Busca

Categoria: Diretório Nacional


14:29 · 12.10.2017 / atualizado às 15:05 · 12.10.2017 por

 

A situação do deputado Danilo Forte no PSB será decidida na reunião do diretório nacional do partido, segunda-feira

A situação do PSB cearense poderá ficar esclarecida na próxima segunda-feira, quando a direção nacional do partido vai analisar, em Brasília, a situação dos deputados federais considerados infiéis, por terem votado contra a orientação da agremiação no caso da primeira denúncia feita contra o presidente da República, Michel Câmara, que a Câmara Federal, com os votos dos socialistas, negou autorização para que o presidente fosse processado no Supremo Tribunal Federal.

O deputado cearense, Danilo Forte, é considerado um dos infiéis e por isso ele foi afastado do comando do PSB cearense, substituído pelo deputado Odorico Monteiro, eleito pelo PT,  que depois ingressou no PROS e posteriormente foi para o PSB.

Danilo ganhou na Justiça de Brasília, recentemente, o direito de permanecer no comando do PSB cearense. A decisão do diretório nacional, segunda-feira, poderá reverter a situação determinada pela Justiça, no caso de o deputado passar a responder um processo de expulsão da agremiação, ou, ao contrário, se for absolvido pela direção nacional, permanecer como está.

Leia a nota do PSB que convocou a reunião de segunda-feira:

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, convocou reunião dos membros do Diretório Nacional para a próxima segunda-feira (16), às 19h, em Brasília.
 
No encontro, os socialistas vão deliberar sobre os processos disciplinares dos deputados Danilo Forte (CE), Fábio Garcia (MT), Fernando Coelho Filho (PE) e Tereza Cristina (MS) que descumpriram o fechamento de questão unânime da Executiva Nacional e do Diretório Nacional do partido ao votar a favor da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados.