Diário na Copa

Categoria: Eliminatórias Africanas


23:17 · 19.11.2013 / atualizado às 23:19 · 19.11.2013 por
Ganenses comemoram gol da classificação. Foto: Reuters
Ganenses também comemoraram classificação nesta terça (19). Foto: Reuters

A Argélia venceu nesta terça (19) Burkina Fasso por 1 a 0, após derrota por 3 a 2 como visitante em outubro, e se garantiu no Mundial. O zagueiro Bougherra marcou aos 4 min do 2º tempo, em Blida.

Os outros representantes do continente serão Camarões, Costa do Marfim, Gana e Nigéria. Os cinco países também disputaram o torneio de 2010, assim como a África do Sul, que não passou pelas eliminatórias na ocasião porque era o país-sede.

Camarões, Costa do Marfim e Nigéria já haviam se classificado para a Copa-2014 no fim de semana, enquanto Gana e Argélia carimbaram hoje o passaporte para o Brasil.

Em 2010, quase todas as seleções da África fracassaram. África do Sul, Nigéria, Argélia, Camarões e Costa do Marfim foram eliminadas logo na fase de grupos. A única a avançar ao mata-mata foi Gana, segunda colocada em uma chave que tinha a Alemanha. Os ganenses eliminaram os Estados Unidos nas oitavas de final, mas perderam para o Uruguai nas quartas, nos pênaltis.

Apesar da frustração em 2010, Gana mostra que vem forte para o Brasil. Não tomou conhecimento do Egito na partida de ida da última fase das eliminatórias ao fazer 6 a 1. No jogo de volta, nesta terça, caíram por 2 a 1. Os egípcios tiveram a melhor campanha na 2ª fase, com 6 vitórias em 6 jogos. A seleção ganense conta com jogadores famosos, como o volante Essien, do Chelsea, os meias Muntari, do Milan, e Kevin-Prince Boateng, do Schalke.

Costa do Marfim é outra seleção que aposta em seu setor ofensivo. Didier Drogba, atualmente no Galatasaray, da Turquia, já ganhou uma Liga dos Campeões da Europa com o Chelsea. Gervinho, por sua vez, jogou por 2 anos no Arsenal e agora se destaca na Roma. Já Kalou, hoje no Lille, da França, ficou por seis anos no Chelsea.

Camarões é recordista africana em presenças em Copas, com 6 Mundiais. A equipe ainda tenta resolver divergências com o atacante Eto’o, que chegou até a renunciar ao time nacional, mas voltou atrás.

Já a Nigéria chega ao Mundial como detentora do título continental da África e faz até o seu presidente, Goodluck Jonathan, sonhar com a taça.

“Com o enorme banco de talentos disponível no país e com mais trabalho duro e dedicação, a Nigéria pode realizar o sonho nacional de ser o primeiro país africano a ganhar a Copa do Mundo”, afirmou.

Com informações da Folhapress.

14:31 · 16.11.2013 / atualizado às 14:35 · 16.11.2013 por
Moses comemorou um dos gols que deu a vitória à Nigéria. Foto: Agência Reuters
Moses comemorou um dos gols que deu a vitória à Nigéria. Foto: Agência Reuters

Uma das principais potências do futebol africano confirmou a sua vaga na Copa do Mundo de 2014. A Nigéria bateu a Etiópia por 2 a 0, no início da tarde deste sábado (16), e assegurou espaço no Mundial.

A campeã da Copa Africana das Nações precisava apenas de um empate ou até mesmo podia perder por 1 a 0 no U.J Esuene Stadium, já que venceu por 2 a 1, em solo etíope, mas garantiu o triunfo com gols de Moses e Obinna. Com a vitória, a seleção alviverde é a primeira africana a garantir vaga no Mundial do ano que vem.

Com o resultado, a Nigéria se tornou a 22ª seleção assegurada no Mundial e será a 5ª participação da Nigéria em uma edição Copa do Mundo.

As vagas restantes dos africanos na Copa serão decididas nos próximos dias. Ainda neste sábado, Senegal vai enfrentar a Costa do Marfim, em casa. Os jogos seguintes terão Camarões x Tunísia, Egito x Gana e Argélia x Burkina Faso.

Com informações do Estadão Conteúdo

11:47 · 16.09.2013 / atualizado às 13:22 · 16.09.2013 por
Sorteio aconteceu nesta segunda-feira (16). Foto: Reprodução/FifaTV
Sorteio aconteceu nesta segunda-feira (16). Foto: Reprodução/FifaTV

Está cada vez mais perto para os 5 times da África que virão ao Brasil para disputar a Copa do Mundo de 2014 serem conhecidos. Foi definido, em sorteio, na manhã desta segunda-feira (16) os confrontos da fase final das Eliminatórias da África. O destaque ficou para o confronto entre Costa do Marfim e Senegal.

