transmissão televisiva, Parreira apareceu, pegou Pedrinho pela mão e o levou até o local onde o time estava almoçando (feijoada, frutas, saladas e suco – para quem tem curiosidade de saber o que os atletas costumam comer).

David Luiz viu logo a semelhança com o menino, se aproximou, tirou fotos e comentou: “Você que está fazendo esse alvoroço todo em Fortaleza?” Em seguida, Pedrinho posou também ao lado de Neymar e Thiago Silva.

O pequeno virou astro e começou a “bombar” em redes sociais. David Luiz compartilhou a foto feita com o fã, que teve vários compartilhamentos. Fernanda Gentil, a musa das repórteres da Copa, fez questão também de sair ao lado de Pedrinho.

Neymar e Thiago Silva também posaram com o garoto (Fotos: Arquivo Pessoal)

Agora, nosso cearense famoso deixa uma mensagem de incentivo para a Seleção Brasileira. Estar ao lado, na hora das dificuldades não é para qualquer um, hein?

Vejam outros pequenos fãs do David Luiz de nossa capital:

colagem

1) João Paulo

2) Letícia Leão

3) Gabriel

4) Miguel

5) Yana

Maria Júlia e Ithalo
Maria Júlia e Ithalo
Maylis Albuquerque
Maylis Albuquerque
Sofia e Yasmin
Sofia e Yasmin
16:25 · 26.05.2014 / atualizado às 17:16 · 26.05.2014 por

Divididos em 22 seleções de países diversos,  mais de 200 meninos e meninas alunos do Colégio Santa Cecília participam, a partir de hoje, da VII Copa do Mundo Santa Cecília de Futsal. No campeonato organizado pela instituição de ensino, não há critério para jogar, portanto, todos os alunos que desejam fazer parte dos times podem se divertir no campeonato. A Copa do colégio é realizada anualmente e busca manter relação com o conteúdo abordado em sala de aula.

(Fotos: Divulgação/ Santa Cecília)
(Fotos: Divulgação/ Santa Cecília)

Além de jogarem futsal até o dia 31 de maio, os alunos podem trocar figurinhas do álbum da Copa do próprio Colégio, assim, no lugar dos craques das seleções mundiais de futebol, são os alunos do 2º ao 7º ano que participam da Copa que estão estampados nos adesivos.

futsal_dsc_1014
Alunos do Santa Cecília trocam figurinhas do álbum da copa do próprio colégio

 

13:18 · 05.05.2014 / atualizado às 13:21 · 05.05.2014 por

Giro nas Escolas

Turma da 5ª série do Colégio Ágape faz maquetes da Arena Castelão (Foto: Agência Diário/ Alex Costa)
Turma da 5ª série do Colégio Ágape faz maquetes da Arena Castelão (Fotos: Agência Diário/ Alex Costa)

Como parte do projeto “Brasil, encontro de nações”, envolvendo diversas áreas do conhecimento, os professores do Colégio Ágape pensaram numa atividade especial relacionada à Copa do Mundo. Afinal, com a proximidade do grande evento do esporte mundial, a criançada fala de futebol o tempo todo.

Ian Costa e sua Arena Castelão
Ian Costa e sua Arena Castelão

Que tal, então, unir o assunto do momento a uma tarefa escolar? Daí o colégio propôs uma missão: que cada um fizesse uma maquete da estrutura da Arena Castelão. Dá para imaginar como os estudantes ficaram empolgados com o desafio?

arenacastelao_colagem1

“A construção da maquete do Castelão foi muito comemorada, afinal Fortaleza será cidade sede da Copa 2014!”, explica a coordenadora pedagógica Vanúsia Lima. O envolvimento dos familiares foi essencial nesse processo, pois não era nada fácil reproduzir o formato oval do estádio, com seus detalhes.

arenacastelao6

E a garotada queria fazer tudo com perfeição. Nas maquetes, vemos o cuidado para reproduzir cadeiras, arquibancadas, traves, traços do gramado e até, pasmem, os telões.

A mamãe Roberta Costa explica como foi gratificante produzir o material com o filho Arthur Ângelo da Costa, 9 anos. Ela conta que Arthur quis mostrar cada parte do projeto do novo estádio. Até o trânsito no entorno do local eles fizeram. Deu um trabalhão, mas o resultado valeu a pena. O menino brinca quando fala sobre a produção do material.

O estudante Arthur Ângelo da Costa e sua maquete
O estudante Arthur Ângelo da Costa e sua maquete

“Quando minha professora lançou a proposta fiquei muito preocupado: ‘Como eu iria construir o Castelão?’ Depois minha família me ajudou e o resultado pra mim foi perfeito, gostei muito. Terminamos mais rápido do que o Castelão de verdade”.

arenacastelao4Maria Eduarda Aguiar de Almeida, 9, diz ter adorado a ajuda que recebeu da avó artesã para criar a maquete. Laís Ferreira Sombra, 10, comemora os pais terem achado um tempo na agenda lotada de compromissos para a auxiliar no projeto. “Eles estão sempre trabalhando, mas conseguiram um tempinho para me ajudar no trabalho”.

Maria Vitória Carvalho dos Santos, 9, diz que foi muito bacana ver a família toda se envolvendo. “Uns cortavam, outros colavam, meus irmãos davam sugestão. E o resultado é esse que vocês podem conferir”, comenta, orgulhosa. Henrique de Freitas Mendes, 10, revela que agora está mais empolgado ainda com a Copa do Mundo. “Foi muito bom construir essa maquete pois usei muito minha imaginação. Depois que ela foi concluída, imaginei o estádio cheio de gente torcendo pelo Brasil na Copa. Minha família se envolveu muito e eu fiquei muito feliz”.

Para a construção do material, as crianças usaram materiais simples. Isopor, palitos, embalagem de garrafas pet, cola, tesoura, recortes de revistas, canetinhas e o complemento de bonequinhos e carrinhos de plástico. Vejam as fotos e inspirem-se para criar a sua própria maquete em casa, com o auxílio do papai e da mamãe.

arenacastelao_colagem2

 

arenacastelao_colagem3

14:05 · 18.03.2014 / atualizado às 14:05 · 18.03.2014 por

O McDonald’s, patrocinador oficial da Copa do Mundo da FIFA, recebe, até hoje, inscrições de crianças brasileiras que desejam participar de uma experiência incrível, daquelas que nunca na vida é possível esquecer.

Concurso Sonho de Craque

No total, serão selecionadas 1.200 crianças brasileiras que entrarão em campo com os jogadores das 32 seleções que disputarão a Copa do Mundo este ano. As inscrições ocorrem por meio do site www.sonhodecraque.com.br. Para participar, é necessário ter entre 6 e 10 anos e responder à pergunta “Como você comemora um gol?” com um vídeo ou foto.

“Entrar em campo ao lado das estrelas do maior torneio de futebol do mundo é uma oportunidade única e inesquecível”, afirma Isabela Almeida, Gerente de Marketing da Arcos Dourados, empresa que opera o McDonald’s no Brasil. “A Copa das Confederações foi um grande teste, quando envolvemos 352 crianças. Estamos preparados para realizar mais sonhos e contribuir com um grande espetáculo”, afirma Isabela.

Ao todo, serão ‘escaladas’ mais de 1.400 crianças – cerca de 200 virão de fora do país, escolhidas também pela rede ao redor do mundo.

 McDonald’s e o esporte

A marca acredita que a satisfação de consumidores e funcionários está diretamente ligada a ações que traduzam o respeito pela qualidade de vida e o bem-estar social. São inúmeros projetos realizados pela empresa em todo o mundo em torno de práticas esportivas. O McDonald’s é patrocinador oficial dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo da FIFA™.

11:08 · 26.02.2014 / atualizado às 11:09 · 26.02.2014 por
Pequenos, em ação, na última Corridinha do Beach Park (Foto: Divulgação)
Pequenos, em ação, na última Corridinha do Beach Park (Foto: Divulgação)

Os pequenos atletas já podem se preparar! Estão abertas as inscrições para a IV Corridinha Beach Park 🙂

 Com o objetivo de estimular hábitos saudáveis e proporcionar um momento de diversão para toda a família, o evento será realizado no dia 22 de março, no Beach Park, e é voltado para a turminha de 0 a 12 anos.

As inscrições podem ser feitas no site  até o dia 18/03, mas podem ser encerradas antes, caso o número limite de participantes seja alcançado. O investimento é de R$ 120,00, ou R$ 125,00 (os R$ 5,00 serão doados para o ChildFund) por participante.

A banda mineira é atração do evento
A banda mineira é atração do evento

Ao final das competições, as famílias poderão curtir um show especial do Pato Fu, que apresentará seu disco “Música de Brinquedo”.

Produzido apenas com instrumentos de brinquedo, o show conta com pequenas participações de crianças. É diversão garantida para toda a família!

As provas

Os bebês e as crianças nascidas entre 2008 e 2013 participarão das provas em uma pista montada sobre a grama para garantir seu conforto e segurança. A distância da corrida varia de 10 a 50 metros e a duração é de aproximadamente 20 minutos para cada prova.

Já os mais grandinhos, nascidos entre 2002 e 2007, vão participar de percursos que variam de 100 a 300 metros, em uma pista de corrida na areia da praia. O tempo de prova é de 5 a 15 minutos e as categorias são determinadas pelo ano de nascimento e não pela data do aniversário da criança.

A família poderá ficar em um espaço especial para acompanhar a prova e torcer pelos “atletinhas”. Após a corrida, todas as crianças que concluírem o percurso receberão uma medalha de participação e um vale ingresso para entrada no Beach Park. O responsável pela criança pode adquirir até quatro ingressos com 50% de desconto.

Serviço

Inscrição para IV Corridinha Beach Park
Pelo site: www.beachpark.com.br/corridinha
Valor: R$ 120,00 ou R$ 125,00 (os R$ 5,00 serão doados para o ChildFund)
Mais informações: (85) 4012.3000 ou corridinha@beachpark.com.br

17:59 · 09.02.2014 / atualizado às 18:02 · 09.02.2014 por

Hoje nos deparamos com essa gracinha no Esporte Espetacular. Titus, o garoto norte-americano de apenas 3 anos que é fera no basquete.

titus
Foto: Reprodução

Como se estivesse numa grande brincadeira, acerta cestas de diferentes maneiras: de costas, à distância, deitado no sofá, fazendo tabela na parede e até do alto de um prédio. A casa onde mora com os pais e os irmãos já virou um verdadeiro cenário de jogo de basquete. Nos vídeos dá para perceber. Na sala de estar, são, no mínimo, duas cestas dispostas, tomando espaço em meio dos sofás e mesa de centro.

Em junho de 2013, Titus deixou um astro da NBA quase constrangido, se não fosse sua fofura! Shaquille O’Neal, dono de quatro títulos da NBA e eleito MVP da temporada 1999/2000, sucumbiu ao duelo de arremessos com o pequeno. O desafio foi realizado por um programa da TV americana. O menino pontuou oito vezes em 30 segundos, enquanto o ex-jogador não conseguiu mandar a bola no alvo durante o mesmo tempo.

Titus, enfrentando Shaquille O’Neal

Famoso, o bebê já foi tietado até por astros do cinema como Bradley Cooper e Channing Tatum (inveja da mulherada de plantão). Cada vídeo caseiro seu no YouTube, normalmente filmados pelo pai, já passou dos 13 milhões de acessos.

Para ver mais vídeos do Titus no YouTube, clique aqui

10:12 · 16.09.2013 / atualizado às 10:16 · 16.09.2013 por

Na Semana da Mobilidade Urbana em Fortaleza, a qual acontece entre 15 e 22 de setembro, o Diarinho conta a história de uma família que realizou o sonho de viajar pelo mundo de forma divertida e sustentável.  O casal Martin Glauer e Julie decidiu pegar as bicicletas e conhecer 20 países durante um ano. Com eles levaram Moses, Caspar, Turis e Herbie, os filhos entre o 1 e os 5 anos.

GlobalMobileFamily13
Martin e Julie garantam ser mais barato viajar com os filhos desta forma.

O filho mais velho, Moses, tinha cinco anos e o mais novo, Herbie, apenas 9 meses quando a viagem começou.  Antes de partir da Alemanha, onde moram, os pais fizeram uma viagem de preparação à Romênia para perceber se a criançada se adaptava ao estilo de vida. Como eles se divertiram, o casal embarcou na aventura e percorreu países como Estados Unidos, Guatemala, El Salvador, Brasil, Austrália, Nova Zelândia,  Emirados Árabes, Omã, Índia, Tailândia, Camboja, China, Mongólia e Rússia. Uau! Parece animado, não é mesmo?

 

A família voltou para a Alemanha em julho de 2012, a tempo de Moses começar os estudos dele.
A família voltou para a Alemanha em julho de 2012, a tempo de Moses começar os estudos dele.

Para a garotada, a viagem foi só diversão.  Dois mini-trailers  viajaram acoplados a cada uma das bicicletas,  sendo que duas das crianças iam com a mãe e as outras duas com o pai. O mais legal é que as estruturas, feitas de lona, incluíam cinto de segurança e uma tela para proteger do vento e dos mosquitos. Assim, os pequenos aproveitaram agradavelmente a jornada.

 

A ajuda da família e de amigos fez a diferença na viagem sustentável
A ajuda da família e de amigos fez a diferença na viagem sustentável

Que tal aproveitar a ideia e descobrir as vantagens de pedalar? Passear de bicicleta é um ótimo programa em família!