Busca

Categoria: Janela partidária


12:11 · 04.04.2018 / atualizado às 12:11 · 04.04.2018 por

Ontem, numa sala reservada próximo ao plenário da Assembleia, o deputado Audic Mota conversou, rapidamente, com o deputado Daniel Oliveira, líder do MDB no Legislativo estadual, sobre sua saída do partido, embora não tenha anunciado para qual partido iria, apesar de já haver contactado com lideranças do PDT.

Audic se indispôs com o MDB, quando o partido ainda queria ser chamado de PMDB, em dezembro de 2016, quando houve a disputa na Assembleia pelos cargos da Mesa Diretora daquela Casa. Ele preferiu não seguir a orientação do partido, juntamente com os deputados Agenor Neto e Silvana Oliveira, votando no atual presidente, deputado Zezinho Albuquerque, e ganhando o lugar de primeiro secretário do Legislativo.

Os comentários iniciais, na época, é que ele iria para o DEM, presidido no Ceará por Chiquinho Feitosa, então seu aliado na Região dos Inhamuns. Mas, num determinado momento, como aqui foi registrado, houve um desentendimento entre eles e Chiquinho resolver comunicar ao governador Camilo Santana e ao ex-governador Cid Gomes, que Audic não seria mais o seu candidato, fechando, assim, as portas do DEM para o seu ingresso.

Ainda não foi oficializada a data de sua filiação ao PDT, mas, confirmadas as conversas que já manteve, ela terá que acontecer até a próxima sexta-feira, pois no sábado, 7 de abril, todos os pretendentes a cargos eletivos neste ano terão que estar filiado a uma agremiação partidária.

12:12 · 25.03.2018 / atualizado às 12:12 · 25.03.2018 por

O deputado Heitor Férrer, ainda filiado ao PSB, decide, nos próximos dias ( ele tem até o dia 6 de abril) a que partido se filiará para disputar um novo mandato na Assembleia Legislativa. Ele está saindo do PSB pelo fato de o partido estar na base de apoio ao governador Camilo Santana.

O Solidariedade, presidido no Ceará pelo deputado federal Genecias Noronha, quer ter Heitor Férrer nas suas fileiras.Hoje, o partido só tem uma deputada estadual, Aderlânia Noronha, mulher de Genecias.

Antes, a direção do partido esperava contar com a candidatura de Marcos Cals à Assembleia Legislativa. Ele que já foi presidente daquela Casa, preferiu ficar sem disputar mandato, pelo menos nas eleições deste ano.