A Nigéria, que já participou de 7 Copas, também não teve sorte e encara a Etiópia. Camarões, com 4 participações, escapou de um time difícil e pega a Tunísia.

Os primeiros confrontos que definirão os classificados para a Copa do Mundo 2014 começam entre os dias 11 e 15 de outubro. Os jogos de volta acontecem entre os dias 15 e 19 de novembro.

O sorteio para a fase mata-mata foi realizado na cidade do Cairo, capital do Egito. Das equipes com chances de vir ao Brasil, somente Etiópia e Burkina Faso nunca disputaram um Mundial.

Veja os confrontos:


Costa do Marfim x Senegal
Etiópia x Nigéria
Tunísia x Camarões
Gana x Egito
Burkina Faso x Argélia

15:27 · 12.09.2013 / atualizado às 15:27 · 12.09.2013 por

Via Fifa.com

A seleção de Cabo Verde acabou fora da fase final das Eliminatórias, após perder pontos. Foto: Divulgação
A seleção de Cabo Verde acabou fora da fase final das Eliminatórias, após perder pontos. Foto: Divulgação

Em conferência telefônica realizada nesta quinta-feira, 12 de setembro de 2013, o Comitê Disciplinar da FIFA tomou a decisão de punir a Federação Cabo-Verdiana de Futebol pela escalação de um jogador em situação irregular para enfrentar a Tunísia pelas eliminatórias africanas para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 no último dia 7 de setembro.

O jogo em questão foi anulado e, para fins de pontuação, considerado como vitória de 3 a 0 em favor da seleção tunisiana. Com isso, Cabo Verde não avançará à terceira fase da competição preliminar, tendo caído para a segunda colocação do Grupo B com nove pontos. Já a Tunísia assumiu a liderança da chave com 14 pontos e está classificada para a etapa seguinte.

A federação cabo-verdiana também foi multada em seis mil francos suíços por violação ao parágrafo primeiro do artigo 55 do Código Disciplinar da FIFA e ao artigo oitavo do Regulamento da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

A punição diz respeito ao fato de o zagueiro Fernando Varela não ter cumprido integralmente os quatro jogos de suspensão que recebeu depois de ter sido expulso por conduta antidesportiva para com um árbitro da partida realizada no dia 24 de março de 2013 pelas eliminatórias.

Sorteio definirá mata-mata

O sorteio dos dez confrontos da fase final do torneio classificatório da zona africana será realizado na próxima segunda-feira, 16 de setembro. Os cabeças de chave serão as cinco seleções melhor posicionadas no Ranking Mundial da FIFA.

21:25 · 09.09.2013 / atualizado às 22:34 · 09.09.2013 por

Lionel MessiAs eliminatórias continentais para a Copa do Mundo de 2014 já estão em suas fases finais e muitas seleções, principalmente as de ponta, já estão próximas de confirmar participações para o torneio no Brasil.

Na América do Sul, a Argentina está com um pé na Copa. Até mesmo com uma derrota contra o Paraguai, em Assunção, pode se classificar, caso o Uruguai não vença. E o time celeste também vai decidir a classificação antecipada da Colômbia. Um empate garante o time de Falcão García (Mônaco-FRA) no torneio, junto aos hermanos.

pirloNa europa, a Itália só depende de si para se classificar. Uma vitória simples contra a República Tcheca, em Turim, já garante a Azurra. Já a Alemanha precisa abrir mais 1 ponto de diferença para a Suécia. O time alemão enfrenta a fraca Ilhas Fároe e deve garantir os 3 pontos. Se o time de Ibrahimovic (PSG-FRA) não vencer, a tricampeã do mundo já estará garantida no Brasil.

A Holanda também está praticamente garantida. Basta uma vitória contra a fraca Andorra e um empate ou derrota da Romênia para se classificar. A Suiça também pode se classificar nesta rodada, mas a missão não é tão fácil. A equipe terá de vencer a Noruega, seu adversário direto pela liderança, fora de casa.

iniestaA Espanha também está praticamente qualificada e precisa apenas de um empate. Porém, mesmo sem jogar na rodada, pode se classificar, caso a França perca, fora de casa, para a Bielorrússia.

Resultados da rodada confirmam boa fase dos “grandes”

Europa

A França se complicou em seu grupo e praticamente confirmou presença na repescagem após empatar sem gols com a Geórgia. Já a Espanha se garantiu como favorita à vaga direta após vitória segura sobre a Finlândia.

A Bélgica conseguiu vitória fora de casa contra a Escócia e também se manteve próxima ao Mundial. A Itália venceu a Bulgária e também disparou em seu grupo. A Alemanha atropelou a Áustria e também está praticamente garantida.

A Holanda ficou apenas no empate com a Estônia, mas também está com o pé na Copa. Portugal deu passo importante na intensa briga com a Rússia pela vaga direta com uma grande vitória sobre a Irlanda do Norte e três gols de Cristiano Ronaldo (Real Madrid-ESP).

A Inglaterra se manteve firme na briga contra a Macedônia após goleada contra a Moldávia. Destaque para Welbeck (Manchester United-ING), que marcou dois gols.

América do Sul

000_mvd6540479A Colômbia conseguiu importante triunfo contra o Equador. O gol de James Rodríguez (Mônaco-FRA) deixou o time colombiano em situação muito confortável para voltar a disputar um mundial.

O Uruguai manteve viva a disputa por uma das vagas diretas e também abriu distância da Venezuela em uma possível briga pela repescagem (5º lugar) com a vitória fora de casa contra o Peru. Luis Suarez (Liverpool-ING) marcou duas vezes.

O Chile também fez o dever de casa e também permaneceu em situação confortável rumo à Copa com vitória por 3 a 1 contra a Bolívia.

África

A última rodada da fase de grupos já fez vítimas importantes. A África do Sul, país que sediou o último Mundial, venceu, mas deu adeus e viu a Etiópia avançar. A Tunísia e o Marrocos, outras seleções que já disputaram copas também ficaram de fora da disputa. Avançaram Cabo verde, Costa do Marfim, Gana, Burkina Fasso, Nigéria, Egito, Argélia, Camarões e Senegal. Os clubes agora vão para o mata-mata. Quem avançar estará na Copa do Mundo de 2014.

Concacaf

Nas última fase das eliminatórias da Concacaf, o México se complicou mais uma vez com uma derrota surpreendente para Honduras, dentro de casa. Com isso,  o time mexicano terá de vencer o clássico contra os Estados Unidos fora de casa. A Costa Rica também pode garantir a sua vaga, vencendo a lanterninha Jamaica fora de casa.

Confira todos os resultados da última rodada:

Eliminatórias América do Sul

06/09/13 Peru 1:2 Uruguai
06/09/13 Chile 3:0 Venezuela
06/09/13 Paraguai 4:0 Bolívia
06/09/13 Colômbia 1:0 Equador

Eliminatórias África

06/09/13 Gana 2:1 Zâmbia
07/09/13 República Centro-Africana 1:2 Etiópia
07/09/13 África do Sul 4:1 Botsuana
07/09/13 Burkina Fasso 1:0 Gabão
07/09/13 Nigéria 2:0 Malaui
07/09/13 Angola 4:1 Libéria
07/09/13 Serra Leoa 3:2 Guiné Equatorial
07/09/13 Gâmbia 2:0 Tanzânia
07/09/13 Níger 2:2 Congo
07/09/13 Costa do Marfim 1:1 Marrocos
07/09/13 Tunísia 0:2 Cabo Verde
07/09/13 Senegal 1:0 Uganda
08/09/13 Zimbábue 1:1 Moçambique
08/09/13 Togo 2:1 RD do Congo
08/09/13 Camarões 1:0 Líbia
08/09/13 Quênia 1:0 Namíbia
08/09/13 Benin 2:0 Ruanda
08/09/13 Sudão 2:3 Lesoto

Eliminatórias Europa

06/09/13 República Tcheca 1:2 Armênia
06/09/13 Macedônia 2:1 País de Gales
06/09/13 Noruega 2:0 Chipre
06/09/13 Rússia 4:1 Luxemburgo
06/09/13 República da Irlanda 1:2 Suécia
06/09/13 Irlanda do Norte 2:4 Portugal
06/09/13 Escócia 0:2 Bélgica
06/09/13 Malta 1:2 Dinamarca
06/09/13 Inglaterra 4:0 Moldávia
06/09/13 Bósnia e Herzegovina 0:1 Eslováquia
06/09/13 Suíça 4:4 Islândia
06/09/13 Eslovênia 1:0 Albânia
06/09/13 Sérvia 1:1 Croácia
06/09/13 Itália 1:0 Bulgária
06/09/13 Alemanha 3:0 Áustria
06/09/13 Liechtenstein 0:1 Grécia
06/09/13 Polônia 1:1 Montenegro
06/09/13 Cazaquistão 2:1 Ilhas Faroe
06/09/13 Turquia 5:0 Andorra
06/09/13 Romênia 3:0 Hungria
06/09/13 Ucrânia 9:0 San Marino
06/09/13 Letônia 2:1 Lituânia
06/09/13 Estônia 2:2 Holanda
06/09/13 Finlândia 0:2 Espanha
06/09/13 Geórgia 0:0 França
07/09/13 Israel 1:1 Azerbaijão

