Edison Silva

Categoria: Imçprobidade


09:39 · 25.01.2013 / atualizado às 09:39 · 25.01.2013 por

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou, ontem, irregular, com nota de improbidade administrativa e multa, mais uma prestação de contas de auxiliares da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. Trata-se das contas de Alfredo José Pessoa de Oliveira na secretaria de planejamento e orçamento, no exercício de 2009. A decisão foi tomada em sessão do pleno que negou provimento ao recurso de reconsideração por não justificar nenhuma das falhas encontradas pelo setor técnico do Tribunal.
A prestação de contas foi apreciada inicialmente na 1ª câmara de julgamentos, tendo como relator o conselheiro Francisco Aguiar, atualmente na presidência do TCM. Em função das irregularidades constatadas as contas foram julgadas irregulares com multa de R$ 4.788,45 e, em tese, nota de improbidade administrativa. Alfredo Pessoal não concordou e apelou para o pleno por meio de um recurso de reconsideração. Para o relator do recurso, Marcelo Feitosa, as justificativas apresentadas não foram suficientes para suprir as falhas apontadas inicialmente, sendo negado provimento ao recurso e mantida a decisão inicial. As principais irregularidades apontadas dizem respeito a aditivos e prorrogação de alguns contratos nas áreas de telefonia e locação de veículos, quando o recomendável seria um novo procedimento licitatórios.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs