Edison Silva

Categoria: Conteúdo


09:44 · 01.09.2018 / atualizado às 09:46 · 01.09.2018 por
TSE elaborou cartilha para orientar partidos e candidatos sobre impulsionamento de publicações nas redes sociais. Imagem: Divulgação/TSE

Uma novidade das eleições de 2018, aprovada na minireforma eleitoral de 2017, já é realidade nas campanhas dos candidatos cearenses. O impulsionamento de conteúdo na internet, as chamadas publicações pagas, era visto com frequência no ambiente pré-eleitoral, mas agora consta na prestação de contas feita pelos candidatos junto à Justiça Eleitoral.

Ao Governo do Estado, General Theophilo (PSDB) declarou ter investido R$ 20 mil reais no sistema. Por enquanto, até a última consulta feita, ontem, no DivulgaCandContas, apenas o tucano comunicou despesa com a novidade. O governador Camilo Santana (PT), que busca a reeleição, tem arrecadação, mas ainda não apresenta despesas. Ailton Lopes (PSOL) ainda não teve custos com a campanha na internet. Os demais candidatos não têm nenhuma movimentação: Hélio Góis (PSL), Francisco Gonzaga (PSTU) e Mikaelton Carantino (PCO).

Candidato à Câmara dos Deputados, Capitão Wagner (PROS) gastou R$ 17.520,00 com a campanha, sendo R$ 10 mil para o impulsionamento de conteúdo. O deputado federal Cabo Sabino (Avante) contabiliza aproximadamente R$ 38 mil em despesas, das quais R$ 6 mil foram para publicações pagas no Facebook e no Instagram, que visam chegar a um maior número de eleitores.

Cartilha

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elaborou uma cartilha interativa com regras sobre a propaganda na internet para serem seguidas por partidos e candidatos. A Justiça Eleitoral lembra, no conteúdo, que o impulsionamento de publicações no Facebook e no Instagram é permitido, mas deve ser contratado diretamente por meio das plataformas de mídias sociais, com base na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997).

“O material é importante também para os eleitores, que poderão conhecer as regras para saber se seus candidatos estão promovendo suas campanhas dentro do que estabelece a lei”, informou o órgão eleitoral. A cartilha está disponível aqui.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs