Busca

Categoria: Flanela


11:46 · 30.05.2018 / atualizado às 11:46 · 30.05.2018 por

Depois do óleo de peroba, foi a vez de uma flanela ser levada, hoje, à tribuna da Assembleia Legislativa, para criticar os partidos – PSD e Solidariedade – que, até então faziam oposição ao Governo do Estado, mas mudaram de “lado”, recentemente, e, agora, fazem parte da base aliada.

O deputado Heitor Ferrer, que está filiado a um desses partidos, o Solidariedade, comandado no Estado pelo deputado federal Genecias Noronha, dedicou o seu pronunciamento, no entanto, para criticar a postura do conselheiro em disponibilidade do extinto Tribunal de Contas dos Municípios, Domingos Filho, e de seu grupo, que dirigem o PSD no Ceará.

Heitor lembrou que foi alvo de críticas, inclusive de Domingos Filho, quando da apresentação de proposta que extinguiu o Tribunal de Contas dos Municípios, à época presidido pelo conselheiro, e que foi amplamente apoiada pela base do Governo na Casa. Agora, com a ida do grupo de Domingos para o esquema governista, Heitor disse que vai aproveitar o óleo de peroba, para, com a flanela, dar um “polimento na cara de pau da politicalhada do Ceará”.

“Eu comparo essa mudança da oposição com o sabido macaco, que pula de galho em galho para pegar o fruto mais suculento, mais gostoso”. No final do discurso, porém, Heitor admitiu que o seu partido, o Solidariedade, está incluído no grupo que mudou de “lado”. Ele disse que tratou sobre o assunto com o presidente da legenda, deputado Genecias Noronha, que o autorizou  a ficar “livre” para fazer oposição ao Governo do Estado.