Busca

Categoria: Aliança nacional


09:58 · 02.07.2012 / atualizado às 09:58 · 02.07.2012 por

Assinada pelo vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, circulou ontem um documento do partido falando do seu relacionamento com o PT nacional, onde o rompimento da aliança em Fortaleza é um dos destaques. Após afirmar que o PSB é aliado do PT desde 1989, a manifestação pública faz algumas onsiderações críticas ao comportamento do Partido dos Trabalhadores com os seus aliados, quando diz: “Defendemos essa linha com firmeza, mesmo ao sacrifício de algumas eleições, mesmo quando nosso principal aliado, o PT, praticava a unilateralidade das candidaturas próprias como tese e projeto isolado de crescimento, ao arrepio na maioria das vezes, da realidade objetiva que clamava pela união das forças de esquerda”.

O PSB justifica as questões municipais, explicitando suas razões no caso de Recife, onde há uma briga interna no PT e faz referências à situação de Fortaleza. “O desfecho de Fortaleza decorre da mesma lógica, pois igualmente atende à necessidade de preservarmos em nosso campo a Prefeitura, necessidade ameaçada pela crise da administração municipal e a dificuldade de encontrar como candidato um nome que unisse as forças de nosso campo”. Termina a nota dizendo não haver risco para a aliança nacional dos dois partidos e reafirmando o  “compromisso com a continuidade do projeto de centro esquerda, ora liderado pela presidente Dilma”.