Busca

Categoria: Hub


15:00 · 26.04.2016 / atualizado às 15:01 · 26.04.2016 por

Por Suzane Saldanha

 

Camilo Santana tem nova viagem a Brasília em busca de recursos comunicacao. entrevista ao editor de politica do jornal diario do nordeste edson silva e o jornalista miguel martins.
Camilo Santana faz nova viagem a Brasília em busca de recursos

O governador Camilo Santana já está em Brasília e às 17 horas ele estará com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro. No último domingo, matéria do Diário do Nordeste mostrou a extensa agenda do governador na Capital da República, buscando garantir recursos prometidos pela presidente Dilma Rousseff, hoje ameaçados em razão da perspectiva de que ela será afastada do Governo, por decisão do Senado, que dá curso ao processo de impeachment autorizado pela Câmara Federal, no último dia 17.

Com um cenário de crise nacional acentuado e o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o governador Camilo Santana (PT) avaliou, ontem, em visita ao Sistema Verdes Mares, a necessidade de se ter mais tranquilidade e respeito a democracia no Brasil. Ele apontou ser preciso maturidade para superar o momento enfrentado e defendeu a quebra do discurso de ódio criado no país.
De acordo com Camilo, para quebrar os discursos inflamados contra o Partido dos Trabalhadores e a presidente Dilma Rousseff é preciso pensar mais na democracia conquistada e entender que cada um tem direito a liberdade de expressão. “Nós vivemos em uma democracia que cada um tem liberdade, essa democracia conquistamos a duras penas e todos têm o direito a liberdade de se expressar. Então as pessoas precisam respeitar quem tem uma posição”, observou.
Para ele, a população deve pensar com mais tranquilidade e maturidade para superar o momento de disputa vivido no Brasil. “Esse ódio que está se criando no Brasil precisa ser quebrado, as pessoas precisam ter mais tranquilidade, pensar mais na democracia que nós conquistamos”, atestou.
Em referência ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) em curso no Congresso Nacional, Camilo Santana acrescentou que o momento deve ser atravessado com muita responsabilidade. “O povo brasileiro é um povo sábio, trabalhador, atravessamos muita dificuldade nesse país, e saberemos com muita responsabilidade superar esse momento que o país está vivendo agora”, disse.

14:00 · 06.04.2016 / atualizado às 14:00 · 06.04.2016 por

Por Miguel Martins

 

O líder do Governo na AL, Evandro Leitão, vai pedir regimento de urgência para a votação. Foto José Leomar
O líder do Governo na AL, Evandro Leitão, vai pedir regimento de urgência para a votação. Foto José Leomar

O Governo do Estado encaminhou, ontem, três mensagens para a Assembleia Legislativa que devem iniciar tramitação na manhã de hoje, sendo duas que tratam sobre o trabalho de policiais militares e civis fora do turno convencional e uma terceira que dispõe sobre incentivos para instalação de HUB no Ceará. Outras sete matérias oriundas do Poder Executivo estão tramitando nas comissões técnicas e devem ser votadas amanhã, durante sessão deliberativa.
A matéria que trata sobre isenções fiscais para o Centro Internacional de Conexões segue os mesmos moldes do que foi aprovado no fim do mês de março na Câmara Municipal de Fortaleza. De acordo com o líder do Governo, Evandro Leitão (PDT), a mensagem trata sobre benefícios para atrair um HUB, não necessariamente o da TAM Linhas Aéreas, que está sendo motivo de competição entre Ceará e outros estados.
Segundo a proposta, a sistemática diferenciada visa estimular a exploração, por companhia aérea brasileira, de um número elevado de voos nacionais e internacionais, o que representará um incremento no fluxo de pessoas e de bens no Estado, movimentando a economia regional e angariando possibilidades arrecadatórias.

A concessão da sistemática de tributação será efetivada quando a companhia aérea, desde que brasileira, implantar, por meio de operações própria, o HUB, e mantiver, em período inferior ou igual a 3 horas consecutivas, uma quantidade mínima de voos diários internacionais, operados com aeronaves de corredor duplo, e de voos diários domésticos adicionais aos já existentes.
“Essa mensagem incentiva para que empresas se instalem aqui dando benefícios e emprego para o Estado. É importante lembrar que aprovamos mensagem semelhante no ano passado e com isso cinco novos voos internacionais foram abertos, como os de Milão, Buenos Aires e Miami. Isso traz uma série de benefícios ao nosso Estado. O HUB é importante, porque essas empresas, além de se instalarem, uma série de outras empresas terão que se instalar para dar suporte a um empreendimento da dimensão que é o HUB”, disse Leitão.
Segundo ele, a mensagem não deve vir com urgência, mas há a possibilidade de, ainda na sessão de hoje, a liderança solicite votação em regime de urgência devido a importância da proposta. O ICMS, por exemplo, fica isento sobre operações e prestações internas e de importação de bens, máquinas, equipamentos, partes, peças, componentes aeronáuticos, ferramentas, estruturas metálicas e instalações destinadas a integrar Ativo Imobilizado, dentre outras.
Outra mensagem, que chegou na Casa, ontem, e deve ser lida na sessão de hoje, trata sobre a gratificação para policiais civis, e tem por objetivo alterar proposta de 1993, passando a prever, o pagamento da Gratificação de Reforço Operacional Extraordinário ao policial civil de carreira que aderir voluntariamente à escala de serviço fora do expediente normal.
Também busca autorizar o Estado a utilizar o efetivo da Polícia Civil na realização de atividades de reforço ao serviço operacional na da área de Segurança Pública, nos termos de convênio celebrado com União, municípios ou entidades da administração direta e indireta dos poderes, sendo garantido ao policial envolvido nesse programa o recebimento da Gratificação de Reforço Operacional Extraordinário a ser paga com os valores repassados do convênio.
Já a matéria que trata dos serviços que serão prestados por militares em folga diz que a matéria visa aprimorar os serviços de Segurança Pública e Defesa Social em todo o Estado, permitindo que o militar possa trabalhar em dias de folga na atividade policial, “contribuindo para o combate à criminalidade”, para tanto recebendo uma retribuição pecuniária pelo serviço prestado, a chamada Indenização de Reforço ao Serviço Operacional (Irso).
Ao mesmo tempo, o projeto autoriza o Estado a celebrar junto à União e os municípios do Ceará convênio para o desempenho, em regime de parceria, de atividades de interesse desses entes da Federação e que tenham relação com a segurança pública, também sendo garantido ao policial envolvido no programa o recebimento do Irso, a ser paga com os valores repassados pela União ou pelo Município conveniado.
Outras sete matérias oriundas do Governo do Estado aguardam votação, e estão tramitando desde a semana passada nas comissões técnicas permanentes, algumas sob pedido de vistas de deputados. Dentre as propostas que podem seguir para votação no Plenário 13 de Maio amanhã, estão a que institui a Política de Resíduo Sólido, dispõe sobre a Política de Reúso da Água, autoriza transferência de recursos financeiros para pessoas jurídicas, que cria o Programa de Valorização das Espécies Vegetais Nativas e autoriza abertura de crédito especial com o Governo.

09:17 · 15.07.2015 / atualizado às 09:19 · 15.07.2015 por

Na edição de hoje do jornal paulista, Folha de S.Paulo, está destacada uma matéria sobre a disputa entre os estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco, sobre a localização do Hub da TAM, uma central de voos que acarretará muitos benefícios ao local que se instalar.

Não há detalhes sobre a movimentação que vem sendo feita pelo governador Camilo Santana, do Ceará, para conquistar o empreendimento. Não falou da união das forças políticas, da perspectiva de entrega do Aeroporto Pinto Martins à iniciativa privada, nem tampouco da parceria já existente entre o Governo cearense e a  própria TAM, no Município de Aracati, além das vantagens econômicas que o Estado pode oferecer à TAM.

