Edison Silva

Categoria: Hospitais


09:20 · 06.12.2012 / atualizado às 09:20 · 06.12.2012 por

A deputada Mirian Sobreira (PSB) chamou atenção ontem, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, sobre a diminuição dos leitos psiquiátricos. A parlamentar informou que o Ceará já teve 1129 leitos de psiquiatria pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e hoje tem 252 leitos, sendo quase todos em Fortaleza e somente poucas cidades mantiveram alguns leitos para internamento como Crato, Camocim e Quixadá.
“Já tivemos no Estado 48 estabelecimentos de saúde atendendo ou internando os doentes mentais e hoje temos oito que atendem pelo SUS”, pontuou. Ela afirma que ficou determinado que com a diminuição dos leitos em hospitais mentais, os hospitais gerais nas cidades em todo o Ceará, deveriam ter pelo menos um leito, para atender aos pacientes mentais em crise, e assim se evitaria as internações permanentes destes pacientes em hospitais mentais.
Ela aponta que com a reforma psiquiatra que aconteceu no ano de 2003, a tendência era fazer as “des-hospitalização” de pacientes mentais dos hospitais chamados de “depósitos de doidos”, que era unidades hospitalares que pouco faziam para a recuperação dos pacientes.
Nesta reforma, lembra, veio a ideia de trazer estes doentes mentais para casa, para conviver com a família e serem acompanhados pelos Centros de Atenção Psicosocial (CAPS). Porém afirma que a grande maioria dos hospitais gerais no Estado não cumpre a lei da reforma psiquiátrica, por uma série de problemas, como os baixos custos pagos pelo SUS.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs