Busca

Categoria: Equipe


17:38 · 06.02.2015 / atualizado às 17:51 · 06.02.2015 por

A assessoria de comunicação do Governo do Estado encaminhou às redações, agora há pouco, novos nomes da equipe governamental.

Leia, na íntegra, o que noticiou o Governo:

Governo do Estado divulga nomes de secretários Adjuntos das secretarias da Saúde (SESA) e Recursos Hídricos SRH), titular da Superintendência do Meio Ambiente do Estado (SEMACE) e secretários executivos de quatorze pastas.

SECRETÁRIOS ADJUNTOS

SECRETARIA DE RECURSOS HÍDRICOS (SRH)

RAMON RODRIGUES
Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Ceará (UFC) com MBA em Administração de Empresas (UECE). Foi secretário executivo da Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará duas vezes e secretário nacional de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional.

SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ (SESA)

HENRIQUE JAVI
Graduado em Física pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Coordenou o Programa de Expansão e Fortalecimento da Atenção Especializada à Saúde do Governo do Estado do Ceará. Foi Presidente no Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar e consultor com ênfase às áreas de gerenciamento de processos, certificação e estatística em saúde.

AUTARQUIA

SUPERINTENDÊNCIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (SEMACE)

RICARDO ARAÚJO
Engenheiro Florestal, possui mestrado em Ciências de Florestas Tropicais pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Exerceu os cargos de superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama-AM) e gerente executivo do Ibama de Santarém (PA). Atualmente ocupava a chefia da Coordenadoria de Fiscalização da Semace.

SECRETÁRIOS EXECUTIVOS

CASA CIVIL Francisco Cavalcante

PLANEJAMENTO (SEPLAG) Frederico Alencar

EDUCAÇÃO (SEDUC) Dalila Saldanha

SECITECE Gilvan Paiva

CULTURA Ana Maria Fontenele

TURISMO Luciana Lobo

CIDADES Ronaldo Borges

RECURSOS HÍDRICOS (SRH) Raimundo Melo

DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO (SDA) Felipe Pinheiro

MEIO AMBIENTE Maria Dias

ESPORTE Mailson da Cruz

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Ana Nogueira

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO Rommel Barroso

CASA MILITAR Major PM Marcius Reges Pinheiro Rodrigues

09:13 · 30.12.2014 / atualizado às 09:14 · 30.12.2014 por

Só ontem, no fim da manhã, o governador eleito concluiu a formação do secretariado que acabou anunciando, à tarde passada. Só os futurólogos, agora, poderiam falar sobre se foi ou não boa a escolha do governador Camilo Santana, posto ser prudente dar à equipe apontada o necessário voto de confiança, mesmo com as ressalvas feitas a alguns nomes incluídos na relação, como se compensados estivessem sendo por perderem a eleição, pois sem experiências executivas e dissociados das competências das pastas a ocuparem.

Camilo manteve no primeiro escalão do Governo, o núcleo central da gestão anterior. Nada a condenar, pois foi com esse pessoal que ele conviveu nos últimos oito anos enquanto secretário de Desenvolvimento Agrário e das Cidades. E deixou o seu partido, o PT, do tamanho que era antes, com três secretarias, o suficiente para acomodar dois suplentes de deputado estadual: Dedé Teixeira e Artur Bruno, assim como o vereador de Fortaleza, Guilherme Sampaio e a Controladoria.

Para alguns dos escolhidos, Camilo chegou a justificar as posições deles no Governo, fazendo uma relação com o Ministério da Presidente Dilma, como é o caso do senador Inácio Arruda, na Ciência e Tecnologia com o futuro ministro Aldo Rabelo. É compreensível que queira o governador ter secretários com afinidades políticas ou pessoais com os respectivos auxiliares da presidente.

Mas, nada garante ser isso fundamental para possibilitar ao Estado ser melhor atendido pela esfera federal. Em qualquer das áreas da administração, o bom resultado das relações entre o Governo do Ceará e o Nacional vai depender do prestígio do próprio governador.

A partir de agora, por ser natural, vão surgir os burburinhos das insatisfações de aliados. Vários dirigentes de partidos esperavam ter filiados a seus grêmios no primeiro time governamental. A expectativa agora é quanto à formação dos segundo e terceiro escalões, o que vai acontecer depois dos dois primeiros meses de Governo. A intenção é renovar todo os cargos comissionados, mesmo que muitos, pelos apadrinhamentos, tenham que ficar no Governo, mas não nos postos ocupados atualmente.

Também restaram insatisfações na Assembleia, onde uns dois ou três deputados tinham pretensões de figurar no secretariado e foram tomados de surpresa com o anúncio sem terem sido informados do que a eles restariam posteriormente.

12:17 · 06.11.2012 / atualizado às 12:17 · 06.11.2012 por

O prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Claudio (PSB), definiu, há pouco, a sua equipe de transição que vai trabalhar em conjunto com a equipe da Prefeitura para a mudança de gestão. O parlamentar havia prometido, ontem, que anunciaria sua equipe assim que a prefeita Luizianne Lins oficializasse o processo de transição.

Compõem a equipe: Eudoro Santana, Coordenador do Plano de Governo da Coligação  “Para Renovar Fortaleza” e Secretário Executivo do conselho de Altos Estudos da AL; Aloisio Carvalho, ex-secretário de Finanças de Fortaleza, ex-controlador e ouvidor geral do Estado e atual secretário executivo da Secretaria de Segurança Publica e Defesa Social; José Leite Jucá, ex-procurador Geral da Assembleia e do Estado do Ceará e atual assessor Juridico da Presidencia da AL; e Jurandir Gurgel Gondim, economista e mestre em Economia e atual coordenador do Tesouro Estadual do Ceará.