Busca

Categoria: Cargo


10:27 · 12.02.2013 / atualizado às 10:27 · 12.02.2013 por

O deputado Antônio Carlos não terá apoio de nenhum dos seus colegas do PT nos discursos que fizer contra a administração estadual. As negociações para permitir que o ex-prefeito de Quixadá, derrotado nas últimas eleições municipaisC quando tentava retornar ao cargo, chegue à Câmara dos Deputados, na vaga a ser aberta com a licença do deputado federal Domingos Neto, para ser secretário Especial da Copa de Fortaleza, deixa a deputada Rachel Marques, mais próxima do que nunca ao Goerno Cid Gomes, consequentemente, sem disposição para dar apoio às críticas de Antônio Carlos. O outro deputado do PT, Dedé Texeira, este já era, de algum tempo, integrado totalmente a Cid Gomes.

O governador, segundo um observador, não vai fazer qualquer alteração no Governo, como defendem alguns petistas, para tirar Antônio Carlos da Assembleia, já que ele é suplente e com a volta ao Legislativo de qualquer dos  deputados que esteja hoje ocupando cargo de secretários estaduais, exceção de Gony Arruda que foi eleito pelo PSDB, Antônio Carlos teria que deixar o lugar. Segundo se diz, Cid quer vê-lo se demoralizando ao falar do Governo que ele até bem pouco era o principal defensor.