Camilo Santana depois de ter a garantia da presidente Dilma Rousseff de que o Pinto Martins seria privatizado, já esteve em duas oportunidades com a direção da TAM em São Paulo. Na primeira ele estava acompanhado do presidente da Assembleia, deputado José Albuquerque e do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, além de secretários do seu Governo, como o da Fazenda, Mauro Filho. Na segunda visita ele esteve com os três senadores do Ceará: Eunício Oliveira, José Pimentel e Tasso Jereissati. Antes, no Palácio da Abolição, o governador reunião os ex-governadores cearenses, políticos e empresários no Palácio da Abolição, para iniciar uma campanha de todos os segmentos da sociedade local em favor do empreendimento.

Leia  a matéria:

PE,  CE e RN acirram disputa por R$ 4,8 bi

Estados querem ser escolhidos para novo centro de conexão de voos da Latam, que pode gerar até 10 mil empregos

Governadores intensificam reuniões e apelam a políticos, empresários, artistas e jogadores de futebol

PATRÍCIA BRITTO DO RECIFE

Para atrair investimentos de até US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 4,8 bilhões) e assegurar a criação de 10 mil empregos, governos de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte intensificaram campanha para sediar o primeiro centro de conexões de voos no Nordeste da Latam (união das aéreas TAM e LAN).

Os governadores têm apelado a políticos, empresários e jogadores de futebol.

Em abril, o grupo Latam anunciou que escolherá entre Recife, Fortaleza e Natal para abrigar seu novo “hub” (centro de voos no jargão do mercado), que irá ampliar os números de conexões e destinos, principalmente para a Europa. A decisão será tomada até o fim do ano.

Rio Grande do Norte e Pernambuco produziram vídeos dizendo que têm os melhores e mais modernos aeroportos. E alfinetaram concorrentes.

“O IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] do RN [0,684] é superior à média do Nordeste. Estamos à frente dos vizinhos Ceará [0,682] e Pernambuco [0,673]”, diz o vídeo, apresentado a gerentes da TAM neste mês.

O aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a 40 km de Natal, é apresentado como “o único entre os concorrentes com pista preparada para aeronaves de grande porte, como o [Airbus] A380”. Mas a Infraero diz que o Aeroporto dos Guararapes, no Recife, tem igual capacidade.

O secretário de Turismo, Ruy Gaspar, diz que não quer desqualificar os vizinhos, mas “enaltecer as vantagens” potiguares. O vídeo destaca que a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante ofereceu incentivo fiscal exclusivo à Latam, com redução da alíquota de ISS de 5% para 2%.

Em Pernambuco, jogadores do Sport, do Náutico e do Santa Cruz vestirão camisa com a hastag #hubTAMnoRecife antes e após os jogos.

“No cenário de crise, um investimento dessa envergadura é de extrema relevância”, justifica o secretário de Turismo, Felipe Carreras.

Artistas como Elba Ramalho e Lenine também aderiram à força-tarefa. “Recife tem tudo para ser escolhido. Localização estratégica, o melhor aeroporto do Brasil e diversos polos de desenvolvimento”, diz o vídeo.

Tanto Pernambuco como Rio Grande do Norte reduziram neste ano o ICMS para querosene de aviação, de 25% e de 17%, respectivamente, para 12% –mesma alíquota já praticada pelo Ceará.

O pernambucano “Jornal do Commercio” publicou nota sobre “invasão” de jumentos em Pinto Martins (Fortaleza), descrito como “o aeroporto que o Ceará colocou pra concorrer com Pernambuco pelo ‘hub’ da TAM”.

CRITÉRIOS

Segundo a TAM, a escolha seguirá critérios como localização geográfica, infraestrutura aeroportuária e potencial de desenvolvimento.

Mas há quem tema que o governo federal possa tentar beneficiar o governador do Ceará, Camilo Santana, único petista, ou o aliado potiguar Robinson Faria (PSD). Ou procure atrair o apoio do governador Paulo Câmara (PSB-PE), único que não integra a base do governo.