Busca

Categoria: Constrangimento


10:35 · 01.05.2018 / atualizado às 10:49 · 01.05.2018 por

 

Matéria publicada no Diário do Nordeste, no último sábado, tratando dos protestos contra políticos e autoridades brasileiras, dentro e fora do Brasil FOTO: CID BARBOSA

No último sábado, coincidentemente com a publicação de uma matéria pelo Diário do Nordeste, assinada pelo jornalista William Santos, tratando das manifestações de protestos no Brasil e no exterior contra políticos e autoridades brasileiras, três episódios ocorreram no Interior do Ceará, causando constrangimento a outros políticos que participaram dos respectivos eventos.

Um dos protestos contra político foi no Município de Irapuan Pinheiro, na festa de aniversário dos 30 anos de sua emancipação, tendo como alvo o deputado federal do PSDB, Raimundo Gomes de Matos.

Os dois outros aconteceram no mesmo evento, no Município de Madalena, contra a deputada federal Gorete Pereira, presidente estadual do PR, e também contra o senador Eunício Oliveira, presidente do Senado. Em Madalena, o palanque tinha um número maior de políticos pois se tratava de uma programação elaborada pelo pessoal do Governo do Estado, com a presença do governador Camilo Santana.

Antes dos apupos em palanque, a deputada Gorete Pereira ainda foi vítima de constrangimento por ter errado o endereço da liderança política que procurava e foi bater na porta do adversário.

Reservadamente, alguns dos políticos presentes aos dois eventos não escondem suas preocupações com o que pode acontecer no curso propriamente da campanha eleitoral deste ano. As vaias dirigidas aos três políticos citados, segundo observadores, estão relacionadas ao envolvimento delas com o presidente Michel Temer, mas a questão da corrupção que tem atingido a um grande número de políticos brasileiros, também poderá ocasionar manifestações constrangedoras nos palanques dos diversos candidatos em 2018.

Nesta manhã, em São Paulo, o próprio presidente Michel Temer, foi o centro de um protesto de pessoas vítimas e curiosos dos trabalhos de remoção dos escombros de um incêndio de grandes proporções acontecido na madruga desta terça-feira. Temer disse que estava em São Paulo e não poderia deixar de ir emprestar solidariedade aos atingidos pelo incêndio.

09:41 · 04.11.2015 / atualizado às 11:03 · 04.11.2015 por

Nota no site da coluna Radar, da revista Veja, falando do encontro de procuradores da República no Município de Caucaia, na última semana, registra que o advogado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o ex-procurador-geral da República Antônio Fernando de Souza causou um constrangimento geral pelo fato de estarem, no mesmo evento, os procuradores responsáveis pela Operação Lava-Jato, que também investiga Eduardo Cunha.

Leia a nota:

Causou constrangimento em muita gente a presença do ex-procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza num resort em Caucaia (CE) no último fim de semana.

No local acontecia o 32º Encontro Nacional dos Procuradores da República e contou com a presença dos integrantes da força-tarefa da Lava-Jato, que tem o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como um dos denunciados.

Como Souza é o principal advogado de Cunha nos processos, cada vez que ele se juntava a uma roda de conversa, os procuradores pouco a pouco iam se dispersando.

A sorte de Souza foi que o também ex-procurador-geral Roberto Gurgel estava no evento, sendo praticamente sua única companhia durante o encontro.