Edison Silva

Categoria: Floexibilização


11:56 · 08.08.2018 / atualizado às 11:57 · 08.08.2018 por

O vereador Gardel Rolim (PPL) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza na manhã desta quarta-feira, 8, para lamentar os dados divulgados pela Fundação Abrinq, que apontaram para a volta do  crescimento da mortalidade infantil, após estagnação em mais de 25 anos, segundo dados referentes a 2016. De acordo com o parlamentar, houve “incompetência do SUS nesse ponto”.

Segundo ele, vários especialistas apontam que o crescimento dos casos deve-se ao teto dos gastos da União, que  foi aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro daquele ano. Para o pepelista, é preciso que o texto seja, ao menos, flexibilizado, permitindo maiores investimentos em Saúde e Educação.

O pepelista aponta que, ao longo dos últimos anos, a União vem reduzindo sua proporção nos gastos com Saúde no País, o que vem sobrecarregando os municípios. “Ano passado, em Fortaleza, gastamos quase 30% do Orçamento com saúde”, diz.

E, apesar da falta de apoio de Brasília, Rolim declara que Fortaleza tem obtido bons resultados, inclusive com a manutenção da trajetória de queda da mortalidade infantil. “Saúde pública se mede por indicadores como esse”, diz.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs