Busca

Acrísio Sena diz que Camilo Santana foi o governador que mais fez pela Polícia Civil

14:36 · 20.09.2017 / atualizado às 16:14 · 20.09.2017 por
O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), fez duras críticas , por meio de seu perfil no Facebook, à atuação da Polícia Civil Foto: José Leomar

O vereador Acrísio Sena (PT) defendeu, no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), na manhã desta quarta, 20,  as ações do governo estadual em relação à Polícia Civil. “Com certeza, na história dos últimos 20 anos, nenhum governador fez na segurança o que está fazendo o governador Camilo Santana”, diz o parlamentar. A fala veio como resposta a discurso de Soldado Noélio (PR) criticando a estrutura da corporação e a fala do prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), que disse, em sua página no Facebook, ter chegado ao limite de sua tolerância com a “incompetência” da Polícia Civil em sua cidade.

Segundo o parlamentar, foi durante a administração do petista que se descomprimiu a carreira da Polícia Civil. “Podemos dizer que é pouco, mas dizer que o governador abandonou a Polícia Civil e a segurança do Estado é uma injustiça, e com isso eu não posso concordar”, afirma o vereador.

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), fez duras críticas , por meio de seu perfil no Facebook, à atuação da Polícia Civil na cidade. O chefe do Executivo municipal, que é aliado do governador Camilo Santana, fez questionamento sobre o número de assassinatos no município, que já somam 78 neste ano.

Veja a publicação de Ivo Gomes

Por solicitação do Diário do Nordeste, a Polícia Civil afirmou que o percentual de resolutividade de homicídios da Delegacia Regional de Sobral é de 26,92%, com 21 casos elucidados em 2017, de um total de 78. Segundo órgão, o índice está bem acima da média nacional, que é de 8%, e também da média do Estado, de aproximadamente 22%.

Além de considerar a taxa de resolutividade elevada, a SSPDS afirma que a delegacia de Sobral registrou mais 8 mil BOs, sendo cerca de 40% delituosos, resultando na instauração de 990 inquéritos policiais. Além de Sobral, a delegacia atende as cidades de Forquilha, Cariré e Groaíras.

Sobre o efetivo, a Polícia reconhece que existe uma carência de profissionais, mas sem informar o número preciso. O órgão disse que aguarda a convocação de mais policiais civis do cadastro de reserva do último concurso. A instituição estadual assumiu que, mesmo diante das dificuldades, os agentes extrapolam sua carga horária para cumprir com excelência seu trabalho, inclusive com sacrifício do próprio convívio familiar.

Comentários 3

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Antônio De Souza

21/09/2017 as 21:0919

Se o Camilo foi o “melhor” governador para a PC, tá explicado o porquê desse órgão, tão importante, não funcionar como deveria.

Vagner Viana

21/06/2017 as 18:0919

O Governador Camilo Santana, inclusive “fez muito” pelos os policiais civis aposentados: Publicou a Lei da descompressão , tendo a Procuradoria do Estado, penalizado a maioria dos policiais civis aposentados, retirando o direito desses à paridade com os policiais da ativa, bem como todos os benefícios que por ventura venha a ser dado a categoria. A Justiça já está dando ganho de causa aos policiais que a ela acorreram. A morosidade da Justiça termina por não fazer a justiça necessária, ficando os policiais aposentados prejudicados e tendo salários quase a metade dos que estão na ativa.Evidencia um comportamento elitista do Governo, já que embora regido pelas mesmas regras, os Delegados e os policiais Militares, não tem o mesmo tratamento dado aos aposentados da Polícia Civil. Isso não coaduna com a Política do PT.

Wilson Moura

20/05/2017 as 17:0919

Grannnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnde Ivo! Tá chegando 2018!!!!!!!