Busca

Categoria: Hospital de Messejana


11:56 · 15.07.2017 / atualizado às 12:34 · 15.07.2017 por

O Estado do Ceará não tem recursos para ampliar o Hospital do Coração de Messejana, como oficialmente reconhece o governador Camilo Santana, em decreto assinado na última segunda-feira, 10 de julho, em que revoga um outro decreto seu, de outubro de 2015, este, determinando a ampliação daquele hospital.

O Hospital de Messejana, como é conhecido, prestou e presta significativos serviços à população cearense e de outros estados, pela sua qualificação no setor da cardiologia. Ele é pioneiro em transplantes do coração no Nordeste, assim como de outras especialidades das doenças cardíacas.

Pela excelência dos seus serviços é muito requisitado, e em razão disso não tem condições para atender a todos. Hoje, apesar do aumento recente de sua emergência, o hospital tem pacientes em macas em seus corredores.

Recentemente, o governador Camilo Santana reclamou da falta de recursos do Governo Federal para o setor de Saúde no Ceará. Segundo ele, o erário estadual está desembolsando um volume bem maior de recursos, pela falta da cooperação Federal, para manter os seus hospitais e a base de apoio.

Leia o Decreto do governador em que ele reconhece que o Estado não tem recursos para garantir as indenizações necessárias à ampliação do Hospital de Messejana:

 

DECRETO Nº. 32.283, de 10 de julho de 2017. DISPÕE SOBRE A REVOGAÇÃO DO DECRETO Nº 31.794, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015. O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições legais. DECRETA: Art. 1º. Fica revogado o Decreto nº 31.794, de 13 de outubro de 2015, publicado no D.O.E do dia 15 de outubro de 2015, que dispõe a ampliação do Hospital do Coração de Messejana, situado no município de Fortaleza, tendo em vista, a indisponibilidade financeira do Erário para quitar eventual indenização decorrente da desapropriação. Art. 2º. Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PALÁCIO DA ABOLIÇÃO, DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, aos 10 de julho de 2017. Camilo Sobreira de Santana GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