Busca

Categoria: Alento


09:54 · 05.12.2014 / atualizado às 09:54 · 05.12.2014 por

Ontem, neste espaço, registramos a inquietação dos aliados do governador Cid Gomes, todos comprometidos com a eleição de Camilo Santana para o Governo do Estado, e logo pela manhã, os presidentes de partidos que formaram a coligação vencedora do pleito começaram a ser chamados para uma conversa com o futuro chefe do Executivo estadual.

Talvez para evitar especulações outras, o primeiro convocado foi o dirigente do PT, De Assis Diniz. As conversas, ao que sabemos, não registraram nada de especial, mas foi um alento para a inquietação reinante em face do silêncio de Camilo. Depois desse papo com os dirigentes partidários, serão chamados outras lideranças políticas e os deputados estaduais.

No espaço destes, fervilha uma grande onda de especulação, pois são eles os mais diretamente interessados nos cargos que têm a distribuir o Poder Executivo, além da expectativa de convocação de alguns deles para o secretariado estadual e, consequentemente, a ascensão dos primeiros suplentes.

Mas como na conversa com os dirigentes dos partidos, Camilo também não avançará muito. Sobre o seu secretariado ele só cuidará na segunda quinzena de dezembro, e, óbvio, antes de qualquer passo ele há de conversar com Cid. E não se trata de subserviência, mas de atenção ao líder político que o fez chegar ao pódio e, mesmo sem ter conta a cobrar, deve ser, por atenção e consideração, informado do que será feito.