Eliminatórias América Central

06/09/13 Panamá 0:0 Jamaica
06/09/13 México 1:2 Honduras
06/09/13 Costa Rica 3:1 EUA

Eliminatórias Ásia

06/09/13 Jordânia 1:1 Uzbequistão

 

13:05 · 13.06.2013 / atualizado às 14:55 · 13.06.2013 por

Atualizado às 14h51

Nigéria pode ser eliminada de competições internacionais caso desista da Copa das Confederações e pode abrir vaga para a vice-campeã africana Burkina Fasso Foto: Fifa.com
Nigéria pode ser eliminada de competições internacionais caso desista da Copa das Confederações e pode abrir vaga para a vice-campeã africana Burkina Fasso Foto: Fifa.com

Se você comprou ingressos para assistir ao jogo entre Nigéria e Espanha, no próximo dia 23, em Fortaleza, sofreu a ameaça de não assistir a partida.

É que os jogadores convocados para defender a seleção nigeriana na Copa das Confederações não embarcaram no voo que os traria para o Brasil, em protesto contra a redução do “bicho” oferecido pela Federação de Futebol da Nigéria (NFF).

Os atletas embarcariam em voo que saiu de Windhoek, na Namíbia, em direção à Joanesburgo, na África do Sul e São Paulo. Após o empate com a seleção namibiana, pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014, a NFF ofereceu bônus de US$ 2500 pelo empate. Os jogadores disseram que só aceitariam US$ 5000.

O mesmo impasse já havia ocorrido quando da vitória da Nigéria sobre o Quênia, quando o selecionado nigeriano exigia “bicho” de US$ 10 mil. A NFF alegou dificuldades financeiras e já teria até demitido funcionários e anunciado a retirada de competições em categorias de base. Na Copa das Confederações, a seleção nigeriana está no grupo B, que além de espanhóis tem ainda Taiti e Uruguai.

A Nigéria lidera o grupo F, com 9 pontos, dois a mais que o vice-líder Malauí. As duas seleções se enfrentam no dia 6 de setembro e em caso de empate os nigerianos garantem classificação para o mata-mata que vai apontar os cinco países africanos qualificados para o mundial do ano que vem. No entanto, caso a Nigéria desistisse de disputar a Copa das Confederações, a Fifa poderia até mesmo eliminar o país das competições internacionais.

Os nigerianos chegariam ao Brasil na sexta-feira (14) e de São Paulo seguiriam direto para Belo Horizonte, local da partida entre Nigéria e Taiti, marcada para a próxima segunda-feira (17). No início da tarde, em coletiva de imprensa o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, afirmou que o problema foi solucionado e que a Nigéria embarca no sábado (15) para o Brasil.

13:02 · 05.06.2013 / atualizado às 13:17 · 05.06.2013 por
Vitória sobre o Quênia, fora de casa, deixou Nigéria perto da classificação para o mata-mata final da África Foto: Reuters
Vitória sobre o Quênia, fora de casa, deixou Nigéria perto da classificação para o mata-mata final da África Foto: Reuters

A rodada parece estar sendo boa para as seleções que virão a Fortaleza, durante a Copa das Confederações. Depois do México vencer a Jamaica, pela Concacaf, foi a vez da Nigéria vencer pelas Eliminatórias Africanas.

A maior coincidência foi que ambas as seleções venceram fora de casa e pelo mesmo placar: 1 a 0. Os nigerianos foram até Nairóbi, capital do Quênia, e com um gol de Ahmed Musa, aos 34 minutos do 2º tempo, bateram a seleção anfitriã.

As “Águias” ampliaram a liderança no grupo F, com 8 pontos, dois a mais que o segundo colocado, o Malauí, que não saiu do zero contra a Namíbia. Os namibianos, aliás, serão os últimos adversários da Nigéria antes da viagem para o Brasil. O jogo em Windhoek, na próxima quarta-feira (12), pode até selar a classificação nigeriana para o mata-mata decisivo, caso venha uma nova vitória e os malauianos tropecem novamente.

Mas, diferente das últimas quatro Eliminatórias Africanas, a classificação das cinco seleções do continente para a Copa do Mundo de 2014, só virá após uma fase mata-mata, envolvendo os dez campeões de grupo. Assim, mesmo que a Nigéria avance na disputa em seu grupo ainda não estará classificada para o Mundial quando enfrentar a Espanha, no dia 23 deste mês, no Castelão.

13:20 · 19.01.2013 / atualizado às 14:15 · 19.01.2013 por
Cabo Verde, obteve a inédita classificação para a Copa das Nações Africanas ao bater a fortíssima seleção de Camarões. Imagem: A Nação

Começa neste sábado (19), a 29ª edição da Copa das Nações Africanas, em Johannesbrugo, na África do Sul.

Confira tabela da 1ª fase

A partida entre a seleção anfitriã e a estreante Cabo Verde, no Soccer City, marca o início da disputa de 16 seleções do continente africano pela última vaga na Copa das Confederações deste ano.

Mais que isso, o campeão africano jogará no dia 23 de junho contra a Espanha, em Fortaleza, no estádio Castelão, e pode fazer um segundo jogo aqui no dia 27 do mesmo mês, caso a equipe se classifique em 1º lugar do grupo B da Copa das Confederações.

Mas para o Castelão receber dois jogos este ano de uma seleção africana o caminho será longo. Além de superar quinze rivais continentais, vai ser preciso superar Taiti (tudo bem, isso não é difícil), Uruguai e Espanha (atual campeã do mundo).

E bem antes disso, o Diário na Copa faz um raio-x da Copa das Nações Africanas. Para nos ajudar nessa missão, ouvimos o especialista em Copas do Mundo, o escritor cearense Airton Fontenele, e os estudantes caboverdianos, radicados no Brasil, Evandro e Alex.

Caboverdianos sonham em ver seleção de seu país em Fortaleza

Evandro mora em Fortaleza e é estudante de  Publicidade e Propaganda. Alex estuda economia e mora em São Paulo. A equipe do Diário na Copa levou os dois ao Castelão para conhecer o futuro palco da Copa das Confederações.

O sonho dos estudantes é ver Cabo Verde enfrentar a “Fúria”, no estádio cearense. Mas o primeiro passo é enfrentar a seleção sul-africana na estreia da Copa das Nações Africanas. Depois disso, mais dois adversários que já jogaram Copa do Mundo: Angola e Marrocos.

E se passar da 1ª fase, ainda terá de derrotar mais três adversários em mata-matas. A tarefa é dífícil, mas não impossível para os confiantes torcedores caboverdianos.

Confira entrevistas com Evandro e Alex



Seleções africanas nunca venceram a Copa das Confederações

Caso o desejo de Evandro e Alex se realize, Cabo Verde tentará quebrar o terceiro tabu em menos de dois anos. 

O primeiro foi a própria classificação para a Copa das Nações Africanas , o segundo seria o título continental e  o terceiro seria um título inédito para o futebol africano.

Em oito disputas da Copa das Confederações, nunca uma seleção da África se sagrou campeã desse torneio. A  primeira campeã foi a Argentina, em 1992. Em 1995, foi a vez da Dinamrca.
O Brasil ganhou em 1997, 2005 e 2009 e fez a final em 1999 contra o México, que se sagrou campeão em casa naquela ocasião. Depois da Seleção Canarinho, a França é a maior campeão com dois títulos da Copa das Confederações, em 2001 e 2003.

Já o melhor resultado de uma seleção africana na competição foi o vicecampeonato de Camarões, em 2003.  Na última edição, os sul-africanos, jogando em casa, ficaram em quarto lugar.

O escritor e especialista em Copas, Airton Fontenele, conversou com o Diário na Copa, no estúdio da TV DN, e lembrou um pouco mais da história das duas competições.

Confira entrevista com Airton Fontenele

Destaques das seleções

GRUPO A

África do Sul (85ª no ranking da Fifa, 9ª participação, 1 título)

O capitão Khumalo comandará a busca pelo bicampeonato. O único título continental foi conquistado justamente quando sediarão o evento, em 1996. Na Copa das Confederações de 2009, os sul-africanos fizeram jogo duro contra o Brasil, mas perderam por 1  a 0.

Angola (78ª no rankinda da Fifa, 7ª participação)

Depois da classificação histórica para a Copa do Mundo em 2006 e de sediar a Copa das Nações Africanas em 2010, Angola atravessou dificuldades. Agora, a seleção daquele país lusófono quer a superação para visitar o Brasil e encarar os campeões mundiais.

Marrocos (74ª no ranking da Fifa, 15ª participação, 1 título)

A jovem esperança Abdelaziz Barrada, que joga no Getafe (ESP), pode ser um dos destaques. O bom desempenho em Londres, apesar da eliminação na 1ª fase, pode servir de impulso para o continental. Os marroquinos já enfrentaram o Brasil na Copa do Mundo de 1998.

Cabo Verde (70ª no ranking da Fifa, estreante)

Em 2012, o atacante Ryan Mendes da Graça foi contratado por um grande clube francês e contribuiu para a histórica classificação de sua seleção ao torneio que começa neste sábado. Tudo o que deseja para 2013 é uma vaga na Copa das Confederações, uma tarefa nada fácil.

GRUPO B

Gana (26ª no ranking da Fifa, 19ª participação, 4 títulos)

Os “Estrelas Negras” chegaram às semifinais das últimas três edições do torneio. A seleção de Asamoah Gyan também já encarou o Brasil em várias competições, incluindo nas oitavas-de-final da Copa de 2006, quando foi derrotado por 3 a 0. 

Mali (25ª no ranking da Fifa, 8ª participação)

Há cerca de dois anos, o país tinha apenas a 85ª melhor seleção do mundo, mas a terceira colocação na Copa Africana de Nações 2012 marcou o início de uma contínua ascensão. Mas se no futebol as coisas vem melhorando, o país enfrenta uma terrível guerra civil.  

Níger (97ª no ranking da Fifa, 2ª participação)

A seleção de Níger (não confunda com a Nigéria) classificou-se para a Copa das Nações Africanas derrotando a Guiné. Com pouca tradição no continente e sem um grande teste que possa credenciá-la, deve ser apenas coadjuvante.

RD Congo (101ª no ranking da Fifa, 16ª participação, 2 títulos)

Considerada uma das principais potências africanas em outros tempos (quando ainda se chamava Zaire), a RD do Congo não se classificou para as últimas três edições do continental. Como Zaire, enfrentou o Brasil em 1974, tendo sofrido uma goleada por 3 a 0.

GRUPO C

Zâmbia (39ª no ranking da Fifa, 16ª participação, 1 título)

Quase um ano depois da coroação africana contra a Costa do Marfim, o país pegou uma chave difícil, mas o técnico Hervé Renard insiste que a equipe está pronta para defender a maior conquista da sua história. A seleção protagonizou um trágico acidente aéreo em 1993.

Nigéria (52ª no ranking da Fifa, 17ª participação, 2 títulos)

John Obi Mikel, meio-campista do Chelsea, sustenta que, com uma boa preparação e jogadores determinados, a Nigéria pode conquistar o título continental pela terceira vez na sua história, mas a maior glória do futebol nigeriano foi o título olímpico de 1996.

Burkina Fasso (92ª no ranking da Fifa, 9ª participação)

O atacante Alain Traoré foi decisivo nas eliminatórias para o torneio africano. Mas embora ache que sua equipe possa ir bem, o atacante sabe que não será uma tarefa fácil vencer a competição e disputar a Copa das Confederações pela primeira vez em sua história.

Etiópia (11oª no ranking da Fifa, 10ª participação, 1 título)

Os etíopes voltarão a disputar o torneio após 31 anos, o que é uma vitória em si. O selecionado acredita que pode novamente surpreender, pelo menos é o que afirma Saladin Said. Se no futebol, a tradição é pequena, a história etíope é uma das mais ricas do planeta.

GRUPO D

Costa do Marfim (14ª no ranking da Fifa, 20ª participação, 1 título)

Assim como o Mali, a Costa do Marfim é um país onde o futebol representa uma ferramenta de união, já que no campo político o cenário é conturbado. Mas apesar da evolução esportiva, na Copa do Mundo de 2010, a seleção de Drogba, perdeu na 1ª fase para o Brasil.

Tunísia (53ª no ranking da Fifa, 16ª participação, 1 título)

Outra das favoritas ao título (que seria o segundo, o anterior foi em 2004), também existem grandes esperanças de sucesso durante as eliminatórias para a Copa do Mundo, já que seu grupo não é difícil. O país também tenta se recuperar da instabilidade política.

Argélia (22ª no ranking da Fifa, 15ª participação, 1 título)

O ala Sofiane Feghouli, considerado no país como o próximo Zinedine Zidane, é uma das forças que a seleção argelina precisará para se classificar no chamado grupo da morte.  Em 1986, na Copa do Mundo, a seleção do norte-africano, enfrentou o Brasil e perdeu por 1 a 0.

Togo (77ª no ranking da Fifa, 7ª participação)

Três anos depois do atentado que matou três pessoas da delegação e causou o abandono da competição, a seleção togolesa está determinada a escrever um novo capítulo de sua história, cuja maior glória foi a classificação para a Copa do Mundo de 2010.

