Edison Silva

Categoria: Despesas do Estado


09:05 · 21.06.2016 / atualizado às 09:05 · 21.06.2016 por

Em 2015 o Governo do Estado do Ceará gastou 11,18% menos com o pessoal terceirizado em comparação com 2014, o último ano da gestão Cid Gomes.

Segundo o relatório feito pelo Tribunal de Contas do Estado, analisando as contas do ano passado, para recomendar a sua aprovação pela Assembleia Legislativa, “a participação das despesas com terceirização diminuiu 11,18% em relação a 2014. Observa-se redução de 21,30% na contratação de Serviços de Terceiros – Pessoa Física (Estagiários, Bolsas de Trabalho, Apoio Administrativo e Parlamentar) e queda de 10,84% na contratação de Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica, os quais destinaram 38,86% dos recursos aos Contratos de Gestão. Na contratação dos Serviços de Consultoria, o recuo foi de 77,70%, em relação a 2014, em termos reais.”

Por outro lado, está escrito no mesmo documento que “em 2015, o valor total das Despesas Previdenciárias alcançou o montante de R$ 2,7 bilhões e as Receitas Previdenciárias apenas 55% desse total, exigindo aporte do Estado de R$ 1,2 bilhão, para honrar as despesas previdenciárias. Assim, em 2015, houve um déficit previdenciário de R$ 1,2 bilhão.”

Sem as despesas com a Previdência, o Estado gastou, em 2015, R$ 6,9 bilhões com a folha de pessoal, correspondendo a 45,93% da sua Receita Corrente Líquida do período.

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs