Edison Silva

Categoria: Conselho de ética


10:01 · 03.11.2015 / atualizado às 10:01 · 03.11.2015 por

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados começa a analisar, a partir da tarde de hoje, o pedido de cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha, do PMDB do Rio de Janeiro, atualmente presidente da Câmara, eleito em fevereiro deste ano, por quebra do Decoro Parlamentar, segundo a denúncia, por haver mentido em um depoimento na CPI que apura desvio de recursos da Petrobras, quando disse não ter qualquer conta no exterior.

Do Conselho de Ética, segundo a relação oficial dos seus integrantes, apenas dois cearenses fazem parte e como suplentes, no caso Genecias Noronha (SD) e Odorico Monteiro (PT). Os dois só serão chamados a participar das reuniões e deliberações, na ausência dos respectivos titulares.

Conselho de  Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados – COETICA

Presidente: José Carlos Araújo (PSD/BA)
1º Vice-Presidente: Sandro Alex (PPS/PR)
2º Vice-Presidente: Fausto Pinato (PRB/SP)

 

TITULARES SUPLENTES
PMDB/PP/PTB/DEM/PRB/SD/PSC/PHS/PTN/PMN/PRP/
PSDC/PEN/PRTB
Arnaldo Faria de Sá PTB/SP (Gab. 929-IV) Carlos Marun PMDB/MS (Gab. 372-III)
Cacá Leão PP/BA (Gab. 320-IV) Covatti Filho PP/RS (Gab. 228-IV)
Erivelton Santana PSC/BA (Gab. 756-IV) Genecias Noronha SD/CE (Gab. 244-IV)
Fausto Pinato PRB/SP (Gab. 562-IV) Manoel Junior PMDB/PB (Gab. 601-IV)
Mauro Lopes PMDB/MG (Gab. 844-IV) Onyx Lorenzoni DEM/RS (Gab. 828-IV)
Paulo Azi DEM/BA (Gab. 635-IV) Professor Victório Galli PSC/MT (Gab. 539-IV)
Ricardo Barros PP/PR (Gab. 412-IV) Ronaldo Carletto PP/BA (Gab. 262-IV)
Washington Reis PMDB/RJ (Gab. 856-IV) Sérgio Moraes PTB/RS (Gab. 258-IV)
Wladimir Costa SD/PA (Gab. 343-IV) Vinicius Carvalho PRB/SP (Gab. 356-IV)
PT/PSD/PR/PROS/PCdoB
José Carlos Araújo PSD/BA (Gab. 232-IV) Assis Carvalho PT/PI (Gab. 909-IV)
Leo de Brito PT/AC (Gab. 619-IV) Capitão Augusto PR/SP (Gab. 273-III)
Sérgio Brito PSD/BA (Gab. 638-IV) Jorginho Mello PR/SC (Gab. 329-IV)
Valmir Prascidelli PT/SP (Gab. 837-IV) Odorico Monteiro PT/CE (Gab. 582-III)
Vinicius Gurgel PR/AP (Gab. 852-IV) Ricardo Izar PSD/SP (Gab. 634-IV)
Wellington Roberto PR/PB (Gab. 514-IV) 2 vagas
Zé Geraldo PT/PA (Gab. 266-III)
PSDB/PSB/PPS/PV
Betinho Gomes PSDB/PE (Gab. 269-III) Bebeto PSB/BA (Gab. 541-IV)
Júlio Delgado PSB/MG (Gab. 323-IV) (Deputado do REDE ocupa a vaga)
Nelson Marchezan Junior PSDB/RS (Gab. 250-IV) 2 vagas
Sandro Alex PPS/PR (Gab. 221-IV)
PDT
Marcos Rogério PDT/RO (Gab. 930-IV) Subtenente Gonzaga PDT/MG (Gab. 750-IV)
REDE
Eliziane Gama REDE/MA (Gab. 205-IV) – vaga do PSDB/PSB/PPS/PV

Leia a informação que está no site da Câmara sobre a reunião do Conselho de Ética:

03/11/2015 – 08h50

Conselho de Ética reúne-se hoje para sortear relatoria de representação contra Cunha

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), marcou para hoje, às 14h30, a reunião para abertura do processo que pede a cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha, por suposta quebra de decoro. Na reunião, será feito o sorteio dos deputados que poderão ser escolhidos para relatar o caso. A representação chegou ao conselho na última quarta-feira (28).

José Carlos Araújo explicou que o relator terá, então, dez dias para apresentação de relatório preliminar. A partir dessa análise prévia, Eduardo Cunha terá dez dias para defesa.

O presidente do Conselho de Ética disse que todo o processo poderá levar até 90 dias úteis, mas ressaltou que o prazo poderá ser menor a depender do encaminhamento do relator.

“Relator tem liberdade para dirigir o processo, ouvir testemunhas, procurar documentos, procurar pessoas que, por acaso, possam esclarecer dúvidas que ele tenha – entidades, bancos, procurador-geral. Tem liberdade para procurar tudo o que for preciso para esclarecer todas as dúvidas que existam. A partir daí, fará relatório final e haverá a votação no Conselho de Ética.”

José Carlos Araújo afirmou que o fato de Eduardo Cunha presidir a Câmara não muda o ritmo do processo: “Antes de ser presidente da Câmara, ele foi eleito deputado. É um deputado como todos nós. Temos 513 deputados nesta Casa. Todos são iguais. Por acaso, ele está como presidente da Câmara, como outro está como primeiro-secretário, segundo-secretário ou vice-presidente, e como eu estou presidente do Conselho de Ética. É deputado como outro qualquer e será tratado como tal.”

A representação
No último dia 13 de outubro, o Psol e a Rede Sustentabilidade apresentaram representação ao Conselho de Ética com pedido de cassação do mandato de Cunha. Além dos líderes do Psol e da Rede, 46 parlamentares de outros cinco partidos, de forma individual, assinaram o documento.

O texto afirma que há “contradição entre a declaração realizada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que aponta a existência de apenas uma conta corrente em nome do representado, no Banco Itaú, e a declaração oficial da Procuradoria-Geral da República, que revela a existência de contas em nome do representado em bancos suíços”.

Defesa
O presidente Eduardo Cunha nega as acusações. Em nota divulgada pela assessoria, ele disse que foi escolhido para ser investigado como parte de uma tentativa do governo de calar e retaliar a sua atuação política.

12:20 · 26.08.2013 / atualizado às 12:20 · 26.08.2013 por

Na véspera da leitura da representação feita pela Ordem dos Advogados do Brasil, secção do Ceará, contra o vereador Leonelzinho Alencar, saiu publicado no Diário Oficial do Município o ato da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, nomeando os integrantes do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Legislativo da Capital.

Leonelzinho Alencar foi denunciado, na semana passada, pela Comissão de Ética da Política e de Combate à Corrupção Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Ceará, por atos de improbidade administrativa, corrupção e quebra do decoro parlamentar. O presidente da Câmara, vereador Walter Cavalcante, prometeu mandar ler a representação na sessão plenária desta terça-feira.

É o seguinte o ato da Mesa Diretora da Câmara, publicado na última edição do Diário Oficial do Município:

ATO DA MESA N° 014, DE 05 DE JULHO DE 2013

Dispõe sobre a nomeação do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Fortaleza, na forma que indica.

A MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA, no uso de suas atribuições legais que lhe outorgam toda a legislação em vigor, em especial o art. 4° da Resolução n° 1.545, de 19 de abril de 2000.

DECRETA: Art. 1° – O Conselho de Ética de Decoro Parlamentar fica composto dos seguintes membros efetivos: I – JOSÉ ADELMO MARTINS; II – CASIMIRO LEITE DE OLIVEIRA NETO – Corregedor (Membro Nato); III – DEODATO JOSÉ RAMALHO JÚNIOR; IV – ANTÔNIA GUEDES CABRAL AGUIAR ROCHA; V – VITOR PEREIRA VALIM; VI – FRANCISCO MANGUEIRA SOBRINHO; e VII – MAÍRTON FÉLIX FERREIRA.

Art. 2° – O Conselho de Ética de Decoro Parlamentar fica composto dos seguintes membros suplentes: I – ALÍPIO RODRIGUES DE OLIVEIRA NETO; II – FÁBIO SANTIAGO BRAGA; III – FRANCISCO VAIDON OLIVEIRA; IV – EULÓGIO ALVES DE MELO NETO; V – ANTONIO FARIA DE SOUSA; VI – GELSON MEDEIROS DE FERRAZ; VII – PAULO OSMAR DOS SANTOS DIÓGENES.

Art. 3° – Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação oficial. PAÇO DA CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA, em 05 de julho de 2013. Walter Lima Frota Cavalcante – PRESIDENTE. José do Carmo Gondim – 1° VICEPRESIDENTE. Adaíl Fernandes Vieira Júnior – 2° VICEPRESIDENTE. Elpídio Nogueira Moreira – 1° SECRETÁRIO. Francisco Wellington Sabóia Vitorino – 2° SECRETÁRIO. Antônio Henrique da Silva – 3° – SECRETÁRIO.

 

 

09:30 · 31.01.2013 / atualizado às 09:30 · 31.01.2013 por

Ontem, no segundo dia do seminário para vereadores eleitos e reeleitos e seus assessores, na Câmara Municipal, a palestra sobre ética e decoro parlamentar reascendeu o debate em torno da Comissão de Ética da Casa. Reestruturada em agosto do ano passado – logo após o surgimento de denúncias de que a esposa do vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) recebia ilegalmente benefícios do programa Bolsa Família –, o colegiado não se reuniu, nem deu qualquer encaminhamento. Na nova legislatura, alguns parlamentares defendem a criação de uma Comissão de Ética Permanente.
O ex-presidente da Câmara, vereador Acrísio Sena (PT), afirma que a criação do colegiado permanente deve ser o principal desafio da Casa, na nova legislatura. “Não por conta desse último incidente (pedido do Ministério Público de cassação do mandato de Leonelzinho Alencar), mas para que a gente possa trabalhar de forma permanente, em uma ação preventiva”, justifica. Segundo o parlamentar, a comissão – reestruturada em agosto de 2012, por determinação dele – não se reuniu, pois as atenções dos parlamentares estavam voltadas para as eleições municipais de outubro.
Na avaliação do líder do Governo na Casa, vereador Evaldo Lima (PCdoB), a criação da Comissão de Ética Permanente é imperativo para que “haja o bom debate no parlamento”. O comunista afirma que o colegiado serviria para resolver “algumas questões menores, que apequenam o parlamentar e diminuem a dimensão e a importância dessa Casa”. O vereador disse ainda acreditar que, caso haja a proposta para a criação, a comissão será aplaudida por todos os parlamentares, pois “é algo que unifica os interesses da Câmara”.
O novo presidente da Casa, vereador Walter Cavalcante (PMDB), afirmou, no entanto, que não há necessidade de implantar uma Comissão de Ética Permanente, pois a Câmara possuir um Conselho de Ética legalmente constituído – com as mesmas atribuições –, que precisa apenas ser instalado. “Se for preciso, o conselho vai estar pronto para agir”, disse, esclarecendo que vai nomear novos integrantes para o conselho logo após receber a lista com os líderes de cada partido. “Agora dizer que ele vai fazer alguma coisa, só se for solicitado para dar um parecer”, acrescentou.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs