Busca

Categoria: Febre Amarela


09:25 · 08.03.2018 / atualizado às 09:25 · 08.03.2018 por

Por Letícia Lima

O aumento no número de casos de febre amarela no País tem preocupado parlamentares cearenses, que se mobilizam junto à Secretaria de Saúde do Estado para a realização de uma campanha de vacinação, como forma de prevenir a doença no Ceará. Ontem, o deputado Thomaz Holanda (PPS) alertou, na tribuna da Assembleia Legislativa, para o fato de estados próximos ao nosso já apresentarem casos suspeitos de febre amarela. Além do mais, o Ceará, apesar de ser considerado pelo Ministério da Saúde um dos estados livres da doença no Brasil, recebe grande número de turistas.

O deputado Thomaz Holanda se mostrou preocupado com a rapidez com que a doença vem se espalhando e sugeriu uma campanha de vacinação preventiva no Ceará. “O nosso Estado recebe muitos turistas e visitantes. É preocupante, porque basta uma pessoa infectada ser picada pelo mosquito para que tenha a possibilidade de transmitir esse vírus para outras pessoas saudáveis. O Ceará é um Estado, reconhecidamente, turístico e aqui vêm pessoas de todos os estados, daí a necessidade de iniciar uma vacinação preventiva em todos os municípios do Interior e da Capital”, observou.

Holanda cobrou a votação final de um projeto de indicação, de sua autoria, já aprovado nas comissões da Casa, que solicita a realização de uma ampla campanha de imunização.

O deputado Manoel Santana (PT) também chamou atenção, durante a fala do colega, sobre a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que todos que viajam para São Paulo devem ser vacinados. “São muitos cearenses que estão indo daqui pra lá e paulistas que vêm pra cá e aqui temos o Aedes Aegypti que pode transmitir essa doença de forma urbana. As autoridades sanitárias dizem que o problema da febre amarela é de difícil solução e ela vai ocorrer de forma endêmica por um longo período até que a cobertura vacinal seja completa e quero me somar à vossa excelência para sensibilizar o secretário da necessidade de vacinar todos os cearenses que se desloquem até São Paulo”, acrescentou.