Busca

Categoria: Gastos com pessoal


08:59 · 16.04.2015 / atualizado às 09:01 · 16.04.2015 por

O Governo do Estado do Ceará contratou, no decorrer do ano de 2014, um total de 5.193 novos servidores, elevando o custo da folha de pagamento de pessoal em R$ 108.944.098,77. Segundo próprio Governo, em documento encaminhado para a Assembleia Legislativa (prestação de contas do ano passado), “Comparando-se o valor da despesas com pessoal do exercício de 2014, com a do exercício de 2013 houve um acréscimo dd 9,84%”.

A despesa total com pessoal no ano passado somou R$ 8.801.136.99,03, correspondente a 53,34% da Receita Corrente Líquida. Veja os números oficiais de gastos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário e do Ministério Público:

TABELA 43

DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL EM RELAÇÃO À RECEITA CORRENTE LÍQUIDA – RCL, CONFORME LEI COMPLEMENTAR N° 101, DE 04.05.00

DESPESA COM PESSOAL PODER EXECUTIVO PODER                    PODERL            MINISTÉRIO         LEGISLATIVO           JUDICIÁRIO      PÚBLICO                  TOTAL
 
DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 7.217.787.703,42 411.253.647,18 885.119.243,92 286.976.403,51 8.801.136.998,03
PESSOAL ATIVO 5.287.293.465,91 327.474.920,78 768.158.100,32 251.663.284,34 6.634.589.771,35
PESSOAL INATIVO 1.559.411.926.19 74.518.623.18 116.961.143.60 34.400.900,36 1.785.292.593,33
– Tesouro 826.517.101,48 1.204.406,62 0,00 0,00 827.721.508,10
– Servidor 328.627.425,07 38.297.576,35 54.837.758,15 12.666.876,90 434.429.636,47
– Patronal 404.267.399,64 35.016.640,21 62.123.385,45 21.734.023,46 523.141.448,76
OUTRAS DESPESAS DE PESSOAL DECORRENTES DE CONTRATOS DE TERCEIRIZACÃO (art. 18, § 1° da LRF) 371.082.311,32 9.260.103,22 0,00 912.218,81 381.254.633,35
DESPESAS NÃO COMPUTADAS (art. 19.§ 1° da LRF) (II) 860.171.903,78 74.828.721,26 125.697.404,40 49.368.411,27 1.110.066.440,71
Indenizações por Demissão e Incentivos à Demissão Voluntária 0.00 0.00 0,00 0,00 0,00
Decorrentes de Decisão Judicial 69.632.067,76 0,00 0.00 11.626,60 69.643.694,36
Despesas de Exercidos Anteriores 57.645.011,31 1.514.504,70 22.428.531,90 14.955.884,31 96.543.932,22
Inativos e Pensionistas com Recursos Vinculados 732.894.824,71 73.314.216,56 103.268.872,50 34.400.900,36 943.878.814,13
DESPESA TOTAL COM PESSOAL PARA FINS DE APURAÇÃO DO LIMITE • DTP (III) = (I -II) 6.357.615.799,64 336.424.925,92 759.421.839,52 237.607.992,24 7.691.070.557,32
RECEITA CORRENTE LIQUIDA • RCL 14.418.477.503,79 14.418.477.503,79 14.418.477.503 79 14.418.477.503 79 14.418.477.503,79
% DA DESPESA TOTAL COM PESSOAL PARA FINS DE APURAÇÃO DO LIMITE • DTP sobre a RCL(11111‘1100) 44,0948,60 2,333,40 5527 6,00 1,652,00 53,3460,00
LIMITE MÁXIMO (Incisos I, II e UI, art. 20 da LRF)
IMITE PRUDENCIAL (Parágrafo Único, art. 22 da LRF: 99% do Limite Máximo) 46,17 3,23 5,70 1,90 57,00
LIMITE DE ALERTA (Inciso II do §1° do art. 59 da LRF: 90% do Limite Mááitno) 43,74 3,06 5,40 1,80 54,00
09:03 · 22.01.2015 / atualizado às 09:03 · 22.01.2015 por

O Orçamento do Município de Fortaleza para este ano, aprovado pela Câmara Municipal em dezembro passado terá um gasto total de R$ 2.993.654.996,00. A administração do prefeito Roberto Cláudio (PROS) projeta arrecadar um montante de R$ 6.423.442.864,00, incluindo os impostos municipais e as transferências constitucionais como o ICMS, da parte do Estado, e o FPM, saído dos cofres da União. Somando os gastos com pessoal e o custeio da máquina, sobra pouco para os investimentos, quase todos (os investimentos)dependentes de transferências voluntárias da União e do Estado, ou resultados de convênios outros e empréstimos.