Busca

Categoria: Coligação


17:35 · 24.06.2014 / atualizado às 17:35 · 24.06.2014 por

Está no site da revista Veja, na Colula Radar, nota sobre a sucessão estadual, dando conta da aliança do peemedebista Eunício Oliveira com o tucano Tasso Jereissati, o que poderia ser mais uma baixa para a campanha à reeleição da presidente Dilma.

Leia a nota da Veja: “No Ceará, outra baixa para Dilma Rousseff e o PT. Eunício Oliveira está 99,999% fechado com o PSDB, e Tasso Jereissati é o nome para sair candidato ao Senado na chapa encabeçada pelo peemedebista.

O plano só vai por água se Aécio Neves resolver entregar sua vice no colo de Tasso.”

10:29 · 08.10.2012 / atualizado às 10:29 · 08.10.2012 por

O governador Cid Gomes (PSB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) consideram remota a possibilidade de as eleições deste ano influenciarem na disputa presidencial de 2014. Embora Ciro considere um erro o fato de seu partido não ter disputado o Planalto em 2010, avalia que o cenário atual é diferente porque o PSB faz parte de um governo que pode ter continuidade. Enquanto isso, Cid admite que o PSB tem pretensão de disputar a presidência a médio prazo, mas não a curto prazo.

“Quem conduziu a campanha da Dilma aqui no Ceará fomos nós do PSB. O natural é que o PSB acompanhe a reeleição da presidenta”, garante Cid Gomes. Por outro lado, o governador afirma que o PSB tem propostas e soluções para os problemas das cidades, dos estados e do País. “Então, no médio prazo, o PSB quer ocupar a presidência. Mas no curto prazo, considerando 2014, o projeto é apoiar a reeleição da presidenta Dilma”, afirma.

O ex-ministro Ciro Gomes disse que a vocação do PSB é participar do debate em todos os planos, inclusive o nacional. Porém, diante da nova conjuntura política, acha difícil de disputar em 2014. “Na (eleição) passada, era o Lula que encerrava um ciclo, a Dilma era uma pessoa que não tinha trânsito certo. (…) Agora nós participamos do Governo Dilma. Eu tenho entusiasmo em apoiá-la e fica contraditório, por oportunismo de qualquer natureza, não apoiar a reeleição”, justifica.

 

12:09 · 18.06.2012 / atualizado às 12:09 · 18.06.2012 por

A prefeitla Luizianne Lins,  o candidato petista à sucessão em Fortaleza, Elmano de Freitas, e o coordenador político do Executivo Municipal, Waldemir Catanho, devem se reunir ainda hoje com o presidente do PR no Estado, Lúcio Alcântara, e com o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa. Na pauta do encontro, aliança PT e PR, com possibilidade do segundo apresentar o nome do vice na chapa encabeçada pelo Partido dos Trabalhadores.
Até o momento, quatro partidos já firmaram apoio à candidatura de Elmano de Freitas (PV,PTN, PSC e PTdoB), no entanto, somente dois, PSC e PTdoB, oficializaram isso em convenções realizadas no final de semana. Parte do PTC, comandada pelo ex-deputado estadual Stanley Leão também homologou apoio ao petista. De acordo com o presidente municipal do PT, Raimundo Ângelo, o nome do candidato a vice-prefeito só deverá ser anunciado na próxima semana, depois que a aliança estiver fechada.