Busca

Categoria: Desapontamento


12:26 · 23.07.2017 / atualizado às 12:27 · 23.07.2017 por

 

O deputado Odilon Aguiar foi vereador e prefeito de Tauá com o apoio de Domingos Filho, por isso o seu empenho na votação da PEC do TCM FOTO: José Leomar

O deputado Odilon Aguiar (PMB), pelas ligações muito próximas com o conselheiro presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Domingos Filho, saiu duplamente derrotado, na última semana, quando da primeira votação da emenda à Constituição que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Ele foi o maior combatente da luta pela manutenção do TCM. Os outros poucos deputados da oposição foram menos incisivos na contestação dos argumentos apresentados para a extinção daquela Corte de Contas.

Odilon, ainda na quinta-feira, quando a emenda constitucional foi aprovada em primeiro turno, ele recorreu ao Judiciário para impedir que pouco mais de uma dezena de deputados fossem impedidos de votar no segundo turno de votação da proposição sob a alegação de que eles têm contas a prestar ao TCM, por terem sido prefeitos ou secretários municipais ou mesmo vereadores. A Justiça negou o seu pleito na sexta-feira.

Mas o que mais machucou o deputado não foram as derrotas no plenário da Assembleia e no Judiciário. O que deixou mais abatido foi o fato de não ter tido condição de cumprir a programação que tinha feito de surpreender a sua filha com uma festa de aniversário de 15 anos, em Londres, onde tudo já estava preparado para a última sexta-feira. A aniversariante que já estava na Europa, em excursão escolar, não gostou de saber, pelo próprio Odilon,  que a surpresa da festa foi ocasionada pela PEC do TCM. O deputado não revela o prejuízo financeiro, sem dúvida bem menor que o desapontamento da filha.