Busca

Chuva de meteoros poderá ser vista nesta madrugada no Ceará

17:02 · 11.08.2017 / atualizado às 17:02 · 11.08.2017 por
Fenômeno, previsto para acontecer entre 3h e 6h da madrugada, será melhor visto nas regiões mais ao norte do planeta. No caso do Brasil, as regiões Norte e Nordeste, incluindo o território cearense, terão visibilidade maior Foto: Daily Mirror

Uma chuva de meteoros (as populares estrelas cadentes), poderá ser vista na madrugada deste sábado (12). O fenômeno previsto é o da entrada dos meteoros ‘Perseidas’ no planeta e terá maior evidência nas localidades mais ao norte do globo.

No Brasil, quem estiver acordado nas regiões Norte e Nordeste, como o Ceará verá mais nitidamente a chuva. A visibilidade, mesmo assim, dependerá das condições climáticas de cada região e é melhor onde a iluminação artificial é menor. O fenômeno deve acontecer entre 3 e 6 horas desta madrugada.

A chuva Perseidas acontece por conta da passagem da Terra pela trajetória do cometa Swift-Tuttle. “Um cometa deixa pedacinhos, deixa meteoros por onde passa. Quando o planeta atravessa esse caminho, alguns meteoros entram na terra. O raio de luz, a estrela cadente, é sinônimo do meteoro se queimando devido a seu atrito com a atmosfera”, explica Roberto Costa, professor de Astronomia da Universidade de São Paulo (USP). Nesta madrugada, espera-se uma grande quantidade de meteoros. “Uma média de um por minuto”, afirma Costa. Essa é a grande diferença em relação a outras épocas. “Todos os dias caem meteoros sobre a Terra, mas em intervalos muito longos, e quase imperceptíveis. Hoje haverá uma chuva de meteoros”, diz o professor.

Origem do nome

O nome Perseidas está relacionado ao ponto de origem dos meteoros, que neste caso vêm do norte, da Constelação de Perseus. É exatamente por isso que a visualização da chuva é maior nas regiões mais ao norte do globo.

Em outras épocas, os meteoros Orionídeas podem ser vistos na altura das estrelas Três Marias. Já os Leonídeas, quando caem sobre a Terra, são mais evidentes na direção nordeste do céu. A chuva de meteoros não representa risco ao planeta porque eles são pequenos. Seria um problema apenas se esses meteoros não se dividissem e, com grande diâmetro, caíssem sobre a Terra. “Mas esse risco é praticamente irrelevante”, diz Costa.

Com informações: Estadão Conteúdo

Comentários 3

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Galaxi

12/12/2017 as 00:0819

É estranho… tantas chuvas de meteoro em pouco tempo…mês passado houve aqui no Sul…

Manoel

11/10/2017 as 22:0819

Sou do nordeste mal posso esperar para ver a chuva de meteoros e sou da madrugada, vou ficar acordado até lá

Deval Paixão Alvinegra

11/06/2017 as 18:0819

Imaginar que um faísco cairá em nossas cabeça, é um engano,já que esse pequeníssimos corpos geralmente trafegam perpendicular e/ou paralelamente superfície da terra. – Estou enganado, com esse meu ponto de vista.