Busca

Tag: Crianças


12:57 · 29.06.2015 / atualizado às 12:57 · 29.06.2015 por

diarinho futebolPara os garotos que desejam aproveitar as férias para aprender ou aperfeiçoar o seu futebol, o Delta Futebol Clube preparou um mês de treinamentos especiais que vão desenvolver técnicas, coordenação motora e habilidades, além de ocupar o tempo das crianças e adolescentes e promover a socialização entre indivíduos da mesma faixa etária.

Os treinos, direcionados para atletas entre seis e 17 anos, acontecem duas vezes por semana em campo society, permitindo o exercício do raciocínio rápido num curto espaço.

Durantes as atividades e os coletivos, identificamos o perfil e o diferencial de cada atleta, por meio da força, estatura, porte físico e habilidade”, explica David Jonathas, técnico do Delta Futebol Clube.

Treino para o projeto social Delta Futebol Clube, em Fortaleza (Foto: Divulgação)
Treino para o projeto social Delta Futebol Clube, em Fortaleza (Foto: Divulgação)

Entre as posições existentes no futebol estão: goleiro, lateral direito e esquerdo, zagueiro central, quarto zagueiro, volante, ponta direita e esquerda, meia direita e esquerda e centroavante. “Além da avaliação física, a capacidade de raciocínio é fundamental para atuar em cada posição”, ressalta David.

Em uma hora e meia de treino é realizado aquecimento, que prepara o corpo dos atletas para receber a carga de exercícios; fundamento, desenvolve a coordenação motora e o raciocínio com a utilização de cones, pratos e bolas; físico, atividade que desenvolve arrancada e agilidade de locomoção na hora da partida; coletivo, que aprimora a parte tática de posicionamento colocando em prática os ensinamentos e alongamento, para relaxar os músculos trabalhados ao longo das atividades.

Serviço:
Escolinha de Futebol de Férias
Delta Futebol Clube
Período: 7 a 28 de julho de 2015 – toda terça e quinta
Horário: 8 horas
Local: Fair Play Society (Nenê Gonçalves Barreira, 260, Cambeba –
próximo ao Mercadinho São Luiz da Avenida Washington Soares).
Investimento: R$ 120,00 (inclui matrícula + kit uniforme + mensalidade)
Informações: 85 98612 9517 / 85 99817 7785 David Jonathas

15:24 · 08.04.2015 / atualizado às 15:28 · 08.04.2015 por

Capa_Diarinho_15.03

O contato com animais faz com que a criança desenvolva sua percepção sobre o ciclo da vida

Capadedentro_Diarinho_15.03

Ter um bichinho de estimação em casa é o sonho de muitas crianças. Nem sempre os pais concordam com essa escolha e em grande parte até demoram a ceder aos apelos dos pequenos. Preferem ter a certeza de que os filhos possuem um certo senso de responsabilidade antes de trazer um animalzinho para casa.

Veterinário Breno Sampaio Santos Foto: Arquivo Pessoal
Veterinário Breno Sampaio Santos Foto: Arquivo Pessoal

Mas, de acordo com o médico veterinário, Breno Sampaio Santos, apesar do cuidado, os responsáveis não devem impedir que as crianças tenham bichos.

“As crianças se beneficiam muito desse contato, além de responsabilidade, empatia, sensibilidade, saúde, ganham alegria, amizade, amor. Ter animal é muito bom!”.

Na residência da menina Lauren Lima Andrade, 5 anos, a relação com os bichinhos foi incentivada pela mãe, Aline Carla, que confessa amar os animais desde a infância. “Pegava da rua quando não podia cuidar. Minha filha também tem isso.

Fotos: Kléber A. Gonçalves
Fotos: Kléber A. Gonçalves

Não pode ver nenhum bicho abandonado que quer levar para casa”, comenta Aline para, em seguida, revelar o nome dos três pequenos amores da família: a cachorrinha “pé duro” Lesse, de 2 anos e 4 meses; a gata, também sem raça, chamada Layla, de 1 ano e 3 meses e a poddle Zafira, de 4 meses.

Foto: Kléber A. Gonçalves
Foto: Kléber A. Gonçalves

Os três animais são muito amigos. Quando a gatinha, que foi resgatada da rua, chegou, precisando de muito carinho, a cadela Lesse deu de mamar para ela. Inclusive, o médico veterinário incentiva a prática da adoção. “Está aí uma excelente oportunidade de se ensinar às crianças sobre solidariedade e amor!

Um animalzinho adotado é uma excelente opção”. Lauren Lima auxilia a mãe a cuidar dos bichinhos. “Recentemente a gata, que está no cio, sumiu por uns dias. Minha filha chorou muito. Só se acalmou quando Layla retornou. Na verdade, todos ficamos com o coração na mão”, conta a mãe.

Quem também é apaixonado por animais é Kaleo de Amorim Ferreira, 6 anos. Ele possui dois cachorros, o daschund Scooby e a pinscher Nina, além de uma japuti piranga bem grandinha, chamada Mali. “Gosto de brincar de correr com eles. Também curto quando eles ficam em cima de mim”, revela o menino.

Fotos: Fabiane de Paula
Fotos: Fabiane de Paula

 

O pai, Ronny de Oliveira, explica que procura ensinar ao filho como é disciplinar os animais. “Ele vê que eles precisam de alimentação num momento específico. Tem também a rotina do banho”.

Quanto à higiene e saúde dos bichos, Breno Sampaio dá a dica: “os animais (e as crianças) devem ser vermifugados com frequência, bem como estar com vacinação em dia, pele saudável, dentes limpos, pêlos tosados em áreas genitais, unhas aparadas, enfim, saudáveis e bem cuidados. A partir daí, esse contato entre os dois deve ser pura diversão e muito amor”.

08:53 · 05.04.2015 / atualizado às 08:58 · 05.04.2015 por

capa_Diarinho_05.04

capadamateria_Diarinho_05.04

O Diarinho Plus entra em clima de Páscoa e traz bebês vestidos de “toelhos” para todos babarem e acharem muito fofos

Em meio ao significado religioso da Semana Santa, existe a brincadeira tradicional de vestir e maquiar as crianças de coelhinhos, além de presentear os pequenos com ovos de chocolate. Quem tem filho pequeno não resiste e inventa mil e uma atividades.

Estimulando o espírito do momento, o Diarinho Plus traz, especialmente para seus leitores, um ensaio assinado pela fotógrafa Rosângela Nobre.

Fotógrafa Rosângela Nobre e o bebê Guilherme
Fotógrafa Rosângela Nobre e o bebê Guilherme

Feito com esmero e carinho, mostra os pequenos se esbaldando em meio a ovos e biscoitos confeitados com motivos pascais, além de vestidos como verdadeiros coelhinhos.

Sophia Moura, que faz 11 meses hoje, ficou uma gracinha toda de saia rosa e rabinho de coelho. Ela também adorou os biscoitinhos confeitados especialmente para o ensaio.

Sophia Moura
Sophia Moura

A garota é a primeira filha do casal Marcela Moura e Julio de Moura Montenegro. O papai não pode comparecer ao editorial e fez uma falta danada porque é ele quem consegue arrancar os melhores sorrisos da menina.

sophia2

Nosso outro modelinho era Felipe de Sá Bastos, 8 meses. De olhar expressivo e riso fácil, fez fotos bonitas para as lentes da “tia” Rosângela Nobre. Quem o acompanhou foi a vovó Clautenes Maria de Sá Freitas. Ele é filho de Luana de Sá Bastos e Henrique Cavalcante Bastos.

Felipe de Sá Bastos
Felipe de Sá Bastos

Finalmente, o pequeno Guilherme de Mendonça Braga, 7 meses. Muito carinhoso, virou um coelhinho sapeca, daqueles que dá vontade de apertar! A mamãe Karine Mendonça amou o resultado. E com certeza o papai Gilberto Braga também.

Guilherme de Mendonça Braga
Guilherme de Mendonça Braga

Estúdio Novo

Parceira do Diarinho em vários editoriais, o estúdio da fotógrafa Rosângela Nobre está agora em novo endereço. O espaço, no bairro Passaré, foi especialmente desenvolvido para fazer com que mamães, papais e pequenos se sintam em casa durante os ensaios.

estudio

A sala, onde costuma montar os cenários, conta com ar condicionado, TV – que pode ser ligada a qualquer momento para a garotada se divertir com clipes de Galinha Pintadinha, Peppa Pig, entre outros ídolos infantis – além de uma infinidade de objetos para compor os ambientes que serão criados. Ali, a imaginação e bom gosto são os limites.

estudio2

Nas paredes, fotos de ensaios realizados pela fotógrafa, para inspirar os pais que passem por ali. Tudo com muito esmero, profissionalismo e dedicação.

Serviço:

Rosângela Nobre Fotografia
contato@rosangelanobre.com.br
(85) 8775.0394/ 9212.6560
Facebook: www.facebook.com/rosangela.nobre www.rosangelanobre.com.br

Agradecimentos:

Adriana Chocolate-se
Rua Osvaldo Cruz, 2585A, Aldeota
Encomendas: (85) 3244.1241/ 8878.2640
E-mail: adrianachocolatese.dri@facebook.com

Yany Porto Confeitaria Artesanal
(85) 8823.2845/ 9814.1737
Facebook: www.facebook.com/yany.porto

15:37 · 31.03.2015 / atualizado às 15:37 · 31.03.2015 por

Tão importante quanto aprender Matemática, é aprender o valor das coisas. Quanto custa aquele chocolate que é bom de comer depois do almoço? Qual é o valor daquele brinquedo super bacana visto naquele outro dia? Será que é muito caro aquela viagem feita com os pais no final do ano para o interior?

diarinho_capa_29.03

Ser criança não é barato. Principalmente nos dias de hoje, quando existem muito mais opções de atividades, passeios e objetos que despertam o interesse e a vontade de fazer ou ter. Muitas vezes, por não saber o valor das coisas, as crianças ficam tristes (ou até mesmo emburradas) quando não ganham aquilo que pediram para os pais “porque está muito caro” ou “não tem dinheiro para isso”.

Um dos meios utilizados pelos pais para ensinar aos filhos o valor do dinheiro é incentivá-los a manter um cofrinho. O processo de juntar moeda por moeda e esperar até que o cofre esteja cheio para ver o quanto foi economizado e a recompensa no final de todo esse processo, não só é um ensinamento básico de economia, como estimula as crianças a desenvolverem um objetivo e trabalharem para alcançá-lo.

Otávio Benevides, 7, economizou para comprar a moto do Homem-Aranha Foto: Fernanda Siebra/ Agência Diário
Otávio Benevides, 7, economizou para comprar a moto do Homem-Aranha Fotos: Fernanda Siebra/ Agência Diário

Foi assim que Otávio Benevides, de 7 anos, conseguiu comprar a moto do Homem-Aranha no ano passado. Ele ganhou um porquinho de presente da mãe e, jundo com a família e amigos foi enchendo o cofre no decorrer do ano.

otavio_colagem

Então, no dia 19 de dezembro de 2014 o porquinho foi quebrado e Otávio não só pôde comprar o brinquedo, como deu um presente para o primo e colocou o restante do dinheiro na poupança. Este ano, ele já tem um novo porquinho e diz que quer fazer a mesma coisa: enchê-lo para poder comprar um novo brinquedo e guardar o resto do dinheiro.

Quem também segue a tradição do cofrinho de porquinho é a Lara de Oliveira, de 4 anos. Ela começou a juntar as moedinhas para fazer sua festa de aniversário em agosto, porém uma ideia mais divertida apareceu e agora ela quer usar as suas economias para viajar com os pais para Gramado, no Rio Grande do Sul.

Lara de Oliveira, 4, começou a juntar moedinhas para fazer sua festa de aniversário, em agosto Fotos: Fabiane de Paula/ Agência Diário
Lara de Oliveira, 4, começou a juntar moedinhas para fazer sua festa de aniversário, em agosto Fotos: Fabiane de Paula/ Agência Diário

Além do porquinho, Lara também tem uma caixinha onde ficam as moedas menores que ela usa para comprar os doces que ela gosta. A menina também diz que tem planos para um terceiro cofrinho, mas esse será para fazer a festinha de um ano do irmãozinho mais novo, Miguel. Como ele ainda é muito pequeno, não custa nada ajudar, não é?

lara_colagem

Já a Isabela Tavares Albano começou a manter um cofre quando tinha apenas quatro anos de idade para ajudar a mãe a fazer a festa de aniversário do colégio. A economia deu tão certo que hoje, com 6 anos, ela está enchendo um segundo cofrinho, desta vez uma garrafa, para poder viajar com os pais e a avó para Juazeiro do Norte no Natal.

Isabela Tavares, 6, escolhe garrafas de plástico para guardar as moedinhas Fotos: Fernanda Siebra
Isabela Tavares, 6, escolhe garrafas de plástico para guardar as moedinhas Fotos: Fernanda Siebra

A ideia de usar uma garrafa de plástico como cofre veio da tia-avó Bazinha, que sempre teve o costume de juntar dinheiro para visitar a família no final do ano. De acordo com Isabela, guardar dinheiro desse jeito acaba sendo muito mais interessante porque “a garrafa só fica com o peso das moedas, você vê quanto tem dentro e ainda recicla”.

isabela_colagem

Educação financeira para crianças

A obra “Lições de Valor – Educação financeira escolar” é dica para quem quer começar a economizar e não sabe bem como. Escrita por Andyara de Santis, que possui experiência de 11 anos no mercado financeiro, em seu primeiro desafio junto ao público infantil, estimula o envolvimento da família nas atividades propostas e a participação protagonista da criança ou adolescente.

CAPA_VALOR_LA“Trocando reflexões, receitas novas de pensar e agir, construímos uma mudança mais efetiva no mundo. Este é o objetivo principal do livro”, diz a autora que, em seguida, enfatiza a importância do exemplo dos pais dentro de casa. “Os filhos se espelham na educação que recebem. E eles observam como os pais lidam com consumo, escolhas e prioridades. A participação da escola é importante também nessa formação, mas a experiência no lar é a principal”.

Pensando nessa realidade, a obra traz atividades para serem desenvolvidas em família e também na sala de aula. Dentre os exercícios, por exemplo, propõe aos estudantes planejar financeiramente a feira da semana e refletir sobre os consumos de água e luz dentro de casa.

Estimular este hábito pode resultar em escolhas que garantam mais qualidade de vida a esses jovens, assim como em economia no orçamento da família, estimulando, ainda, uma relação responsável entre consumo e sustentabilidade.

Aprenda a lidar com seu dinheiro*: 

Visão de Futuro: Anote em um quadro cada meta que você tem, quando quer realizá-la e o valor necessário para isso. Pesquise, converse com seus pais e amigos, procure na internet e faça a estimativa mais aproximada possível do custo do seu sonho na vida real.

Talentos: Pense em atividades feitas por você, como tocar instrumentos, falar outra língua, ser campeão no videogame, cozinhar ou fabricar acessórios para ganhar algum dinheiro.

Consciência nas escolhas: Reflita sobre as escolhas que você faz no dia a dia e pergunte a si mesmo se está escolhendo para satisfazer seus valores e sonhos ou está apenas se deixando levar pelos colegas, pela propaganda ou pela moda.

Mesada: Se você recebe uma mesada, reserve uma parte do dinheiro todo mês. Esta quantia poderá ser gasta para comprar um brinquedo que queria depois de alguns meses ou para outro objetivo a ser definido, com base em seus gostos e sonhos.

Doação ou feira de troca: o que você não usa mais no dia a dia pode ser doado a amigos/parentes. Outra opção é pedir para os seus pais a ajuda para fazer uma feira de troca de brinquedos ou roupas, por exemplo.

*Dicas da autora Andyara de Santis

Serviço:
Lições de Valor – Educação financeira escolar
Autora: Andyara de Santis
Volume único
Editora Moderna
Materiais complementares do livro no site www.moderna.com.br/licoesdevalor – como sugestões de leituras, atividades extras e planilhas de controle financeiro.
14:51 · 18.02.2015 / atualizado às 14:51 · 18.02.2015 por
Fotos: Bruno Gomes/ Arte: Marina Mota
Fotos: Bruno Gomes/ Arte: Marina Mota

O estúdio de fotografia do Diário do Nordeste se revestiu de colorido e animação para o ensaio do Diarinho Plus de Carnaval. Quem passava perto se divertia e ficava curioso ao ouvir os gritos de folia que vinham de dentro do espaço. “ÊêêÊ! Todo mundo pulando!”. “Estátua! Só vale se mexer na hora que o tio (o fotógrafo Bruno Gomes) disser ‘já’!”. “Vamos brincar de roda. ‘Atirei o pau no gato, tô…”.

colagem2

Angelo Roncally Andrade Filho, 2 anos, adora o Homem-Aranha. Para as fotos, o garoto brincou até com o super poder do herói, fazendo de conta que saíam teias de suas mãos. Murilo Bezerra Morais, também de 2 anos, curte os palhaços Patati Patatá e veio ao ensaio vestido de Patatá, enquanto a prima, Maria Valentina Bezerra Aragão, de 1 ano e 10 meses, fez a dupla com ele, de Patati.

colagem5

 

Em seguida, a menina vestiu uma bela fantasia de Branca de Neve e se mostrou surpresa com as serpentinas e os confetes.

colagem3

 

Os irmãos Ana Lissa, 5 anos, e Theo Mendes Peixoto, 2 anos, chamaram a atenção de longe. A menina estava com uma linda roupa de Princesa Elsa, do filme “Frozen”.

diarinho plus

Theo, de bombeiro, com direito a capacete e walkie talkie, roubou sorrisos de quem assistia ao editorial. A outra modelo mirim era Iris Haymê Batista Fideles, de 7 anos.

colagem4

 

Uma mocinha esperta e fotogênica, que posou com três figurinos diferentes, todos belíssimos: bruxinha, Chapeuzinho Vermelho e Sininho, da história do “Peter Pan”.

O Diarinho também foi conferir o Carnaval da Creche Escola Gira Mundo. A escolinha juntou as crianças de mesma idade e cada turma pôde curtir uma festinha quinta e sexta-feira.

colagem8

De acordo com Andrea Aires, coordenadora da Gira Mundo, os alunos foram levados para o pátio e, embalados pelo som de marchinhas e outras músicas selecionadas, se divertiram com confetes e serpentinas.

colagem7

E as fantasias também foram mais que bem-vindas. As mais populares foram as de princesas, para as meninas, e super-heróis, para os meninos. Maria Luiza Felício Fontenele, de 3 anos, decidiu ir de Tinker Bell. Segundo a menina, ela gosta da personagem porque ela voa. Quem também curte voar é Davi Maciel Queiroz, também de 3 anos, que escolheu se vestir de Homem de Ferro.

colagem6

17:30 · 26.11.2014 / atualizado às 17:42 · 26.11.2014 por

Com a velocidade da informação no mundo moderno e a tecnologia avançando a passos largos, tem se tornado cada vez mais desafiador o papel de educar as crianças e prepará-las para a vida. Mas como despertar nos filhos a paixão por aprender aproveitando todas essas mudanças?

modelodeensino

Este é o objetivo da rede internacional de ensino complementar chamada FasTracKids, que possui um método de estímulo ao desenvolvimento global, em que as habilidades do Século XXI são trabalhadas desde cedo.

Para discutir o assunto, Ana Paula Harley, Diretora Executiva do FasTracKids Brasil, profere palestra no próximo dia 27, às 19h, na Livraria Leitura (Shopping RioMar). Em pauta, o papel fundamental que a educação infantil tem no desenvolvimento cognitivo de uma criança, já que é nesta fase que 80% do cérebro humano se forma. Além disso, Ana Paula pode explicar como a metodologia FasTracKids aplica os atuais conceitos de neurociência e educação.

FasTracKids traz a Teoria dos 5 Cs

O FasTracKids é uma metodologia que oferece formas divertidas e inovadoras em ensino para crianças de até 8 anos de idade. Com aulas atraentes e estimulantes, a grade abrange da Astronomia à Matemática.

Indicada para complementar o ensino formal, o novo espaço chega a Fortaleza em 2015 e traz consigo a Teoria dos 5 Cs (confiança, criatividade, comunicação, criticidade e colaboração), ou seja, trabalha as habilidade do Século XXI que serão úteis em qualquer cenário, mesmo para profissões ou cursos universitários que ainda não existem e que poderão ser escolhidos por nossas crianças no futuro. Daí a necessidade de serem estimuladas já na primeira infância.

Espaço Vida Infantil

É quem acolhe o FasTracKids no Ceará. Também voltado para crianças de até 8 anos de idade, conta com moderna estrutura de aprendizagem, mesclando atividades cognitivas, esportivas e recreativas.

Localizado na rua Afonso Celso, nº 507, o espaço traz salas multimídia, com lousas interativas, piscina, espaço de entretenimento, salas para danças e outras artes.

 Serviço:

Palestra sobre a chegada do FasTracKids ao Ceará
Dia 27, a partir das 19h, na Livraria Leitura, do Shopping RioMar
18:28 · 21.10.2014 / atualizado às 18:29 · 21.10.2014 por

patatipatata-discoverykidsPatati e Patatá, os palhaços mais amados pelas crianças brasileiras, agora integram o universo Discovery Kids. A dupla assinou contrato com o canal para protagonizar uma produção local com estreia prevista para 2015.

Os palhaços serão personagens de uma série que vai abordar o prazer da descoberta e os desafios comuns às crianças, com episódios repletos de música e humor. A nova produção contemplará os valores e padrões educativos aplicados a toda a programação do Discovery Kids.

“Temos como objetivo a valorização da produção e talentos nacionais que possam gerar ainda mais conexão com o público brasileiro. O carisma e o reconhecimento de Patati e Patatá junto ao público infantil certamente contribuirão para dar vida a mais uma produção local de sucesso”, afirmou Mônica Pimentel, vice-presidente de conteúdo da Discovery Networks Brasil.

A equipe do Discovery Kids já trabalha na concepção da nova série. Esquetes cômicas e repertório musical serão especialmente desenvolvidos para esta produção.

15:50 · 16.10.2014 / atualizado às 15:50 · 16.10.2014 por

Galerinha, preparem-se para a “I Maratoninha” que irá ocorrer no Cuca Mondubim. As inscrições ocorrem entre os dias 21 e 24 de outubro e o  evento, que acontece às 18h do dia 1º de novembro, é voltado para crianças e adolescentes com idade entre sete e 15 anos.

maratoninha2

Ao todo, serão 60 vagas, distribuídas em três categorias: de sete a nove anos; de 10 a 12 anos; e de 13 a 15 anos. Os interessados deverão comparecer a sala de matrículas do Cuca Mondubim portando as cópias de um documento de identificação com foto e comprovante de endereço da criança e do seu responsável; ficha de inscrição e a autorização assinada pelo responsável. As inscrições são gratuitas e todos os participantes da corrida receberão certificado ao término da competição.

A maratoninha, que acontecerá na Pista Vermelha do Cuca Mondubim, faz parte da programação do Festival de Esporte da Rede Cuca (FestECuca). O evento tem o objetivo de promover a integração através de competições esportivas entre os alunos como também com a comunidade, incentivando o esporte como forma de inclusão social e estimulando a participação em atividades esportivas e atividades oferecidas pela Rede Cuca.

Categorias:
De sete a nove anos (20 vagas);
De 10 a 12 anos (20 vagas);
De 13 a 15 anos (20 vagas).

Serviço
Inscrições para a I Maratoninha do Cuca Mondubim
Local: Sala de Matrículas do Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, s/nº – Mondubim)
Período de inscrições: De 21 a 24 de outubro
Horário: De 8h às 20h
Inscrição gratuita

14:56 · 10.07.2014 / atualizado às 14:56 · 10.07.2014 por

Loja virtual da Lego no Brasil chega para alcançar ainda mais crianças e para criar referência da grife e, com isso, estimular o varejo da internet.

Por meio do endereço www.legobrasil.com.br, os interessados nas pecinhas mais famosas do mundo podem ver informações de produtos, brinquedos e fazer encomendas.

Esta é a entrada da líder mundial de brinquedos de montar no e-commerce nacional.

“Além do conteúdo institucional e da oferta de brinquedos com os nossos preços sugeridos, os consumidores poderão adquirir em nossa loja virtual os itens exclusivos que geralmente estão disponíveis apenas nas nossas lojas-conceito”, conta Robério Esteves, diretor de operações da MCassab, distribuidora da marca Lego no Brasil.

Esteves ressalta que a Lego atinge dois objetivos igualmente importantes ao aderir ao comércio eletrônico no País.

Um deles é o de atender as crianças brasileiras que não vivem nos grandes centros e que, portanto, não têm oportunidade de comprar os mais famosos blocos de montar nas lojas de brinquedos. O outro é ter maior visibilidade para a marca na internet.

 

15:54 · 13.02.2014 / atualizado às 15:54 · 13.02.2014 por

FINALMENTE as estrelas de 26 de janeiro. Espero que gostem, curtam e compartilhem!

Renata_Wegmuller

Gabriela_Cacau

João Pedro

Mirella Rebouças

Thais Rebouças

Leticia Monteiro

Quer participar também do nosso Mural?

Então, mande sua foto, com nome, sobrenome e idade (até 12 anos) para diarinho@diariodonordeste.com.br

Se você já é assinante digital do Diário do Nordeste, já pode conferir todos os domingos a edição interativa do Diarinho Plus:
1. Baixe o aplicativo do Diário do Nordeste para iPad na loja Apple Store;
2. Escolha e faça download da edição do Diarinho que deseja ler e interagir;
Agora, é só se divertir com informação!

Posteriormente, colocaremos as fotos também aqui, no Blog do Diarinho!