Edison Silva

Categoria: Empate


09:53 · 16.09.2018 / atualizado às 10:57 · 16.09.2018 por
Por Miguel Martins
Camilo ao lado de Ciro em carreata no Município de Sobral, recentemente Foto: Marcelino Júnior

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, acredita que o governador Camilo Santana, do PT, antes do pleito do dia 7 de outubro, confirmará apoio ao presidenciável Ciro Gomes. No entanto, a direção do Partido dos Trabalhadores espera que o petista cumpra  compromisso firmado durante o Encontro de Tática Eleitoral, de apoio à candidatura de sua legenda à Presidência  da República.

A mais recente pesquisa Datafolha mostrou que Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT) estão empatados com 13% das intenções de voto. A corrida eleitoral deste ano se assemelha ao que aconteceu no pleito de 1989, quando PDT e PT  disputaram uma das duas vagas ao segundo turno contra Fernando Collor.

Para Carlos Lupi, o crescimento de Fernando Haddad é como o de um balão japonês, “pequenininho, que dá uma largada boa, mas em cinco minutos ele cai porque não tem sustância”. Segundo ele, a candidatura do petista não tem espessura para seguir em um crescimento por mais tempo. “Esse é o crescimento do Haddad, o de um balão japonês. Não se mantém porque falta muito para ele manter o crescimento. Ele já foi até onde poderia ter ido, e quando começar a artilharia pesada, ele começa a baixar”, disse.

Questionado se tal “artilharia” partiria de Ciro Gomes, o dirigente desconversou afirmando apenas que o Partido dos Trabalhadores, assim como o candidato petista são rejeitados pela população. “As críticas, os questionamentos, a rejeição do PT, que seria de 62%. Tudo isso fará com que ele pare de crescer”. Ele ressaltou que o candidato pedetista continuará apostando no projeto apresentado até aqui, trabalhando para se mostrar como o mais preparado, e com o intuito de realizar um governo de união nacional.

Camilo ao lado de Haddad, encerrando caminhando no Centro de Fortaleza, antes de evento com Ciro Foto: Thiago Gadelha

Em relação à situação de dubiedade do governador Camilo Santana, que não se posiciona oficialmente sobre a candidatura petista ou pedetista, Lupi acredita que o chefe do Poder Executivo Estadual tende a estar ao lado de Ciro Gomes, no momento certo.  O dirigente chegou a cantar uma música do grupo Revelação quando de sua resposta. “Eu te respondo com a letra desta música. Deixa acontecer naturalmente… Acho que é natural que ele fique com o Ciro. O Camilo é fruto da liderança do Ciro e do Cid no Ceará”, afirmou.

Do outro lado, os petistas exigem que o governador, apesar da aliança com o presidenciável do PDT, apoie, de forma incondicional, o nome de Haddad na disputa deste ano. De acordo com o presidente estadual do PT, Moisés Braz, um voto a mais ou um voto a menos fará toda a diferença no pleito deste ano, e o apoio no Ceará é importante para a candidatura petista, principalmente, porque Camilo é filado ao partido.

“Estamos exigindo, cobrando dele, que cumpra a resolução do congresso. Para o PDT e para o Ciro é muito estratégico o apoio do Camilo nessa corrida. O Ceará pode fazer a diferença, mas esperamos que ele faça a diferença pro nosso lado”, afirmou Braz.

Segundo ele, em alguns municípios e em algumas ocasiões, Camilo estará no palanque com Ciro Gomes, uma vez que existe uma coligação partidária no Ceará. No entanto, ele reafirmou que quer que o governador deixe claro em seus palanques que o PT tem uma candidatura à Presidência, que é o Haddad, e que este seria o seu candidato. “O Camilo precisa dizer ao eleitorado que o candidato dele é o Haddad. É isso o que estamos cobrando”.

Para Moisés Braz, nos próximos dez dias a tendência é que Fernando Haddad ultrapasse todos os demais adversários na corrida eleitoral, inclusive Ciro Gomes. No entanto, assim como disse Lupi, ele destacou que o Ciro não é o adversário do petista, mas a direita, que teria como representantes Jair Bolsonaro, do PSL, e Geraldo Alckmin (PSDB).

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs