Busca

Categoria: Equilibrio fiscal


15:08 · 05.06.2017 / atualizado às 15:08 · 05.06.2017 por

 

Segundo o governador Camilo Santana, o secretário da Fazenda, Mauro Filho, é o responsável pelo equilíbrio fiscal do Estado, e exemplo para os demais secretários de Fazenda do Brasil FOTO: Fabiane de Paula

O Estado do Ceará vai ter um déficit de aproximadamente R$ 1 bilhão e 800 milhões no seu Sistema Previdenciário neste ano. A afirmação é do governador Camilo Santana, defendendo mudanças para permitir que o Estado continue, no futuro, pagando aos seus aposentadores e pensionistas. Camilo, no plano nacional, é contra a mudança da Previdência para o trabalhador rural.

A afirmação do governador foi para a plateia de prefeitos, no encontro que acontece entre hoje e amanhã, no Centro de Eventos, em Fortaleza, acontecimento que já se realiza há alguns anos com a chancela do Diário do Nordeste e outros parceiros.

Segundo Camilo, no ano passado, o Estado teve investir R$ 1 bilhão e meio para zerar as contas da previdência que tem um universo de 60 mil aposentados e pensionistas, recebendo seus proventos e pensões ao mesmo tempo que os servidores da ativa recebem, mensalmente, seus vencimentos.

Camilo elogiou a performance do secretário da Fazenda, Mauro Filho, pelo seu trabalho em defesa do equilíbrio fiscal do Estado do Ceará, exemplo para todos os demais estados brasileiros, tanto na parte referente aos pagamentos em dia das obrigações do Tesouro estadual, incluindo o pessoal, quanto na garantia dos recursos para o Estado continuar investindo em infraestrutura, setor indispensável ao desenvolvimento do Ceará.