Busca

Categoria: Cadeiras anfíbias


17:57 · 24.09.2014 / atualizado às 09:53 · 25.09.2014 por

Por Suzane Saldanha

Começou a tramitar na Câmara Municipal de Fortaleza, a partir de hoje, um projeto de indicação que cria no âmbito do Município de Fortaleza o programa Praia Acessível na Orla Marítima da Capital. A ideia é  do vereador Joaquim Rocha (PV).

De acordo com a proposta, os cadeirantes precisam praticar esportes ao ar livre e tomar banho de mar e o Município deve promover a inclusão social. “A praia é um dos espaços mais democráticos, mas os cadeirantes e pessoas com mobilidade limitada ainda enfrentam dificuldade para ter acesso à areia e ao mar”.

Segundo o projeto, será oferecido gratuitamente, para munícipes e visitantes, a cadeira de rodas anfíbia para o transporte de cadeirantes desde a areia até a água. O documento prevê que as cadeiras serão distribuídas em local escolhido pelo Prefeitura Municipal de Fortaleza que terão que obedecer critérios de acessibilidade como, rampas, piso tátil, vagas específicas, banheiros acessíveis e postos de salvamento. Além disso, monitores treinados pela Secretaria de Turismo de Fortaleza serão responsáveis por transferirem o deficiente da própria cadeira para a cadeira anfíbia, acompanha-lo na praia e recolher o equipamento ao posto.

Segundo a matéria, para o banho assistido o cadeirante será transferido para uma cadeira anfíbia e poderá ficar na água até 30 minutos. Para usar a cadeira, o portador da deficiência deve apresentar os documentos dele e do acompanhante e assinar um termo de responsabilidade.