Busca

Categoria: Apoio ao prefeito


08:48 · 16.02.2016 / atualizado às 08:48 · 16.02.2016 por

Petistas entrevistados pelo Diário do Nordeste preferiram manter a cautela sobre a informação de que o governador Camilo Santana comunicaria à presidente Dilma Rousseff e à direção nacional do PT de que apoiaria a candidatura à reeleição do prefeito Roberto Cláudio. O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), em Fortaleza, o deputado Elmano de Freitas informou que a sigla decidiu por unanimidade lançar candidato e teria reunião com o chefe do Poder Executivo para tratar do assunto.
Ontem, na parte da manhã e início da tarde, Camilo esteve em São Paulo, em reunião com lideranças petistas, entre elas o ex-presidente Lula e o presidente nacional do partido, Rui Falcão. No fim da tarde o governador esteve no Palácio do Planalto, mas nada foi divulgado sobre seus contatos políticos.
Na noite de ontem, em Fortaleza, o PT municipal tinha uma reunião para traçar metas de um plano de governo pensando a cidade para os próximos anos. Na pauta a realização de um seminário para começar a elaborar propostas para candidatura do PT à Prefeitura da Capital. Questionado sobre a movimentação do governador rumo a um apoio em definitivo a Roberto Cláudio, Elmano de Freitas destacou que nenhuma declaração ainda foi feita por Camilo e que vai aguardar um posicionamento do governador.
Conforme foi publicado no <CF61>Diário do Nordeste</CF> do último domingo, Camilo Santana conversaria com a presidente Dilma Rousseff, bem como com a direção nacional da legenda tratando de suas motivações para apoiar a candidatura de Roberto Cláudio à reeleição. Com isso, o chefe do Poder Executivo Estadual iria de encontro à proposta do PT de Fortaleza, que quer apresentar um candidato à disputa de outubro próximo.
“Vamos aguardar uma reunião com o governador. O PT Fortaleza decidiu por unanimidade lançar candidatura própria à Prefeitura de Fortaleza e continua aguardando esse encontro com ele”, disse Elmano. Os petistas do PT da Capital cearense estão aguardando essa reunião desde o ano passado. Camilo não deu nenhuma resposta sobre data ou sequer se vai se reunir com seus correligionários.
Deodato Ramalho também afirmou que iria aguardar a manifestação do governador. Mas ressaltou que a executiva e o diretório municipal têm posição unânime pela candidatura própria. Segundo ele, é natural que o governador pretenda manter sua base unidade em torno de uma candidatura, embora o apoio à reeleição de Roberto Cláudio seja “grave equívoco e uma ingratidão com companheiros leais”. Para ele é inconcebível petistas apoiarem a postulação de reeleição do atual prefeito, visto que nos últimos anos o partido fez oposição à atual gestão.