Busca

Categoria: Dívidas


08:21 · 11.07.2014 / atualizado às 08:21 · 11.07.2014 por

Uma proposta do deputado federal cearense, André Figueiredo, sobre dívida dos times brasileiros, ganhou destaque e agora tem o apoio do Governo, segundo noticiou hoje o jornal Folha de S.Paulo.

Leia a íntegra do notícia:

“Projeto de lei sobre dívidas de clubes vai à Câmara

DE BRASÍLIA

Apontado pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, como uma das possibilidades de revolução no futebol brasileiro, o projeto da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte está pronto para ser votado pela Câmara dos Deputados.

O texto, apresentado em 2013 pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE), propõe o refinanciamento das dívidas dos clubes por um prazo de até 25 anos desde que eles sigam parâmetros de gestão financeira e responsabilidade fiscal.

A proposta estabelece punições para quem não cumprir as novas regras. Os clubes que não prestarem contas das dívidas poderão ser rebaixados e quem atrasar salários de atletas e funcionários poderá sofrer outras sanções.

Para Rebelo, a proposta representa uma “modernização dos clubes”. O relator do projeto, deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), acredita que o texto irá “equacionar” o futebol brasileiro dentro de uma “perspectiva mais moderna”.

Leite afirma que a discussão sobre a renovação do esporte no país após a derrota da seleção pode estimular a votação da proposta nos próximos dias.

18:47 · 03.12.2012 / atualizado às 18:47 · 03.12.2012 por

A notícia dada aos integrantes da equipe de transição do futuro prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, sobre uma negociação para o pagamento de uma dívida de R$ 40 milhões com os servidores municipais, nos próximos dias, abalou, também, o gabinete de Roberto Cláudio, no prédio da Caixa Econômica, onde trabalha na montagem do seu Governo, a partir de 1º de janeiro do próximo ano.

Os servidores, segundo as informações chegadas por lá, teriam ganho uma ação contra o Município de Fortaleza, há alguns anos. A atual administração nunca teve a preocupação de acertar essa pendência. Agora, no fim da gestão, faltando pouco menos de 30 dias para a mudança de Governo estaria havendo a negociação para a Prefeitura ficar pagando, a partir de janeiro, uma dívida mensal de R$ 1 milhão durante 40 meses.