Busca

Categoria: Caio Rocha


10:27 · 02.09.2016 / atualizado às 10:27 · 02.09.2016 por

IMG-20160901-WA0041O advogado cearense, Caio Rocha, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), foi uma das personalidades recebidas pelo presidente interino da República, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, ontem, no seu primeiro dia no Palácio do Planalto, em razão da viagem do presidente Michel Temer à China.

Rodrigo Maia, não teve agenda oficial, ontem, mas recebeu várias pessoas no gabinete presidencial, quase toda do mundo político. Caio Rocha foi um dos poucos fora do campo político. Ele  tem ligação de amizade com Rodrigo Maia e, por essa razão, teve acesso ao gabinete da Presidência da República. Foi uma conversa rápida, como o momento sugeria.

10:19 · 15.07.2016 / atualizado às 10:20 · 15.07.2016 por

 

Caio Rocha, deixa a presidência do STJD e o próprio Tribunal. Ele foi presidente durante dois anos e nos outros oito anos atuou como um dos integrantes daquela Corte
Caio Rocha, deixa a presidência do STJD e o próprio Tribunal. Ele foi presidente durante dois anos e nos outros oito anos atuou como um dos integrantes daquela Corte

O Portal Migalhas, destinado exclusivamente a assuntos  jurídicos, destacou, ontem, a passagem do jovem advogado cearense Caio Rocha, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportivo, ao longo dos últimos dez anos, sendo os dois últimos como presidente daquela Corte suprema do desporto brasileiro.

Caio Rocha, a partir deste ano, é um dos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), secção do Ceará, no Conselho da OAB nacional. O seu escritório de advocacia em Fortaleza, instalado há alguns anos, tem filiais em vários estados brasileiros, inclusive em Brasília onde funcionam todos os Tribunais Superiores da Justiça brasileira.

Leia a nota do Portal Migalhas:

“Tendo cumprido dois anos de mandato na presidência do prestigiado STJD, o advogado Caio Rocha fecha hoje seu vitorioso ciclo naquela Corte, onde exerceu diversos cargos pelos últimos 10 anos. De fato, foram 210 sessões, nas quais relatou 400 casos e participou de incríveis 3.000 julgamentos. Com tal experiência, não será estranho que o destino lhe reserve assento em outras instâncias”.