Edison Silva

Categoria: Folha de S.Paulo


09:40 · 14.08.2014 / atualizado às 09:40 · 14.08.2014 por

 Está na edição de hoje, do Jornal Folha de S.Paulo, a notícia sobre a pesquisa que o Instituto DataFolha fez no Ceará, sobre a eleição para governador do Estado, nos seguintes termos:

 “Eunício seria eleito no Ceará no 1º turno, aponta Datafolha

Senador do PMDB obteve 47%, contra 30% da soma de seus adversários

Peemedebista rompeu com atual governador, Cid Gomes; embora diga apoiar Dilma, tem na chapa siglas opositoras

DE FORTALEZA

DE SÃO PAULO
O senador Eunício Oliveira (PMDB) venceria no primeiro turno se a eleição para o governo do Ceará fosse hoje, aponta o Datafolha.O peemedebista aparece com 47% das intenções de voto –mais que a soma de seus rivais, que, juntos, têm 30%.Candidato dos irmãos Cid e Ciro Gomes (Pros), Camilo Santana (PT) registrou 19%. Eliane Novais (PSB) teve 7%, e Ailton Lopes (PSOL), 4%.

Outros 10% dos entrevistados declararam voto nulo ou em branco, e 13% disseram não saber em quem votariam.

O Datafolha entrevistou 1.108 eleitores entre segunda (11) e quarta (13), em 41 cidades. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa é a primeira do instituto após a oficialização das candidaturas no Ceará.

Eunício obteve melhor desempenho entre eleitores que consideram o governo da presidente Dilma Rousseff regular (56%). Já Camilo alcançou melhores índices entre quem considera as gestões Dilma e Cid ótimas ou boas (22% e 26%, respectivamente).

Os candidatos do PT, PSB e PSOL tiveram os maiores índices de rejeição –30%, 28% e 26%, respectivamente.

Já Eunício registrou o menor índice –16% afirmaram que não votariam no candidato peemedebista.

CENÁRIO

Eunício era aliado de Cid, mas rompeu a aliança por não ter recebido apoio do governador para a sucessão.

O senador diz sustentar a reeleição da presidente Dilma, mas tem apoio de siglas de oposição ao Planalto, como DEM e PSDB.

O candidato ao Senado em sua chapa é o ex-governador Tasso Jereissati, que apoia a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência.

Eunício tem evitado associações com Aécio, mas tampouco tem defendido a reeleição de Dilma em discursos.

Já a escolha do candidato dos irmãos Gomes só foi definida a dois dias do prazo final das convenções partidárias, em junho.

A campanha de Camilo tem o marqueteiro que trabalhou com Cid em 2006 e 2010, e trocou o vermelho do PT pela cor amarela do Pros”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs