Edison Silva

Categoria: Cláusula de desempenho


09:28 · 06.04.2018 / atualizado às 09:29 · 06.04.2018 por

O deputado estadual Tomaz Holanda (PPS) anunciou, ontem, em discurso, na Assembleia Legislativa, sua pré-candidatura a deputado federal, em outubro próximo. Ele justificou a decisão em razão da cláusula de desempenho que obrigará os partidos a elegerem, no mínimo, nove deputados federais, em nove estados diferentes, para terem acesso ao Fundo Partidário e à propaganda no rádio e na TV.

Segundo membros do PPS, que apoiará eventual reeleição do governador Camilo Santana (PT), o partido disputará a eleição para a Câmara Federal em coligação com outros partidos menores, como o PPL e o PRTB. Já para a eleição na Assembleia Legislativa, “a preço de hoje”, segundo filiados, a ideia é que a sigla vá “sozinha”, em chapa pura, sem coligação. O presidente do PPS no Estado, Alexandre Pereira, foi exonerado da Secretaria de Turismo de Fortaleza e, nas palavras de um correligionário, está “no jogo”, para tentar uma vaga na Assembleia ou Câmara.

A eleição de 2018, aliás, com o fim do prazo da “janela partidária” e da desincompatibilização de gestores que concorrerão a cargos eletivos, previsto para até amanhã (6), está motivando discursos no Plenário e, principalmente, as conversas nos bastidores. Parlamentares calculam de estar

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs