Busca

Categoria: Coelce


10:51 · 03.03.2016 / atualizado às 10:51 · 03.03.2016 por

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Fortaleza, ontem, o vereador Robert Burns (PTC), membro da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga supostas irregularidades da Coelce, voltou a defender a realização de um plebiscito para decidir sobre a concessão da Companhia Energética do Ceará. Burns afirmou que a concessão de 20 anos da empresa estaria acabando e os fortalezenses devem se manifestar para opinar no processo.
Segundo o parlamentar, a população é quem deve escolher se quer renovar ou não o contrato com a atual empresa de distribuição e geração de energia elétrica. “O plebiscito vai servir para o Governo Camilo Santana como orientação. A concessão diz que se 50% dos usuários não aceitam ela volta para o Estado, Fortaleza representa quase 40%, portanto a cidade tem uma opinião muito grande”, defendeu.
O parlamentar argumentou ainda que os cearenses estão sendo lesados pela empresa por ter triplicado o valor da conta de energia. “O que era 40 reais passou para 120 reais, o que era 50 passou para 200. O rico, pobre foi todo mundo lesado. Ninguém pode dizer que não está sofrendo com essa Coelce”, disse.
Ele atesta que o consumidor tem direito de escolher quem deve gerir a empresa e não deixar que “acordos de gabinetes” comandem a ação. “Quem vai decidir se continua com o grupo de fora, da Itália, ou volta para o Ceará é quem está sendo lesado. Fica os derrotados dizendo que não dá em nada, a concessão é do povo, quem não quer que o povo decida é porque tem alguma coisa por trás”, avaliou.
Ele ainda criticou o anúncio da Coelce de que vai reduzir em 6% o valor cobrado após ter realizado um aumento de 100%. “Nosso povo sem conseguir pagar energia e cortam, não pode todo mês o trabalhador que ganha mil pagar 20% do seu salário”, lamentou.
Robert Burns convocou os parlamentares e população a participarem do debate e da campanha pela realização do plebiscito. “A concessão é do povo, então não podemos decidir se renova ou não este contrato com a Coelce?”, finalizou.