Busca

Categoria: Desautorizado


10:00 · 04.01.2015 / atualizado às 10:00 · 04.01.2015 por

A nota de responsabilidade do Ministério do Planejamento, publicada no último sábado, confirmando que a fórmula de definição dos valores do salário mínimo nos próximos anos será a mesmo vigente atualmente, não só desautoriza o próprio ministro Nelson Barbosa, empossado na última quinta-feira, como mostra a falta de sintonia entre a presidente Dilma Rousseff e um dos principais auxiliares do seu Governo.

Na sexta-feira, após a transmissão de cargo em que Nelson Barbosa, de fato, passou a comandar o Planejamento do Governo Central, ele declarou, em entrevista coletiva, que o Governo mandaria ao Congresso Nacional um projeto de lei fixando novas normas para o estabelecimento dos valores do salário mínimo. A presidente, segundo o noticiário, já no gozo de mais um período de férias, na Bahia, ao tomar conhecimento da afirmação do ministro ordenou que ele dissesse à Nação, no sábado, que não haveria a mudança por ele próprio anunciada. Ele cumpriu a ordem com a publicação da nota.

O fato é lamentável. Negativo para o Governo e pior ainda para o ministro que, no mínimo, por respeito próprio, deveria ter entregue o cargo ao ser desautorizado a falar pelas responsabilidades de sua Pasta. Ficar ministro, sem autoridade  e sem sintonia com o projeto da presidente, como demonstraram a declaração de sexta-feira e a nota de sábado, prejudica a todos.