Busca

Categoria: Despesas do Estado


09:05 · 21.06.2016 / atualizado às 09:05 · 21.06.2016 por

Em 2015 o Governo do Estado do Ceará gastou 11,18% menos com o pessoal terceirizado em comparação com 2014, o último ano da gestão Cid Gomes.

Segundo o relatório feito pelo Tribunal de Contas do Estado, analisando as contas do ano passado, para recomendar a sua aprovação pela Assembleia Legislativa, “a participação das despesas com terceirização diminuiu 11,18% em relação a 2014. Observa-se redução de 21,30% na contratação de Serviços de Terceiros – Pessoa Física (Estagiários, Bolsas de Trabalho, Apoio Administrativo e Parlamentar) e queda de 10,84% na contratação de Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica, os quais destinaram 38,86% dos recursos aos Contratos de Gestão. Na contratação dos Serviços de Consultoria, o recuo foi de 77,70%, em relação a 2014, em termos reais.”

Por outro lado, está escrito no mesmo documento que “em 2015, o valor total das Despesas Previdenciárias alcançou o montante de R$ 2,7 bilhões e as Receitas Previdenciárias apenas 55% desse total, exigindo aporte do Estado de R$ 1,2 bilhão, para honrar as despesas previdenciárias. Assim, em 2015, houve um déficit previdenciário de R$ 1,2 bilhão.”

Sem as despesas com a Previdência, o Estado gastou, em 2015, R$ 6,9 bilhões com a folha de pessoal, correspondendo a 45,93% da sua Receita Corrente Líquida do período.