Edison Silva

Categoria: Composição da Câmara


14:26 · 28.06.2012 / atualizado às 14:26 · 28.06.2012 por

Os presidentes das executivas municipais do PSB, PMDB, PSL e PRB devem reunir-se nesta quinta-feira para tentar chegar a um acordo sobre o arranjo para a eleição proporcional em Fortaleza.

O PSB, que tem o candidato a prefeito, Roberto Cláudio, quer fazer o maior número possível de vereadores, e o PMDB, parceiro na chapa majoritária, não quer perder cadeiras na Câmara Municipal. Uma primeira reunião, na semana passada, terminou em impasse.

Segundo o deputado José Sarto, secretário de comunicação e mobilização política do PSB de Fortaleza, o partido já fez concessões ao PRB e ao PSL, e agora tenta convencer o PMDB a ceder. “Com todo respeito aos candidatos, não adianta o vereador sem o prefeito. Esperamos contar com a maturidade dos companheiros”.

O PSB tem hoje três vereadores. O PMDB, sete. “Há uma resistência muito grande (no PSB), não por causa da qualidade dos candidatos, mas por causa do potencial eleitoral. (No PMDB) são todos vereadores. Disputar uma cadeira de vereador com quem já tem estrutura de vereador fica mais difícil”, explica o deputado.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs