Busca

Categoria: Delinquentes


11:08 · 13.05.2017 / atualizado às 11:15 · 13.05.2017 por

Em palestra a estudantes brasileiros em Londres, na Inglaterra, neste sábado (13), o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, ao tratar dos escândalos de corrupção no Brasil, afirmou que a impunidade criou um País de “ricos delinquentes”. Segundo ele, o direito penal brasileiro é incapaz de punir pessoas que estejam acima de determinada faixa de renda. As informações são do jornal O Globo.

“A verdade é que um direito penal absolutamente incapaz de atingir qualquer pessoa que ganhe mais de cinco salários mínimos criou um país de ricos delinquentes, em que a corrupção passou a ser um meio de vida para muitos e um modo de fazer negócios para outros”, disse. “Houve um pacto espúrio entre iniciativa privada e setor público para desviar esses recursos. E não é fácil desfazer esse pacto. Qualquer pessoa que esteja assistindo o que se passa no Brasil pode testemunhar”, acrescentou.

As declarações foram dadas durante o Brazil Forum, evento realizado na Universidade London School of Economics and Political Science. O ministro defendeu, porém, que um País não pode ser refundado com “direito penal e punições exacerbadas”, mas com educação, distribuição de renda e debate público de qualidade.

Luís Roberto Barroso também sustentou que é necessária uma reforma política com restrições ao foro privilegiado, fim das coligações proporcionais, voto distrital musto e fim da cláusula de barreira. Segundo ele, ainda, o Brasil tem um sistema “hiper-presidencialista” que poderia ser substituído por sistema semi-presidencialista, como é na França.

O ministro defendeu, também, a reforma Previdenciária, criticando os que se voltam contra sua realização. Para ele, a idade mínima para a aposentadoria deveria ser de 65 anos.