Cidades e estádios da Copa das Nações Africanas 2013

Durban, Estádio Moses Mabhida; Capacidade: 69.957

Johanesburgo, Soccer City; Capacidade: 88.460

Nelspruit, Mbombela Stadium; Capacidade: 43.589

Port Elizabeth, Nelson Mandela Bay Stadium; Capacidade: 48.000

Rustemburgo, Royal Bafokeng Stadium; Capacidade: 44.530

Os campeões

Egito (1957, 1959, 1986, 1998, 2006, 2008, 2010)
Camarões (1984, 1988, 2000,2002)
Gana (1963, 1965, 1978, 1982)
Nigéria (1980, 1994) 
RD Congo (1968, 1974)
Zâmbia (2012)
Tunísia (2004)
África do Sul (1996)
Costa do Marfim (1992)
Argélia (1990)
Marrocos (1976)
Congo (1972)
Sudão (1970)
Etiópia (1962)

17:16 · 08.09.2012 / atualizado às 17:47 · 08.09.2012 por

A primeira rodada das eliminatórias europeias começaram sem grandes zebras. Praticamente todas as seleções consideradas favoritas às vagas para a Copa do Mundo do Brasil venceram e sem sustos.

Somente a Itália teve problemas em sua estreia. Atuando fora de casa, a Azurra ficou apenas no empate com a Bulgária, que começou na frente. Osvaldo, argentino com cidadania italiana, salvou a tetracampeã mundial, fazendo o gol de empate.

>Veja a classificação completa das Eliminatórias aqui

Destaques da rodada: 1 - Dzeko - atacante do City marcou três gols na goleada de 8 a 0 da Bósnia contra Liechtenstein 2- Falcão García - marcou um dos gols da convincente goleada da Colômbia por 4 a 0 contra o Uruguai 3 - Ozil - marcou dois na vitória da Alemanha contra Ilhas Faroe 4 - Messi - comandou a vitória da Argentina contra o Paraguai
Destaques da rodada: 1 - Dzeko - atacante do City marcou três gols na goleada de 8 a 1 da Bósnia contra Liechtenstein 2- Falcão García - marcou um dos gols da convincente goleada da Colômbia por 4 a 0 contra o Uruguai 3 - Ozil - marcou dois na vitória da Alemanha contra Ilhas Faroe 4 - Messi - comandou a vitória da Argentina contra o Paraguai

Outro destaque foi a boa atuação da Alemanha diante das Ilhas Faroe. Sem sustos, os alemães venceram por 3 a 0, com dois gols de Ozil e um de Goetze. Já os portugueses confiaram na estrela do “triste” Cristiano Ronaldo para triunfar contra a modesta seleção de Luxemburgo, que começou na frente.  A Holanda passou fácil pela Turquia em Amsterdã, gols de Van Persie e Narsingh.

Eliminatórias sul-americanas

Mais perto do Brasil, o destaque das eliminatórias da América do Sul foi a vitória enfática da Colômbia sobre o Uruguai: um poderoso 4 a 0, aproveitando a boa fase do atacante Falcão García, que marcou um na goleada. A Argentina fez o dever de casa e passou fácil pelo Paraguai com direito a gol de Messi. Com o resultado, os argentinos assumiram de vez a liderança no continente sul-americano.

Concacaf

Na América Central, a surpresa foi a derrota dos Estados Unidos para a Jamaica, por 2 a 1. O México bateu a Costa Rica fora de casa por 2 a 0

Confira todos os placares dos jogos disputados em 07/07 e 08/07

08/09 Dinamarca 0 : 0 República Tcheca

08/09/12 15:00 Escócia 0:0 Sérvia
07/09/12 22:00 Cazaquistão 1:2 República da Irlanda
07/09/12 21:45 Bulgária 2:2 Itália
07/09/12 21:15 Lituânia 1:1 Eslováquia
07/09/12 21:00 Estônia 0:2 Romênia
07/09/12 21:00 Azerbaijão 1:1 Israel
07/09/12 20:45 Alemanha 3:0 Ilhas Faroe
07/09/12 20:45 Luxemburgo 1:2 Portugal
07/09/12 20:30 Andorra 0:5 Hungria
07/09/12 20:30 Holanda 2:0 Turquia
07/09/12 20:30 Eslovênia 0:2 Suíça
07/09/12 20:30 Albânia 3:1 Chipre
07/09/12 20:25 Peru 2:1 Venezuela
07/09/12 20:15 Croácia 1:0 Macedônia
07/09/12 20:10 Argentina 3:1 Paraguai
07/09/12 20:05 Costa Rica 0:2 México
07/09/12 20:00 Guatemala 3:1 Antígua e Barbuda
07/09/12 20:00 Malta 0:1 Armênia
07/09/12 19:45 País de Gales 0:2 Bélgica
07/09/12 19:45 Canadá 1:0 Panamá
07/09/12 19:30 El Salvador 2:2 Guiana
07/09/12 19:00 Jamaica 2:1 EUA
07/09/12 19:00 Rússia 2:0 Irlanda do Norte
07/09/12 19:00 Liechtenstein 1:8 Bósnia e Herzegovina
07/09/12 18:45 Islândia 2:0 Noruega
07/09/12 18:00 Nova Caledônia 0:2 Nova Zelândia
07/09/12 16:00 Equador 1:0 Bolívia
07/09/12 15:30 Colômbia 4:0 Uruguai
07/09/12 15:00 Ilhas Salomão 2:0 Taiti
07/09/12 15:00 Cuba 0:3 Honduras

11:39 · 07.09.2012 / atualizado às 11:39 · 07.09.2012 por

As Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 movimentarão o futebol em quatro continentes nesta sexta-feira (07.09) e sábado (08.09). Serão disputadas 36 partidas classificatórias na América do Sul, Europa, Oceania e América do Norte, Central e Caribe. A data FIFA para setembro também inclui o dia 11, terça-feira, com mais 40 jogos, somando os confrontos asiáticos. Somente a África não terá disputas nestes dias.

O destaque fica por conta do início das Eliminatórias na Europa, onde 53 seleções disputam 13 vagas para o Mundial. Serão 24 partidas na primeira rodada, que terá confrontos como Dinamarca x República Tcheca (presentes na Euro 2012), Holanda x Turquia e Bulgária x Itália. A Espanha, campeã mundial e europeia, folga na rodada, já que integra o Grupo I, que conta com cinco equipes.

Na América do Sul, a competição tem sequencia com as 7ª e 8ª rodadas. Na sexta-feira, o líder Chile folga, enquanto o Uruguai, segundo colocado, encara a Colômbia fora de casa. A Argentina, terceira, medirá forças contra o Paraguai, penúltimo. A competição é disputada em turno e returno e dá quatro vagas diretas e uma na repescagem, contra um adversário da Ásia, para a Copa.

A disputa na América do Norte , Central e Caribe segue na terceira fase. A terceira rodada terá jogos no dia 07.09 e a quarta no dia 11.09. São três grupos com quatro seleções cada, sendo que os dois primeiros das chaves se classificam para a última final.

Na Oceania, terá início o quadrangular final da competição, que dá uma vaga para a repescagem contra um adversário que sairá da América do Norte, Central e Caribe.

A Seleção Brasileira aproveitará as datas para realizar dois amistosos. O primeiro será contra a África do Sul nesta sexta-feira (07.09), no estádio do Morumbi, em São Paulo, às 15h45. A partida seguinte será contra a China na segunda-feira (10.09), em Recife, às 21h50.

» Confira os jogos das Eliminatórias na sexta e sábado:

Europa

07.09
Rússia x Irlanda do Norte
Liechtenstein x Bósnia e Herzegovina
País de Gales x Bélgica
Malta x Armênia
Croácia x Macedônia
Andorra x Hungria
Holanda x Turquia
Eslovênia x Suíça
Albânia x Chipre
Montenegro x Polônia
Alemanha x Ilhas Faroe
Luxemburgo x Portugal
Estônia x Romênia
Azerbaijão x Israel
Geórgia x Bielorrússia
Lituânia x Eslováquia
Letônia x Grécia
Finlândia x França
Bulgária x Itália
Moldávia x Inglaterra
Cazaquistão x República da Irlanda

08.09
Escócia x Sérvia
Dinamarca x República Tcheca

América do Sul

07.09
Colômbia x Uruguai
Equador x Bolívia
Argentina x Paraguai
Peru x Venezuela

América do Norte, Central e Caribe

07.09
Cuba x Honduras
Jamaica x EUA
El Salvador x Guiana
Canadá x Panamá
Guatemala x Antígua e Barbuda
Costa Rica x México

Oceania

07.09
Ilhas Salomão x Taiti
Nova Caledônia x Nova Zelândia
legais.

Pesquisar

Diário na Copa

Só mais um site WordPress
Posts Recentes

02h09mFinal é reeditada na volta das seleções após a Copa; confira os jogos desta quarta (3)

01h09mDiário na Copa retorna com tudo sobre futebol internacional e preparação para Rússia 2018

11h07mCom quatro brasileiros, Fifa divulga a seleção da Copa na visão da torcida

12h07mConfira quais jogadores estão descartados, as promessas e quem tem boas chances de chegar à Copa 2018

04h07mPesquisa aponta que 92,7% acompanharam a Copa do Mundo pela primeira vez no estádio

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs