Busca

Categoria: Inclusão


12:20 · 27.03.2018 / atualizado às 12:20 · 27.03.2018 por

A deputada Rachel Marques (PT) foi à tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, repudiar as declarações da desembargadora, Marília Castro Neves, do Rio de Janeiro, que questionou o que professores com Síndrome de Down podem ensinar a alguém.

Ela é a mesma magistrada que publicou notícias falsas sobre a vereadora, Marielle Franco, assassinada no Rio há duas semanas. Rachel lembra que neste mês de março celebramos o Dia Internacional da Síndrome de Down e defendeu a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade.

“Essa declaração é muito triste, primeiro, porque ela vem de alguém que tem autoridade e poderia utilizar essa autoridade para levar algo bom para a sociedade e utilizar essa autoridade para proteger o cidadão, resguardar os seus direitos e não agir com preconceito, com ódio. Essas declarações só disseminam mais o ódio que a gente tem visto”, critica.