Edison Silva

Categoria: Aumento


19:43 · 02.02.2018 / atualizado às 19:43 · 02.02.2018 por

Ao ser questionado pelo Diário do Nordeste sobre o reajuste salarial dos servidores públicos estaduais para este ano de 2018, o governador Camilo Santana (PT) disse, no início da tarde desta sexta-feira, na Assembleia Legislativa, que fará o anúncio na próxima semana. Sobre percentuais, o chefe do Executivo Estadual se limitou a dizer que será retroativo a janeiro. Ao lado do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), Camilo olhou para o colega e confirmou que “em breve” mandará a Mensagem para apreciação dos deputados.

09:14 · 17.03.2016 / atualizado às 09:14 · 17.03.2016 por

Por Suzane Saldanha

Os projetos do prefeito Roberto Cláudio (PDT) para conceder a revisão geral da remuneração dos servidores e empregados públicos e o reajuste dos professores do Município de Fortaleza devem ser deliberados na sessão plenária de hoje da Câmara Municipal. Para que as medidas sejam aprovadas em redação final e sigam para sanção do prefeito, duas sessões extraordinárias vão ser convocadas ainda para hoje.
Divididas em duas parcelas, as propostas para os servidores apontam para o aumento de 2%, a partir de janeiro passado e de 8,5%, em dezembro. Já a projeto que trata do reajuste dos professores municipais é de 11,36%, também parcelado.
Na manhã de ontem, os vereadores realizaram uma série de reuniões das comissões técnicas para deliberação dos projetos do Executivo, entre eles o reajuste dos professores, além de emendas ao projeto de reajuste dos servidores de autoria dos vereadores de oposição Ronivaldo Maia (PT), Guilherme Sampaio (PT) e João Alfredo (PSOL). Entre elas, uma de Ronivaldo para que o vencimento-base e o salário-base a partir de 01 de janeiro de 2016, em 5,5%.
As seis emendas apresentadas pela oposição foram rejeitadas na Comissão Conjunta de Legislação e Orçamento com recomendação do relator, Evado Lima (PCdoB), líder do Governo. O colegiado aprovou apenas uma emenda dos vereadores da base Adail Júnior (PDT), Casimiro Neto (PP) e Marcus Aurélio (PSC) para que o Executivo antecipe até 50% do 13º salário dos servidores a ser pago no mês de junho.
O líder do prefeito, o vereador Evaldo Lima (PCdoB), destacou ser um entendimento do Governo que a proposta geral do servidores já é avançada tendo em vista o cenário de crise nacional. Segundo ele, o debate com os servidores ocorre desde o ano passado, inclusive com a presença do prefeito Roberto Cláudio em reuniões. “Retiramos por 24 horas a pauta, aprovamos audiência pública e aprovamos emenda para 50% do décimo. Há a questão em torno da crise e do cenário de incerteza da economia”, justificou.
Na ocasião, seguindo o relatório do vice-líder, Didi Mangueira (PDT), a comissão também deliberou a favor da proposta para os professores. Segundo a iniciativa, o vencimento básico dos servidores que integram o Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Ambiente de Especialidade Educação (Núcleo de Atividades Específicas da Educação e Núcleo de Atividades de Apoio à Docência) após a aplicação do índice de revisão geral, a ser concedido aos servidores públicos municipais em geral, fica reajustado em mais 9,1765%, sendo 3,4320%, a partir de 01 de janeiro de 2016 e 5,5545%, a partir de 01 de agosto de 2016.
O documenta salienta que o reajuste total de 11,36% ocorre a partir de agosto de 2016, conforme Decisão Monocrática exarada em audiência pública de Conciliação na Justiça Estadual no último dia 8 de março de 2016.
Ontem, na reunião da Comissão Conjunta de Legislação e Meio Ambiente foi pedido vistas do novo projeto para intervenções na Praça Portugal. Ronivaldo Maia (PT) apontou ter a necessidade de analisar melhor a proposta visa alterar a Lei nº 10.127, aprovada em junho de 2014, e estabelece a implantação da nova configuração do sistema viário e áreas verdes para praças públicas no entorno da confluência entre as avenidas Santos Dumont e Dom Luís.
Em plenário, os vereadores aprovaram, em uma votação em bloco, 11 vetos do prefeito Roberto Cláudio a projetos de vereadores. A deliberação ocorreu após acordo entre a liderança do Governo e o vereador Guilherme Sampaio (PT) para que o projeto do prefeito que trata sobre a contratação de 12 meses para atender necessidade temporária no âmbito da administração direta e indireta do município.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs