Busca

Larissa Gaspar pede mais investimentos federais no combate ao trabalho infantil

17:42 · 13.06.2018 / atualizado às 17:42 · 13.06.2018 por

A presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), Larissa Gaspar (PPL), cobrou mais investimentos federais no combate ao trabalho infantil. “Não há como se fiscalizar 184 municípios com apenas 2 auditores fiscais do trabalho”, declarou a parlamentar nesta quarta, 13, em discurso na tribuna da Casa. A fala foi feita em razão da passagem do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado na terça-feira, 12. “Precisamos de mais investimentos para que nossas crianças e adolescentes fiquem dentro da escola. Lá é o lugar adequado para elas”, diz.

A vereadora lembra que o problema ainda é grande: a fundação Abrinq, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que cerca de 83 mil crianças de 5 a 17 anos ainda trabalhariam no Estado do Ceará. No Brasil, seriam 2,6 milhões nessa circunstância, de acordo com dados divulgados na terça, 12. Ela lembra que vítimas de trabalho infantil são sujeitas a outros tipos de violação de direitos, como os tráficos de drogas e órgãos e a exploração sexual.  Ela elogiou iniciativas como o Programa de Educação Contra o Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), do Ministério Público do Trabalho (MPT). “Que possamos somar esforços para que possamos erradicar em fim o trabalho infantil no nosso País”, declara.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *