Edison Silva

Categoria: Decisão do TRE


19:31 · 21.08.2012 / atualizado às 19:31 · 21.08.2012 por

A assessoria do Ministério Público distribuiu uma nota, agora há pouco, dando conta de uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral, agora no fim da tarde, desautorizando o Tribunal de Contas dos Municípios a suspender efeitos de  suas decisões desaprovando contas de gestores municipais.  O caso alcançou um vereador do Município de Aquiraz. O que diz a  nota do Ministério Público:

“Tribunal Regional Eleitoral do Ceará -TRE/CE decide que o TCM-CE não pode, em incidente de nulidade ou recurso de revisão, suspender a inelegibilidade daqueles que tiveram contas rejeitadas em decisão irrecorrível. Uma grande vitória da Lei da Ficha Limpa”, informa o procurador regional eleitoral Márcio Andrade Torres sobre a decisão do TRE/CE nesta terça-feira, dia 21 de agosto.

Em 06 de agosto, o Ministério Público Federal no Ceará através da Procuradoria Regional Eleitoral divulgou a notícia que o “Tribunal de Contas dos Municípios altera a lista dos gestores com contas rejeitadas”.

Na sessão ordinária realizada no dia 26 de julho de 2012, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará – TCM/CE excluiu os seguintes nomes da lista de gestores com contas rejeitadas encaminhada à Justiça Eleitoral: 

EDUARDO RIBEIRO LIMA, relativamente ao processo nº 8287/06;

FRANCISCO CELSO CRISOSTOMO SECUNDINO, relativamente ao processo nº 10220/04;

FRANCISCO CELSO CRISOSTOMO SECUNDINO, relativamente ao processo nº 10219/04;

ANA HELENA PAULA PESSOA NEVES DE ARAUJO, relativamente ao processo nº 10227/08;

ANTONIO ALMIR BIE DA SILVA, relativamente ao processo nº 11125/03;

JOAO BATISTA BASTOS LIRA, relativamente ao processo nº 12691/07;

JOSE STENIO RIOS, relativamente ao processo nº 2844/06;

PAULO RICARDO GOMES ALVES, relativamente ao processo nº 1599/06;

PAULO RICARDO GOMES ALVES, relativamente ao processo nº 10426/06.

O TCM acatou pedido dos advogados dos mencionados gestores, os quais alegaram nulidades nos respectivos processos administrativos, relativas à não, observância da ampla defesa e do contraditório. 

Para a Procuradoria Regional Eleitoral, a decisão constitui verdadeira tentativa de burla à aplicação da Lei da Ficha Limpa, já que em todos os casos a decisão do TCM já havia se tornado definitiva e, em alguns deles, o próprio Poder Judiciário não havia reconhecido qualquer vício ou nulidade flagrante no processo do TCM. 

Para a Procuradoria Eleitoral, as decisões do TCM são um retrocesso na aplicação da Lei da Ficha Limpa. Segundo o Procurador Márcio Torres, este ano as liminares judiciais foram em menor número que nas eleições anteriores No Supremo Tribunal Federal, para os ex-prefeitos que questionavam a incompetência do TCM de julgá-los pelas contas de gestão, apenas 3 dos 10 ministros concederam liminares em reclamações. Na Justiça Estadual, as liminares favorecendo ex-gestores foram concentradas em 3 das 9 varas da Fazenda Pública e, em considerável parte dos casos, o Ministério Público obteve, a partir de Pedidos de Suspensão de Liminares formulados pelo Procurador-Geral de Justiça, Dr. Ricardo Machado, decisão que garantiu a aplicação da Lei da Ficha LImpa por parte do Presidente do Tribunal de Justiça, Des. Arísio Lopes da Costa.

 Observa o procurador que na contramão de um esforço conjunto do Ministério Público e a sensibilidade do Poder Judiciário numa mais criteriosa avaliação dos pedidos de anulação ou suspensão dos ex-gestores, inclusive com a elogiosa atuação do Presidente do TJ/CE e do Procruador-Geral de Justiça, os maus gestores estão agora “voltando a bater na porta do TCM” para afastar a inelegibilidade e se livrarem da Lei da Ficha Limpa”.

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs