Busca

Categoria: Encontros


11:17 · 20.11.2016 / atualizado às 11:17 · 20.11.2016 por
A deputada federal Luizianne Lins não consta da relação dos parlamentares petistas que participarão do encontro de segunda-feira Foto: José Leomar
A deputada federal Luizianne Lins não consta da relação dos parlamentares petistas que participarão do encontro de segunda-feira Foto: José Leomar

A direção estadual do PT manda informação sobre o encontro que fará na segunda-feira, em Fortaleza, com os prefeitos, vice e vereadores eleitos no Ceará, nas últimas eleições, relacionando alguns parlamentares federais que dele participarão e não consta os nomes dos deputados José Airton e Luizianne Lins. O governador Camilo Santana, que é do PT, também não está na relação dos participantes, embora um seu auxiliar, Fernando Santana, candidato a prefeito derrotado em Barbalha, figure entre os relacionados.

Leia a nota distribuída pela direção estadual do PT sobre o encontro desta segunda-feira:

PT Ceará reúne eleitos no dia 21 de novembro

O encontro irá levantar o debate sobre os desafios da nova gestão, além de propor novas ideias.

O Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores Ceará (PT-CE) reúne na próxima segunda-feira, 21 de novembro em Fortaleza, os 16 prefeitos eleitos e reeleitos pelo Partido no primeiro turno das eleições municipais de 2016, os 18 vices e também os 134 parlamentares que conquistaram mandato nas urnas para representarem a população nas câmaras municipais.

O Encontro Estadual com prefeitos, vices e vereadores eleitos acontece a partir das 8h30, no Hotel Romanos, em Fortaleza. Dividido em dois painéis, o evento pretende apresentar ideias para uma gestão mais democrática, transparente e participativa dos parlamentares, além de discutir os desafios que a atual conjuntura apresenta.

De acordo com o secretário de Formação Política do PT Ceará, Antonio Filho Conin, “o encontro vem em caráter formativo com o objetivo de reforçar as diretrizes do partido na atuação parlamentar, e para mostrar a importância dos municípios no desenvolvimento do país”, afirma.

“Temos que cumprir nosso papel em defesa do trabalhador e da democracia, através de uma boa gestão nos mandatos nos municípios do Estado. A luta pelos direitos do povo e uma maior participação política da sociedade é essencial para revertemos o golpe que nosso país sofreu e sofre hoje”, explica o presidente do PT Ceará, De Assis Diniz.

12:29 · 15.12.2014 / atualizado às 12:29 · 15.12.2014 por

Camilo Santana (PT), governador eleito do Ceará, conversou com praticamente todos os presidentes dos partidos coligados para a sua eleição, tentando aplacar a inquietação deles quanto aos cargos no Governo a se instalar em janeiro vindouro. Não adiantou muito, nem prometeu secretarias, o sonho de vários dos interlocutores, mas deixou um consolo ao anunciar a mudança de todo o segundo e terceiro escalões da administração estadual, quando as indicações políticas serão aproveitadas.

Só não passou pelo confessionário do governador, como os demais presidentes de partido, Danilo Serpa, representante do PROS, o principal partido de sustentação da eleição de Camilo, e de quem o governador eleito não tem se separado desde a campanha. Do mesmo modo tem sido seu companheiro inseparável, Mauro Filho. Danilo está dividindo a chefia de Gabinete do governador Cid Gomes, com as reuniões e andanças de Camilo, Brasil afora. O próximo governador utiliza, desde logo após sua vitória, em outubro passado, toda a estrutura do Governo.

Supõe-se, por ser natural, dado a proximidade e confiança entre ambos (Camilo e Danilo), estar o quinhão do PROS definido, embora tudo ainda esteja sob reserva, para evitar as especulações e ciumadas, embora seja um martírio para deputados e outros líderes do partido, totalmente desinformados sobre os propósitos do próximo ocupante do Palácio da Abolição. Situação idêntica aos aliados das demais outras agremiações.

A conversa de Camilo com o presidente do seu partido, o PT, De Assis Diniz, teve desdobramentos. De Assis fez um relato do encontro para cada um dos representantes das oito correntes do partido, tenham ou não votado em Camilo: a dele, liderada pelo deputado José Guimarães e as de Luizianne, do senador José Pimentel, dos deputados federais José Airton e Artur Bruno, as dos vereadores Acrísio Sena e Deodato Ramalho, e a do Ilário Marques.

Camilo pediu a todos os presidentes de agremiações partidárias aliadas, indicações de nomes relacionados às diversas áreas da administração estadual. Não falou em secretariado, mas o presidente do PSD, Almircy Pinto sugeriu, na ocasião, o nome do deputado Osmar Baquit para o primeiro escalão.

09:56 · 28.01.2013 / atualizado às 09:56 · 28.01.2013 por

O prefeito Roberto Cláudio (PSB) volta a se reunir com os vereadores da Câmara Municipal de Fortaleza, a partir da segunda quinzena do mês de fevereiro. No entanto, dessa vez, o gestor irá realizar encontros com as bancadas partidárias e não mais, individualmente, como o fez logo que após ser eleito. Ainda nesta semana o prefeito vai convidar todos os 43 legisladores da Capital e o seu secretariado para um café da manhã, onde os parlamentares irão ter oportunidade de conhecer o funcionamento da nova máquina.
De acordo com o líder do Governo na Cassa Legislativa, Evaldo Lima (PCdoB), o dia e o horário do evento ainda dependerão da agenda do prefeito, mas ele afirma que essa reunião acontecerá até o início dos trabalhos legislativos, que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 1º de fevereiro. “A reunião é para pautar algumas pendências e tirar dúvidas dos vereadores, porque muitos partidos estão requerendo essa audiência com o prefeito e eu argumentava com eles que o prefeito estava em uma rotina intensa de dedicação à cidade, além de viagens à Brasília e conquistas junto ao Governo Federal, como a recuperação de 80 creches e outros pontos necessários para a cidade”, salientou.