Busca

Categoria: Inquérito


11:00 · 05.09.2012 / atualizado às 11:00 · 05.09.2012 por

As denúncias de que a mulher do vereador Leonelzinho Alencar estava recebendo dinheido do Bolsa Família, o Programa Federal de ajuda a famílias necessitadas, já estão sendo investigadas pela Procuradoria da República, no Ceará, de ordem do Procurador Rômulo Moreira Conrado, após, oficialmente, ter recebido uma denúncia da Prefeitura de Fortraleza, dando conta da inscrição no Programa Bolsa Família da senhora Adriana Bezerra Alencar.

A denúncia da fraude cometida pela mulher do vereador foi feita pela Prefeitura de Fortaleza, imediatamente após o fato ter se tornado público, por denúncia do deputado estadual Fernando Hugo. O documento da Prefeitura foi protocolado na Procuradoria da República em Fortaleza, no dia 22 de agosto. Distribuída para o Procurador Rômulo Moreira Conrado, no dia 31 de agosto ele mandou abrir o Procedimento Investigatório Criminal para apurar as responsabilidades da senhora Adriana e de tantos quantos estejam envolvidas no estilionato contra a União.

Pelos dados cadastrais da Prefeitura, até o fim de julho deste ano, um total de 200.309 famílias na Capital cearense eram beneficiadas pelo Programa Bolsa Família.

Enquanto isso, na Câmara Municipal de Fortaleza, a discussão é se instala ou não uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar se há ou não o uso político de tão importante programa social do Governo Federal. Discussão que começou a ser travada depois de a própria Câmara, pela decisão da mais dos vereadores reunidos, um dia depois da denúncia pública que sensibilizou a uma grande parte da sociedade.