Edison Silva

Categoria: Importância


09:28 · 05.10.2017 / atualizado às 09:28 · 05.10.2017 por

Por Letícia Lima

Em alusão ao Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde, comemorado ontem, deputados subiram à tribuna da Assembleia Legislativa para homenagear os profissionais e reforçaram o apoio à categoria na luta pela inclusão do adicional de insalubridade. Ao fazer um balanço dos avanços que a categoria teve nos últimos anos, parlamentares ressaltaram também a Lei Estadual, sancionada em 2015, pelo governador Camilo Santana (PT), que instituiu o piso salarial para os agentes.

Ao relembrar a história dos agentes de saúde no Brasil, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) disse que a profissão surgiu na década de 80 com o enfrentamento à seca e que, passado esse período, eles ficaram “muito tempo sendo contratados por cooperativas e, posteriormente, foram absorvidos por firmas terceiras”.

Apesar dos avanços na legislação trabalhista para a categoria, com a garantia do piso salarial, no Ceará, e a aprovação de uma Proposta deEmenda Constitucional (PEC), na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que fixa as regras para o pagamento dos agentes comunitários, Carlos Felipe acredita que o País ainda precisareconhecer a profissão.

Hoje é um dia de alegria e agradecimento a cada um dos agentes de saúde que Brasil afora fez baixar o índice de mortalidade infantil. No Ceará, o índice era de 60 por mil habitantes, hoje tem o índice em torno de 14, bem a baixo da média nacional. O Brasil precisa reconhecer e apoiar mais os agentes de saúde, ali sim, você pode fazer uma política para prevenir uma obesidade, um futuro hipertenso, futuro diabético, prevenir um câncer. Isso sim vai transformar”.

Carlos Felipe disse também que espera que o governador envie, ainda neste mês, para a Casa, conforme ele prometeu, Mensagem sobre a inclusão do adicional de insalubridade para os agentes de saúde. O pedido foi reforçado pela deputada Fernanda Pessoa (PR) que parabenizou o governador, segundo ela, por atender a um pedido de apoio ao Projeto de Indicação, apresentado pela parlamentar, este ano.

Esses profissionais merecem toda a nossa atenção, pois são responsáveis pela saúde da nossa gente. Estamos na luta junto à categoria, pela revogação da política nacional da atenção básica, que sugere a desconstrução do atual modelo de prevenção à saúde, que fragiliza a aplicação de recursos”.

Fernanda Pessoa aproveitou para parabenizar o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) por ter feito realizado uma sessão solene ontem, em homenagem aos agentes de saúde do País. O cearense foi o relator da PEC, que eleva o piso dos agentes de saúde e endemias para R$ 1,6 mil e fixa regras para a remuneração.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs