Busca

Categoria: Internet na campanha


10:47 · 30.09.2012 / atualizado às 10:47 · 30.09.2012 por
Influência dos prefeituráveis de Fortaleza no Twitter

Apesar de as ferramentas da internet virem ganhando cada vez mais espaço nas últimas campanhas eleitorais, especialistas analisam que os candidatos ainda não conseguem utilizar bem as ferramentas. Isso porque a maioria de postulantes e apoiadores estariam mais focados em desconstruir a imagem dos seus opositores do que mesmo debater propostas.

O monitoramento feito pelo Observatório das Eleições, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mostra que apenas três dos dez candidatos a prefeito de Fortaleza estão entre os vinte perfis mais influentes no Twitter em relação ao debate sobre o processo eleitoral em Fortaleza: Elmano de Freitas (PT), Heitor Férrer (PDT) e Renato Roseno (PSOL). O estudo têm como data de referência o último dia 26 de setembro.

São considerados perfis influentes aqueles que conseguem manter relacionamento com o público e causam impacto ou formam opinião na comunidade que mantém contato. Elmano de Freitas (PT) aparece em primeiro lugar no ranking de Fortaleza. Ao longo da campanha, o petista esteve sempre entre os 12 perfis mais influentes da Capital e chegou a ficar, em determinado momento, entre os 20 do País.

O segundo candidato a aparecer no ranking é Heitor Férrer (PDT), o oitavo perfil mais influente de Fortaleza. No início da campanha, em julho, Heitor chegou a ficar em terceiro lugar. Foi perdendo posições, mas, a partir de agosto, voltou ter papel mais influente na discussão sobre o pleito.

O terceiro a aparecer no ranking é Renato Roseno (PSOL). Embora hoje ocupe a 13ª posição, Roseno chegou a ficar entre os cinco mais influentes de Fortaleza.
Inácio Arruda (PCdoB) aparece na 22ª posição na Capital e, até o 125º lugar, não aparece nenhum outro perfil oficial de candidato.

10:46 · 30.09.2012 / atualizado às 10:46 · 30.09.2012 por

O site Observatório das Eleições mantém um mapeamento das postagens e publicações feitas na internet sobre as eleições municipais em 14 capitais brasileiras. O endereço eletrônico disponibiliza dados relacionados aos candidatos de Fortaleza.

Lá, é possível observar, além do material que vem sendo divulgados em redes sociais, portais e blogs, o desempenho de cada postulante ao longo da campanha eleitoral na utilização da internet, bem como os usuários mais influentes na discussão sobre a eleição na Capital feita através do Twitter.

Estatísticas correspondentes à quantidade de páginas nas menções feitas aos pleiteantes em mídias onlines, por exemplo, indicam os resultados referentes a ocorrências em fontes como blogs, jornais, páginas web, portais e revistas. Nesse sentido, a soma das páginas em todas essas mídias mostra os candidatos na seguinte ordem: Elmano de Freitas (698), Roberto Cláudio (630), Inácio Arruda (517), Moroni (330), Heitor Férrer (314), Marcos Cals (274), Renato Roseno (203), Valdeci Cunha (107), André Ramos (119) e Francisco Gonzaga (96). Os números equivalem às publicações entre 29 de junho e 27 de setembro.

07:59 · 17.07.2012 / atualizado às 07:59 · 17.07.2012 por

Paera o juiz da propaganda eleitoral, em Fortaleza, Sérgio Parente, Sérgio Parente a utilização da internet na campanha deste ano ainda requer alguns cuidados, tanto no momento da fiscalização quanto pelos próprios usuários que utilizam a ferramenta. “As pessoas precisam entender que há uma diferença entre crime e comentário. E o crime é uma coisa tão forte, como por exemplo calúnia, que nem mesmo é o juiz da propaganda que avalia esses casos”, declara.

Se alguém difama alguém na internet, lembra Sérgio Parente, é crime independentemente da eleição. “Em qualquer circunstância dessa, você pode rastrear um IP. Pode ser um procedimento mais demorado, mas por ser crime a tendência é que isso seja apurado. Então, as pessoas têm que usar a internet como uma forma de crescimento, até no momento político. Eu acho superinteressante que se use a internet para debater as questões da cidade”, analisa.