Busca

Categoria: Cogerf


09:43 · 06.10.2017 / atualizado às 09:43 · 06.10.2017 por

Por Renato Sousa

O vereador Gardel Rolim (PPL) usou a tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã para criticar resolução lançada pelo Comitê de Gestão Fiscal e Gestão por Resultados (COGERF) do Governo do Estado determinando que recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) encaminhados ao Palácio da Abolição sejam primeiramente avaliados pelo órgão. De acordo com o parlamentar, “nesta resolução, encontra-se uma grave ilegalidade”.

O parlamentar diz que a decisão estaria “colocando uma trava” nos recursos que, segundo ele, passariam a ser ordenados pela Secretaria de Planejamento. O vereador declarou que os recursos enviados pela União para a área precisam ser usados, exclusivamente, na área da Saúde. “O dinheiro não é do Estado do Ceará, que é investido na Saúde, mas do SUS, que vem fundo a fundo. É uma verba carimbada, saindo do Ministério direto para o Fundo Estadual de Saúde”, declara.

O parlamentar fez críticas ao secretário estadual do Planejamento, Maia Jr. (PSDB), que ele chamou de “tucano infiltrado em uma gestão do PT”, referindo-se ao governador Camilo Santana (PT). De acordo com Rolim, a decisão atropela o Conselho Estadual de Saúde (Cesau). O pepelista declara que a decisão do COGERF “está tornando a Secretaria de Planejamento a ordenadora-mor de despesa de recursos do SUS “. Isso, segundo ele, é “uma ilegalidade das maiores”.